Tag: resenha

CONFISSÕES DE UMA GAROTA EXCLUÍDA, MAL-AMADA E (UM POUCO) DRAMÁTICA – THALITA REBOUÇAS

CONFISSÕES DE UMA GAROTA EXCLUÍDA, MAL-AMADA E (UM POUCO) DRAMÁTICA - THALITA REBOUÇAS resenh blog qualquer coisa vira lataOlá, Vira latas, como vocês estão? Espero que a festa da virada tenha sido incrível para vocês e que 2017 seja um ano repleto de amor e boas energias. Digitando essa resenha parei para pensar que esse livro tem tudo a ver com o início do ano, ele fala sobre recomeçar. Olha que nem escolhi de propósito, fiz sorteio, mas acho que o destino queria que fosse esse. Afinal de contas, tem coisa melhor do que começar o ano lendo o livro da Thalita Rebouças? Deixando de delongas, vamos focar na resenha para esse post não ficar gigantesco.

O AMOR NOS TEMPOS DE #LIKES – PAM, BEL E PEDRUGO

o-amor-nos-tempos-de-like-resenha-blog-qualquer-coisa-vira-lataOi, vira lata. A resenha de hoje é muito especial, pois são de pessoas que, assim como eu, amam livros, falam sobre livros e publicaram seu próprio livro, este último AINDA não alcancei. Estou falando, como vocês já viram no título, do livro O Amor Nos Tempos de #Likes de quatro Youtubers que eu já acompanho há um tempão, a Pam Gonçalves, a Bel Rodrigues, e o Pedro e o Hugo.

O livro é divido em três contos, cada canal ficou responsável por um, óbvio. A proposta do livro é modernizar romances já super bem conhecido por nós, como Romeu e Julieta, por exemplo.

UM PRESENTE DE NATAL – IZABELA LOPES

um-presente-de-natal-izabela-lopes-blog-qualquer-coisa-vira-lataFeliz Natal, Vira latas! Espero que todos vocês possam ter um natal mágico, ao lado das pessoas que vocês amam.  Deixando as felicitações de lado, vamos focar na resenha de hoje, mas precisamente de um conto bem fofo que fará vocês darem bons suspiros.

Essa resenha é bastante especial. Afinal de contas hoje é verpera de natal.  Acho que a maioria das pessoas ama o natal. Tem como não gostar? Para muitas pessoas essa é a época mais mágica da vida. Mas para outras o natal não passa de uma data comercial, e um pouquinho irritante.

A MENTIRA PERFEITA – CARINA RISSI

a-mentira-perfeita-carina-rissiOlá, Vira latas, hoje é dia de mais uma resenha, e eu confesso que li esse livro há algumas semanas, porém, emendei uma leitura atrás da outra e não o resenhei ainda. O que é um ABSURDO! Afinal de contas, é um livro da Carina Rissi, e como sabemos a Carina arrasa! Deixando de delongas, vamos focar na resenha.

A MENINA DOS OLHOS MOLHADOS – MARINA CARVALHO

“…De um jeito insuportavelmente desconcertante, concluo que aqueles saltos famigerados não representam um perigo apenas para a dona deles. São capazes de tirar também um homem focado do sério”. (Pg. 42)

Olá, Vira Latas! Preparem-se para a resenha mais rápida que eu já escrevi nos últimos tempos. Tudo é extremamente intenso, desde o inicio da leitura até a escrita dessa resenha. Resumindo, tudo ocorreu em menos de vinte e quatro horas. Tenho até medo de não conseguir escrever tudo aquilo que eu quero. Mas juro que vou tentar.

Resenha: A GAROTA NO TREM – PAULA HAWKINS

Olá, Vira Latas. Hoje a resenha é sobre um livro que deu um tapa na minha cara. E QUE TAPA! No início do ano a minha irmã leu o livro A garota no trem, e eu enrolei um pouquinho para ler. Confesso que só peguei essa semana porque o filme estreou, e como vamos assistir, não teria a menor graça eu ler depois. Se vocês quiserem saber o que eu achei desse livro é só continuar lendo essa resenha.

a-garota-no-tremO livro conta história da Rachel, uma mulher de trinta e poucos anos, que ainda não conseguiu superar o final de seu relacionamento. Ah! Só para constar: o casamento já tinha acabado fazia mais de dois anos. Rachel saia todos os dias para ir “trabalhar”, ou melhor, fingir que iria trabalhar. Desde que perdeu o emprego, ela escondia da sua colega de casa que estava desempregada. Tinha medo que por esse motivo fosse expulsa do lugar. A vida de Rachel se resumia a pegar todos os dias o trem das oito e quatro da manhã. Sempre que parava em frente à antiga rua em que morava, ela fantasiava como seria a vida daquele casal que carinhosamente ela apelidou de Jess e Jason. O que Rachel não imaginava era que aquele casal iria transformar a sua vida completamente.

Rachel se ver entre uma investigação policial e tenta descobrir quem é o responsável pelo desaparecimento de Jess, que na verdade se chama Megan. O problema é que além de ter que lidar com toda essa situação, Rachel terá que driblar seu ex-marido e a sua atual esposa que não ficarão muito contentes ao ver Rachel frequentando o bairro que eles moram. Gente, esse livro é foda! Desculpa pela palavra, mas quem leu deve pensar a mesma coisa. Eu passei boa parte do livro apontando vários suspeitos. Mas quando descobri quem de fato era o responsável pelo crime, eu fiquei chocada. Mas aí tudo passa a fazer sentido. E o final desse livro? Maravilhoso!!! A vontade que eu tenho é de conversar com vocês sobre tantos aspectos desse livro. Mas como eu posso fazer isso se cada coisinha que eu contar se transformará em um baita spoiler? Se vocês gostam de ler, leiam esse livro. Não importa o seu gênero literário favorito. Apenas leiam!

Como eu comentei, levei um baita tapa na cara, simplesmente pelo fato desse não ser o meu gênero queridinho. Mas eu li e amei. Então, se joguem e leiam esse livro maravilhoso. Ah! E assistam ao filme.

BOA NOITE – PAM GONÇALVES

Oi, Vira Latas, eu não sei vocês, mas eu amo falar sobre feminismo, e não tem nada melhor do que ler um livro que trata sobre esse tema, e que foi escrito por uma pessoa que realmente levanta essa bandeira. Estou falando do livro “Boa Noite”, escrito pela nossa Pam Gonçalves. Se vocês quiserem saber o que eu achei do livro é só continuar lendo a resenha.

boa-noite-am-golcalves-qualquer-coisa-vira-lata-blog-2

Boa Noite conta a história da Alina, uma jovem de dezoito anos que começará a sua sonhada faculdade de engenharia da computação. Ela sempre foi a filha certinha, a aluna certinha. Nunca deu problema a ninguém! E, sinceramente, ela queria mudar. Estava cansada dessa imagem que todos tinham sobre ela, então seria nessa nova fase da sua vida que ela esperava que as mudanças acontecessem.

Alina foi morar em uma república, apelidada carinhosamente como “República das Loucuras”. Lá ela passou a morar com a Manu, a amiga mais doida e gente fina que alguém poderia ter. Com a Talita, que era mais ajuizada, mas amava ficar de amassos com o namorado pelos quatros cantos da república. O namorado de Talita era o Bernardo, que morava mais na república do que na sua própria casa. E com o Gustavo, o dono da república, estudante de medicina e simplesmente lindo.

Alina viu que era completamente diferente daquelas pessoas, mas ela rapidamente os adotou como família e foi bem aceita por todos. Com eles, ela passou a sair para as festas. E em uma dessas saídas ela conheceu o Arthur, um jovem estudante de medicina que, a princípio, encantará Alina. Mas que ao longo da trama percebemos quais são as verdadeiras intenções dele.

Além de ter que lidar com essa personalidade dúbia de Arthur. Com o amadurecimento da sua própria personalidade. Alina lidará com uma turma formada praticamente por meninos que, em sua maioria, se acham no direito de falar e tratar as meninas com inferioridade. Alina, junto com as suas colegas de classe, tentará mostrar que as mulheres podem e devem estudar aquilo que querem. E que o machismo precisa acabar.

Eu amei esse livro da Pam! Li rapidamente e adorei a forma que ela abordou os diversos temas. Infelizmente, tudo que ela escreveu acontece em muitos cantos do Brasil e do mundo. Os abusos que ocorrem nas faculdades e ,que na maioria das vezes, não vêm a tona. Pam conseguiu em 237 páginas falar sobre como nós mulheres temos que lutar contra esse mal chamado machismo, e com essa mania que a sociedade tem de achar que nós, mulheres, temos menos direitos que os homens. E que se usamos uma roupa curta e se sofremos assédio com isso a culpa é da “vítima”.

Esse é sem dúvida um livro que todos deveriam ler. Ele nos mostra que é possível lutar. E que temos sempre que apoiarmos as nossas irmãs e mostra-las que nunca estamos sozinhas, e de que ela não tem culpa de nada. Então, se você quer ver como foi a jornada da Alina em apenas um semestre na faculdade, e que semestre, não deixe de ler esse livro. Tem romance. Mas a grande temática do livro é a sororidade.

… Várias garotas sofrem abuso sexual todos os dias na nossa universidade, na nossa cidade, no nosso estado, no país, no mundo inteiro. E a maioria não denuncia e nem pede ajuda. -Olho um a um os meus colegas. Alguns ainda com a expressão indiferente, outros constrangidos  uns até mesmo concordando com a cabeça. -Sabem por quê? Porque a maioria vai ser culpada por vocês. Por nós. Porque, para a nossa sociedade, é normal assediar. Porque, se ela não quisesse, não sairia de roupa curta. Porque, se ela não quisesse, não andaria sozinha. Porque, se ela não quisesse, não estaria bebendo. Porque, se ela não quisesse, não estaria VIVENDO. -Começo a me emocionar. -Só queremos que ela possa pedir ajuda em um ambiente seguro, ter o suporte necessário. (Página 212)

VITRINE

BOA NOITE – PAM GONÇALVES / Editora:Galera Record  / Valor: R$ 23,90 ( Compre aqui)

AS MARAVILHAS DE ALICE – TÂNIA PICON

Sabe aqueles livros que te faz dar ótimas gargalhadas e só o larga quando acaba? Então, a resenha de hoje é sobre um livro nesse estilo e que obviamente ganhou cinco lindas estrelas na avaliação da Amazon. Ele inclusive foi o responsável por me tirar de uma bad horrorosa, tentei ler dois livros antes deles e eu simplesmente estava odiando ambos. Cansa ler livros onde as protagonistas acham que ter um cara idiota, totalmente ciumento é a oitava maravilha do mundo. Mas a resenha de hoje é sobre um livro leve, bem gostoso. Se você ficou curioso para saber qual livro eu me refiro é só continuar aqui comigo.

as-maravilhas-de-alice-tania-picon-blog-qualquer-coisa-vira-lata-achadinhos-da-amazonAlice sempre foi uma jovem rica, sua vida era se preocupar em tirar notas bacanas, e ir ao máximo de festas que pudesse, além é claro de beijar muitas bocas. Ela inclusive estava em uma dessas festas quando soube que o seu pai não aguentou e morreu após ter um infarto. Alice fica completamente desnorteada. Agora ela só tem a sua irmã, a Thaís que é dois anos mais nova que Alice, que tinha 23 anos.

Além de perder o pai, as meninas descobriram que estavam falidas. Seu pai, um grande nome do ramo dos cosméticos, deixou as filhas pobres. Sim, meus amigos, essa história já existe. Eu amava assistir Material girls. Mas as comparações param por aí. Enquanto uma irmã, no caso, a Alice, vai batalhar em busca de uma forma honesta para se sustentar, sua irmã resolve virar prostituta de luxo. Ela vai morar na casa do ex-sócio de seu pai. Digamos que a garota não queria perder a boa vida.

Alice passa alguns dias arrastando sua mala por todos os cantos. Ela não conseguiu levar muita coisa da sua antiga casa, apenas seus eletrônicos e algumas roupas. Chegando, inclusive, a usar um vestido curto preto de festas para ir à faculdade. A coitada não tinha como lavar as suas peças.

Tudo começa a mudar quando Alice vai se candidatar a ser secretária de um cirurgião plástico. Digamos que após muita tempestade, o sol começou a aparecer na vida da garota. Mas ele vai aparecendo aos pouquinhos. Nessa nova etapa, Alice descobre uma mulher pé no chão, mas sem perder seu lado divertido. Além disso, é possível acompanhar a sua relação com a sua irmã, após a morte de seu pai. Além, é claro, de um bom romance, afinal quem não gosta?

Eu amei esse livro! A personagem é bem divertida, passa por maus bocados. Mas sempre ver o lado positivo se tudo. Amei também do fato de ela se amar em primeiro lugar. Estava super cansada, tinha inclusive abandonado um livro onde a personagem não se respeitava. Acho que ela precisava ter umas conversinhas com a Alice e descobrir que amor próprio em primeiro lugar SEMPRE.

Bom, Vira Latas, espero que vocês tenham gostado da resenha. Se o estilo chick lit te chama atenção, aposta no livro As maravilhas de Alice. Vocês irão amar.

VITRINE

AS MARAVILHAS DE ALICE – TÂNIA PICON / Editora: Amazon / Valor R$: 6,99

PRINCESA DAS ÁGUAS – PAULA PIMENTA

Olá, Vira Latas! Hoje a resenha será sobre um livro de uma escritora que eu sei que a maioria das pessoas amam. Lógico que eu estou falando da Paula Pimenta. <3 Para vocês terem noção, essa semana eu reli trechos de FMF1 no ônibus e no percurso da faculdade para casa, que normalmente dura uns vinte cinco minutos, parecia mais ter passado em cinco. É o poder da Paula Pimenta, gente. Mas vamos focar na resenha do livro de hoje.

Como vocês perceberam pelo título, viram que o livro é a Princesa das Águas. Eu comprei esse livro na Saraiva do Shopping Recife. Foi um dia totalmente mágico, após ir a Olinda, Igarassu e outra cidade que me falha a memória. Meus amigos e eu, antes de irmos ao Marco zero, fomos até a livraria Cultura. Eu segurei o livro e o amor pela capa só aumentou. Mas eu não comprei! Realizei meu sonho de ir até uma forever 21, mas não comprei nada rsrs. Porém, saí do shopping com as melhores compras do mundo. Livros e chocolate.

princesa-das-aguasAgora de fato, focando no livro, a história é tão mágica quanto a capa. De todos os livros das princesas que a Paula lançou, esse é o meu favorito. Tem rosa e roxo. *__*  O livro conta a história da Arielle Botrel, uma jovem nadadora que é o orgulho do pai quando o assunto é o esporte. Mas que ama dar um trabalhinho no quesito festas. Ela sempre dava um jeito de sair escondida. Contava sempre, ou quase sempre, com a ajuda do seu melhor amigo, o também nadador, Lino. O problema é que em uma dessas escapadas. Arielle conhece o Érico Eggenberg, um tenista suíço, que arrancará suspiros de todas as telespectadoras do mundo, que estão sintonizadas no Brasil, ou melhor nas olimpíadas do Rio de Janeiro.

É claro que em como a maioria dos livros de princesa, sempre rolará muita confusão impedindo o casal principal de ficarem finalmente juntos. Para conquistar o coração de Erico, Arielle terá que abusar dos gestos, já que não pode em hipótese alguma utilizar a sua voz para conquistar o menino. E como é de se esperar, ela precisará driblar as pessoas malvadas que não torcem pela felicidade deles. Que ainda bem que são pouquinhas.

Eu não vou falar mais sobre o livro porque apesar dele ter  367 páginas a história é bem simples. Rapidamente, o leitor descobre o que vai acontecer no final. Mas isso não tirou o brilho da Paula Pimenta. O livro é devorado rapidamente e nos deixa com uma imensa vontade de assistir o filme da Pequena Sereia.

Como sempre, a Paula abusou das redes sociais, deixando o livro bem atual. Adorei também que personagens antigos apareceram e de alguma forma contribuíram para a história. Então se vocês gostam do mundo encantado que envolve essas princesas da Disney, amam livros leves e que possuem capas maravilhosas, leiam Princesa das Águas! É sem dúvidas, um ótimo livro para desestressar. Além do mais, é Paula Pimenta. Tem coisa melhor?

VITRINE

PRINCESA DAS ÁGUAS – PAULA PIMENTA / Editora: Galera Record / Valor: R$ 22, 40 (Compre pela Amazon)

MANIA DE VOCÊ – MÔNICA MEIRELLES #AchadinhosDaAmazon

Olá, Vira Latas! A resenha de hoje é um spin off de um livro que eu nunca li, mas que eu tenho no aplicativo do Kindle. Falta APENAS tempo. Uma das últimas resenhas aqui do blog foi falando do livro Meu Quase Irmão, da Mônica Meirelles. O livro da resenha de hoje também fala sobre um dos irmão da Laura e do Bernardo. Caso vocês estejam perdidos, é só olhar a resenha aqui. A resenha de hoje, tô repetindo essas palavras,  né? fala sobre o Nicolas, o irmão nerd. Caso vocês queiram saber o que se passa nesse livro é só continuar lendo a resenha.

mania-de-voce-monica-meirelles-blog-qualquer-coisa-vira-lataCarina sempre foi uma menina que amava se divertir. Sempre ficava com quem bem entendia. E quando bem queria. O problema foi que em uma das baladas que ela frequentou, ela sofreu um trauma que a perseguia para todos os lados. Depois disso, a garota deixou de confiar nos homens. Quer dizer, o único que ela confiava era o Nicolas, seu “amigo” de infância que sempre foi louco por ela. Mas a Carina nunca deu bola para o garoto que era, e é, nerd.

Carina sofre mais uma mudança na vida: começará a faculdade de arquitetura em Santa Maria. (Vocês sabem que eu sou apaixonada, apesar de todas as brigas que sempre existe, por esse curso, né?). O problema é que Carina precisa arranjar um local para morar e adivinhem: ela vai dividir um apartamento com o Nicolas, que a propósito tem uma noiva.

A Carina sempre fez o estilo mulherão. Ela não se preocupa em agir de determinada forma só por ser mulher. Mas o problema é que o Nicolas viverá um dilema, ele fica interessado pela a sua amiguinha de infância, mas ao mesmo tempo tem uma noiva, que é super “certinha” em comparação a Carina.

Não quero ficar falando tudo sobre o livro porque, sim, ele é bem clichê. Mas sabe o que eu gostei dessa História. A escritora focou bastante no feminismo. Ela apontou questões como o fato das mulheres não poderem ficar com quantos elas quiserem em uma balada. Com o fato de que se elas usam determinadas roupas elas estão provocando os homens. Assuntos machistas que apesar de serem bem antigos ainda tomam conta da sociedade.

– Segundo dados da revista Exame, a cada onze minutos, uma mulher é estuprada no Brasil… Acham certo isso? O corpo da mulher ser utilizado como um mísero objeto de prazer sexual? Somos muito mais do que isso! O que me levou a convidá-las para esse debate foi que recebemos a informação de que uma aluna do curso de Engenharia Civil foi estuprada na semana passada no banheiro feminino.

– E sabe o que é pior nisso tudo? – Uma aluna nos chama a atenção. – É que sempre dizem: a culpa é delas. A maioria dos brasileiros pensam assim. Ah, ta usando roupa curta é porque quer ser agarrada. E isso é muito cruel. A vítima não tem culpa. A culpa sempre será do agressor e acabou.

O mais legal do livro foi justamente a comparação que eu pude fazer entre dois personagens, o Bernardo,  protagonista do livro Meu Quase irmão, é um galinha nato, ficava com quantas meninas ele queria. E ninguém o criticava, na verdade, ele era considerado o “garanhão” por todos. Já a Carina agia exatamente igual ao Bernardo, mas era chamada de vadia, piranha e outros nomes ridículos. Foi interessante ver a forma que a escritora abordou esses assuntos.

Mas isso não deveria ser motivo para que eu deixasse de viver livre, bem como eu queria. A cabeça das pessoas que tem que mudar. Homens que nem o Leonel é que tem que entender que eu não sou obrigada a satisfazer seus desejos, só porque estou em uma boate, vulnerável, com roupas curtas e “disponível”. Se eu não quero, ele não pode me obrigar a nada. 

Resumidamente, se vocês gostam de um New adult clichê, mas que te vai fazer pensar muito sobre o machismo nosso de cada dia, eu recomendo que vocês leiam esse livro. Além de ser um New adult como eu já disse, ele se passa no Brasil, e é sempre maravilhoso ler livros nacionais. Vocês podem comprar esse livro na Amazon e acompanhar as tramas dos filhos da Anne e do Daniel.

VITRINE

MEU VÍCIO – MÔNICA MEIRELES / Editora: Amazon / Valor: R$ 8,99 (compre aqui)