Tag: JULIANA PARRINI

ENTREVISTA COM A ESCRITORA JU PARRINI

Vira latas, provavelmente vocês viram no instagram, do blog, a foto que divulgamos da nossa nova parceira. Fevereiro foi um mês muito lindo! Conseguimos fechar duas parcerias, tanto com a Cinthia Freire, como com a linda da Ju Parrini (desculpa Ju pela intimidade).

Conheci o trabalho da Ju em 2015, no segundo semestre. Estava procurando um livro para comprar e eis que me deparo com uma história bastante tocante. Fiquei completamente curiosa por querer saber o que o livro da Ju possuía de tão mágico, já eu que li inúmeras resenhas que falavam tão bem dele.  O resto da história vocês já sabem, comprei os dois livros e entre risadas e crises de choro os devorei.

Hoje terei o prazer de perguntar a Ju tudo aquilo que me deixou curiosa, (ok não tudo, caso contrário a entrevista ficará longa). Gostaria de te agradecer imensamente tanto pela parceria, tanto por ter topado responder a entrevista, como por ter escrito o Alex (rsrs).

  1. Ju, quando partiu a vontade de escrever? “Depois Do Que Aconteceu” foi o seu primeiro livro?

A vontade de escrever sempre foi latente na minha vida. Quando adolescente, escrevi um livro, mas acabei perdendo por ter salvo em um disquete que desapareceu. (Sim! Era início da Era digital) hahaha Eu escrevia muitas poesias e poemas também, tendo meus amigos da escola como leitores. Construí uma família muito cedo e com as responsabilidades, deixei esse hobby adormecido.  Foi em março de 2014 que tudo começou. Estava em uma fase de leitora compulsiva, mal dormia — sou daquelas que diz: só mais um capítulo. Só mais um). E foi assim que senti vontade de criar algo. Depois do que aconteceu começou a ser postado no Wattpad, apenas para uma organização preliminar, sem esperar ser lida. Mas conforme os capítulos iam sendo postado, mais pessoas iam curtindo e foi assim que terminei meu primeiro livro. Graças a esses leitores Depois do que aconteceu atingiu a marca de 4 milhões de leituras na internet.

  1. Em quem você se inspirou para fazer a Isabel? Ela tem traços seus?

Ela não foi inspirada em alguém específico, porém eu acredito que sempre tem alguma coisa que identifique o autor. Isabel é loira e eu também. Isabel ama Dave Matthews e eu também. É… talvez tenha mais de mim do que eu pense. hahaha

  1. O Alex sem dúvidas é o personagem que antes de ler eu já tentava odiar. Todavia, foi amor ao primeiro parágrafo que eu senti por ele (rsrs). Quem te inspirou a escrevê-lo? Foi difícil construir esse personagem? Para descontrair, eu sei que, assim como eu, você é vascaína, há chances do Alex ser vascaíno? (Rsrs)

Alex é puro amor, não é? Ele é um personagem que oscila entre o amor e o ódio. Ou amam ou odeiam. Eu o amo. 😊 A doença mental sempre me intrigou. Principalmente, aquelas em que o doente consegue ter momentos de lucidez e consegue compreender tudo que está acontecendo. Foi um personagem complexo para ser desenvolvido diante da doença. Li muitos artigos, conversei com pessoas que possui a mesma doença e mergulhei em muita pesquisa. Alex é o retrato verídico de alguém com esquizofrenia.

Alex é vascaíno. Isabel também. Aliás, todos meus personagens! Hahaha — Aí está a semelhança comigo, viu! Até mesmo Henrique Soares, jogador de futebol do Barcelona, do meu outro livro Tudo ou nada, também é vascaíno hahaha

  1. Quais são os escritores que você sempre busca ler?

Atualmente? George M. Martin e Raphael Montes. Leio tudo deles e amo!

  1. Como é o seu processo de escrita? Prefere o dia ou à noite para escrever?

As madrugadas são inspiradoras. Tenho 2 filhos, então é fácil de entender o porquê.

Bônus: eu sei que além de “Depois que aconteceu” e “Antes que aconteça”, você possui outros babies literários. Conta para a gente um pouco de cada. E qual é o seu mais novo lançamento.

Sim! Tenho 5 livros publicados, 1 conto pela revista Abril e o 6º livro está caminho. Vou deixar aqui as sinopses que explica direitinho 😊

Novamente você foi lançado pela Suma de Letras em julho de 2016.

Maria Rita foi embora para nunca mais voltar. Deixou para trás o marido, os pais, as irmãs e uma vida de pobreza em uma cidade pequena da qual sempre quis sair. Doze anos depois, ela volta como partiu: sem maiores explicações. Mas agora Maria Rita é a sofisticada Miah, acostumada ao glamour e à vida superficial de Hollywood. Ao chegar, ela se dá conta de que não foi a única que mudou: seu ex-marido, Leonardo Júnior, agora é um homem bem-sucedido, diferente do caiçara com quem ela se casou ainda muito jovem. Empresário de sucesso, Léo parece ter superado o trauma de ser abandonado pelo grande amor de sua vida, até que reencontra a mulher que pensou que nunca mais veria. Apesar da mágoa, ele não consegue deixar de ter vislumbres de sua Maria Rita sob a pele da arrogante Miah. E resistir à antiga paixão será o maior desafio que já enfrentou.

Tudo ou nada está na Amazon apenas em e-book:
O que acontece quando o improvável se torna real?

Henrique Soares é um dos jogadores de futebol mais cobiçados no mundo. Seu rosto está constantemente na mídia, não apenas pelo seu talento em campo, mas também pelo sex appeal que deixa suas fãs alucinadas. Vive a vida intensamente, aproveitando tudo o que tem direito, gastando seus milhões, colecionando carros, casas, viagens e uma longa lista de mulheres que passam por sua cama.
Catarina é uma mulher simples e trabalhadora que precisa de pouco para ser feliz. O maior motivo que a faz sorrir é Ana, sua filha. Mãe solteira e desempregada, a jornalista fica diante de uma oportunidade de trabalho única, que irá transformar sua vida.

Dois estranhos que à primeira vista não tem nada em comum, mas que irão lutar com unhas e dentes contra a atração avassaladora que os une.

Enquanto o sol brilhar também está em e-book na Amazon:

Na monótona cidade provinciana de Vila Rica vive Mariana, filha única de pais amorosos, cresceu observando o amor verdadeiro de perto.

A jovem professora divide seu tempo entre as aulas que ministra para crianças na escola, os estudos e os trabalhos voluntários que exerce. Sua vida se transforma com a chegada do misterioso Dr. Miguel, um homem que coloca os seus pacientes em primeiro lugar, mas que mantém o seu passado em segredo.

Sem criar expectativas e tentando não levar tão a sério todo o desejo de desvendar os mistérios do doutor, Mariana será inebriada por sentimentos até então desconhecidos.

Nem sempre o passado pode ser esquecido e Mariana irá vivenciar em primeira mão o impacto de um grande segredo.
Quando a amizade e o encantamento dão lugar a uma admiração genuína, para chegar ao amor, é só uma questão de tempo.

Mundos Paralelos – Editora Abril – Lançamento – à venda em todas as Bancas e livrarias — 10 contos além da imaginação pelos escritores-fenômenos do Wattpad Brasil.

Com você  – Novo livro. – Lançamento dia 27 de Abril:

 Letícia Liana tinha motivos de sobra para comemorar a sua vida. Depois de ficar conhecida nacionalmente por escapar de um acidente aéreo fatal, a psicóloga divide seu tempo entre seu consultório, palestras motivacionais e vídeos na internet.

Sua vida era, aparentemente, perfeita. Porém, à noite, sozinha em seu quarto, afogada em pensamentos autodestrutivos, todas as cargas de ser o motivo de esperança para as pessoas pesavam e Letícia sentia no corpo e na alma as dores de um fortuito destino.

Conrado Vitti tinha problemas. Letícia sabia e a forma misteriosa que sentia desejo em ajudá-lo ia além das grosserias do homem com o coração ferido.

Decidido a confrontá-la por não concordar com seus conceitos, Conrado se vê diante do maior desafio da sua vida.

Divergindo opiniões sobre a vida, Conrado e Letícia terão que aprender juntos que a existência não é uma batalha de razões e sentidos. Ela precisa ser vivida, sem que o passado a interrompa impedindo-os de seguir em frente.

Muito obrigada por responder a nossa entrevista e por nos aceitar como seus parceiros!

Eu que agradeço a parceria e carinho! ❤

Aos leitores do Qualquer coisa vira Lata, um beijo enorme,

Juliana Parrini

 

ANTES QUE ACONTEÇA – JULIANA PARRINI

ANTES QUE ACONTEÇA

Antes de tudo, saibam que essa resenha contém spoilers do livro anterior (Depois que aconteceu). Se você continuou lendo a resenha, não me responsabilize pelos spoilers. Esse livro foi o responsável pela minha crise de choro dos últimos tempos. A Juliana se supera, eu sempre choro horrores com os livros dessa mulher. Focando na resenha, esse livro traz novamente a Isabel, o Daniel e o Alex. Não adianta, eu sempre terei uma quedinha pelo Alex. Falando em Alex, nesse livro ele resolveu voltar para o Brasil e lutar para reconquistar o amor da sua vida, a Bebel. O problema é que a Isabel está de casamento marcado com o Daniel. Mas como era de se esperar, o fato de saber que o Alex voltará mexerá bastante com ela. Afinal de contas foram TREZE anos de relacionamento. Tudo estava correndo relativamente normal na vida dela e do Daniel, a não ser pelo fato de saber que o Alex voltaria. O problema é quando o Daniel descobre que o ex-noivo da Isabel voltará. Daniel, pessoa que eu não gosto, que fique bem claro, surta. Ele sempre soube que Alex seria um grande rival. Para completar a saga da Isabel, Daniel contrata uma secretária ridícula, se é que vocês me entendem. A mulher só faltava se deitar na mesa do Daniel. Essa secretaria que é uma falsiane, desculpa gente, mas é que apesar de estar escutando Maneva enquanto digito a resenha, eu lembrei imediatamente da música “Cuidado com as falsianes” rsrs. Mas isso fica para um próximo post. Voltando para a ridícula da secretária, ela será uma pedra no caminho da Isabel. Mas a Isabel saberá colocar essa Vaca no lugar dela. Enfim, Samila, foco na resenha minha filha rsrs. Vocês já devem ter imaginado a bagunça que foi armada com a chegada do Alex, a chegada da secretária vaca. É lógico que a relação da Isabel e do Daniel seria abalada.

Sem deixar que ele continue, faço a segunda coisa que queria fazer quando estivesse ao seu lado: eu me jogo em seus braços e o abraço forte por um bom tempo. Suas mãos apertam meu corpo e me recuso a soltá-lo, querendo ter a certeza da sua presença. É como se precisássemos desse contato para fundir a nossa dor em uma só. (Página 85)

Gente, eu adorei os capítulos que eram narrados pelo Alex. Esse homem é MARAVILHOSO. OK ele deixou a Isabel para que ela vivesse a vida dela e fosse feliz. Essa atitude foi egoísta, mas foi por amor. Nem todo mundo teria coragem de deixar o grande amor viver, enquanto a outra pessoa estava condenada a uma doença horrível. Enfim, o Alex sabia que seria difícil reconquistar a Bebel. Mas ele tentou. O que eu mais amo nesse homem é o fato de ele saber se colocar no lugar do outro. Acho que o Alex não é desse mundo, sério ele é um amor de pessoa. Como sempre as minhas lágrimas foram por eles. Se eu pudesse ter o poder de dar vida a algum desses personagens, sem dúvidas seria para o Alex.

Vivemos alguns momentos para ganhar experiência. A vida é feita de ciclos, e nem sempre ele nos levam a finais felizes. No entanto, tenho a sensação de missão cumprida. Voltei porque sentia que ainda tinha um ciclo a cumprir, e agora seu que ele chegou ao fim. (Página 178)

A Isabel como sempre me surpreendeu. Eu acabei concordando com o final que ela teve. Já disse isso para a Ju, eu amo o fato de saber que os livros dela não se tornam uma bagunça. Isso claramente poderia acontecer na vida real. Mesmo sentindo muita mágoa do Alex, a Bebel NUNCA deixou de amar esse homem. Ah! Eu amei também o fato de ela dizer poucas e boas para a Francine, a secretária falsiane, vaca e ridícula do Daniel.

Ninguém é feliz por inteiro, sempre há algo a ser conquistado. Pode ser um trabalho, um amor, e até mesmo um número de calça menor. A sabedoria estar em aproveitar a felicidade e ter forças para se reerguer quando a vida te der aquela famosa rasteira. A eterna busca pela felicidade é o que nos faz verdadeiramente felizes. (Página 234)

Falando em Daniel minha vontade era dar na cara dele. Mas no livro tiveram pessoas que falaram poucas e boas na cara desse homem. Confesso para vocês que amei a postura que ele teve no final. Apesar de não gostar dele não duvidava que ele tomaria certa atitude.

A parte de mim que lutava para se reerguer perdeu. A luta estava encerrada. Não existia a hipótese de a Isabel ficar longe de minha vida nem mais um dia sequer. (Página 228)

Vocês devem estar achando que eu enrolei com essa resenha. Gente eu não posso falar muita coisa, e olha que eu queria. Só posso dizer que eu AMO os livros da Ju. Essa mulher fez eu conhecer uma Samila racional que eu juro que eu desconhecia. Se vocês assim como eu amam uma boa leitura saibam que esse livro é para você. Não tem magia, não tem história de adolescentes. Mas tem uma verdadeira história de amor, perda, reconstrução. Enfim, esse livro é lindo! A capa é linda. A Ju arrasa. E eu quero o Alex para mim. Boa leitura gente.

DEPOIS DO QUE ACONTECEU – JULIANA PARRINI

DEPOIS DO QUE ACONTECEU

Dizem que quando a saudade não vai embora é porque resolveu ficar, e não adianta, em hipótese alguma, dizer ao coração o que ele deve fazer. Às vezes ele é cruel e nos leva para um mundo totalmente desolador. (Parte do prólogo)

Oi, gente! Tudo bem com vocês? O mês de setembro acabou. Hoje já é o último dia, sério, acho que fechei os olhos e quando abri o mês já tinha passado. Para fechar o mês com chave de ouro, a resenha de hoje é muito especial, mas antes eu preciso contar uma historinha para você. Há alguns meses a minha irmã falou: nossa! Olha esse livro, a escritora teve sete MILHÕES de leitura na internet. Mas acreditem se quiser, eu falei para a minha irmã que eu não queria saber qual era o livro. Gente a minha lista literária sempre foi imensa.

Realmente não procurei saber pela estória do livro. Mas sabe como é a vida, o que tem que ser, será. Eu estava querendo comprar um livro que eu tinha visto na internet, desculpem, mas eu nem lembro o nome do livro. Eu desisti de comprá-lo, não me interessei muito pelos outros livros da escritora. PORÉM, ENTRETANTO e todas as conjunções adversativa que existe o meu lado consumista, sim eu sou taurina, queria um livro. E entre todas as opções que apareceu na tela do computador eu me apaixonei pela capa de um livro nacional que se passava no Rio de Janeiro. SIM, galera, esse era o mesmo que a minha irmã tinha me falado e eu não dei bola.

O livro escrito pela linda da Juliana Parrini é maravilhoso. Provocou várias sensações em mim. E sinceramente eu não vejo a hora do meu exemplar de Antes que aconteça, a continuação chegue. Ah! O primeiro livro se chama “Depois Que Aconteceu” e ele conta a estória da Isabel, uma jovem do Rio de Janeiro de vinte e sete anos que tinha a vida perfeita. Era noiva do seu primeiro amor, estudava aquilo que gostava e tinha amigos maravilhosos. Mas Alex, o seu noivo, descobriu que tinha uma doença e tudo começou a dar errado na vida do casal depois da descoberta.

Depois de um ano sofrendo pelo fim da relação Isabel, com o apoio das suas gêmeas favoritas Lua e Luci, começou a sair e em plena avenida paulista ela conheceu um carinha que mexeu com as suas estruturas e fez com que ela redescobrisse que é possível voltar a amar. MAS, como em um bom livro é claro que nada será fácil. Muitos obstáculos aparecerão na vida de Isabel e do Daniel.
Eu sei que eu fui bem vaga neste resumo, mas é que se eu contar muita coisa perde a graça. Eu preciso compartilhar com vocês o que eu achei do trio principal. Eu espero não soltar spoilers.

Isabel foi bastante humana. Juliana não quis inventar criando uma personagem que só seria possível encontrar nos livros. A Isabel é muito real! Ela aguentou cada situação, que eu tenho certeza que muitas mulheres aguentam todos os dias.

Meus olhos verde-escuros estão sem vida, as olheiras, fundas e horrorosas, as pontas loiras, desbotadas e com raiz aparecendo. Meu cabelo cresceu e está castanho-claro até o ombro, e todo desgrenhado e sem corte. Tenho vontade de chorar. O maior problema de um coração partido é que ele nos faz definhar aos poucos. (Página 21)

Daniel, pelo que eu percebi ele é o favorito de boa parte dos leitores. Mas o Daniel não me convenceu. Ele é muito possessivo! Tomou atitudes ao longo do livro que eu simplesmente detestei. Mas algo de bom ele tem que ter, afinal de contas ele fez a Isabel se sentir mulher novamente.

Ainda com os olhos fechados, sinto seu corpo cada vez mais próximo, e meu coração dispara. Se eu tinha alguma dúvida sobre os seus sentimentos, elas se dissiparam nesse momento. (Página 169)

Alex, ai Alex… Sim eu estou suspirando enquanto escrevo sobre ele. Gente no início eu queria odiar esse cara, só por saber que ele tinha terminado com ela. Mas assim que eu li a primeira página em que ele apareceu eu me apaixonei. O Alex é um homem lindo tanto por dentro como por fora. Mas infelizmente nem tudo saiu do jeito que ele planejou. Alex, para mim, é sinônimo de amor. As cenas que a Juliana escreveu relacionadas a ele foram tão lindas que eu praticamente chorei em todas. Sim eu sou #TEAMALEX.

Com 1,78m, é um homem que chama a atenção, principalmente porque tenho 1,60m. Seus lindos olhos cor de mel e seu cabelo é castanho-claro, quase loiro. Normalmente, Alex está impecável, mas hoje, com o vento bagunçando seu cabelo, consegue estar mais bonito. (Página 18)

Gente esse livro é maravilhoso! Trata sobre temas tão reais. E o que eu posso falar sobre a escrita da Juliana? Eu amei cada linha e fiquei extremamente feliz por ler um livro nacional de qualidade. É tão bom encher a boca e falar que temos escritores nacionais de qualidade, e sem dúvida alguma a Juliana é um deles.

O livro foi lançado pela Suma de letras e a diagramação está linda! Eu não vejo a hora do entregador trazer o segundo para mim. Se vocês gostam de estórias que falam sobre a realidade, que tem drama e muita superação, esse livro é para você. Tenho certeza que vocês vão amar.

VITRINE

DEPOIS DO QUE ACONTECEU – JULIANA PARRINI  |  EDITORA: SUMA DE LETRAS |  VALOR: R$ 19,70