Tag: book

DICAS E METAS LITERÁRIAS

dicas-e-metas LITERÁRIAS BLOG QUALQUER COISA VIRA LATAOlá, Vira latas! Eu estava fazendo as contas de quantos livros eu li em 2016, e fiquei pasma ao descobrir que foram 52 livros. A grande maioria foram e-books, ôh coisinha para viciar. Sou tão viciada neles que resolvi fazer um post “dois em um”. Vou indicar cinco e-books que eu li esse ano e adorei! E vou falar dez e-books que eu tenho no meu aplicativo do kindle e pretendo ler.

O AMOR NOS TEMPOS DE #LIKES – PAM, BEL E PEDRUGO

o-amor-nos-tempos-de-like-resenha-blog-qualquer-coisa-vira-lataOi, vira lata. A resenha de hoje é muito especial, pois são de pessoas que, assim como eu, amam livros, falam sobre livros e publicaram seu próprio livro, este último AINDA não alcancei. Estou falando, como vocês já viram no título, do livro O Amor Nos Tempos de #Likes de quatro Youtubers que eu já acompanho há um tempão, a Pam Gonçalves, a Bel Rodrigues, e o Pedro e o Hugo.

O livro é divido em três contos, cada canal ficou responsável por um, óbvio. A proposta do livro é modernizar romances já super bem conhecido por nós, como Romeu e Julieta, por exemplo.

TAG LITERÁRIA: NATAL BRASILEIRO

tag-natal-litearioOlá, Vira latas. Hoje a tag é bem especial, pois fomos taggeados pela Iza, do Brincando de Escritora, e foi ela quem criou a tag, que é bem maravilhosa. Eu espero que vocês gostem das nossas respostas. Ah! Iza, muito obrigada por nos taggear.

A MENTIRA PERFEITA – CARINA RISSI

a-mentira-perfeita-carina-rissiOlá, Vira latas, hoje é dia de mais uma resenha, e eu confesso que li esse livro há algumas semanas, porém, emendei uma leitura atrás da outra e não o resenhei ainda. O que é um ABSURDO! Afinal de contas, é um livro da Carina Rissi, e como sabemos a Carina arrasa! Deixando de delongas, vamos focar na resenha.

TAL QUÍMICA – CAP. 13 – SAMILA BEZERRA

tal químicaMeu coração pulou
Você chegou, me deixou assim
Com os pés fora do chão
Pensei: Que bom!
Parece, enfim, acordei
Pra renovar meu ser
Faltava mesmo chegar você
Assim, sem me avisar
Pra acelerar um coração
Que já bate pouco
De tanto procurar por outro
Anda cansado
Mas quando você está do lado
Fica louco de satisfação
Solidão nunca mais
Você caiu do céu
Um anjo lindo que apareceu
Com olhos de cristal, me enfeitiçou
Eu nunca vi nada igual
(Frisson-Roupa Nova)

Eu ainda não estava falando com o Gael, e sinceramente isso acabava comigo. Ele era o meu amigo há tanto tempo e eu não acreditava que a nossa amizade seria ameaçada por causa de uma briguinha. A Alice me mandou mensagem no mesmo dia, pedindo desculpas. Eu sei que nenhum dos dois tinha culpa, mas fiquei feliz pelo fato da minha amiga não querer ficar brigada comigo.

Eu estava deitada na minha cama terminando de ler “Elena a filha da princesa”, que livro maravilhoso aquele. Estava praticamente no final quando o meu celular começou a tocar. Era o Bernardo.

-Oi, Bê. –Eu falei enquanto colocava o marca página no livro.

-O que você está fazendo?

-Estava lendo.

-Desculpa, Isa, por ter te tirado do livro.

-Não precisa se desculpar. –Eu disse. – O que devo a honra da sua ligação.

-Bom, como a senhorita é praticamente uma arquiteta, já está fazendo projetos de closets e tudo mais. Eu queria a sua ajuda.

-Ei, eu não sou arquiteta. –Eu protestei. –Você também quer um closet?

-Ainda, mas logo será. –Ele falou. –Não, Isa, eu não quero um closet, queria a sua companhia. Eu vou olhar uns apartamentos hoje e ficaria muito feliz se você viesse comigo. –Ele ficou uns três segundos calados até que perguntou. –Eu terei o prazer de desfrutar da sua companhia?

Eu não aguentei e comecei a rir. –Bê, só você para falar assim.

-Você não topa, é isso?

-É claro que eu topo. –Eu aposto que ele tinha dado o seu meio sorriso.

-Passo na sua casa por volta de uma e meia. Tudo bem para você?

-Tudo ótimo!

-Até daqui a pouco. – Quando pensei que ele tinha terminado, voltou a falar. – Mas uma vez desculpa por te atrapalhar.

-Não atrapalhou, Bê. Eu já estou no finalzinho.

-Posso saber o nome do livro?

-“Elena a filha da princesa”.

-Ah! Boa leitura, minha princesa. Beijos.

-Beijos, menino lindo.

Voltei para o meu livrinho e terminei de ler os dois capítulos que faltava. Que livro era aquele! Eu amava a escrita da Marina, sem dúvida ela era uma das minhas escritoras favoritas. Eu tinha amado os outros livros dela, mas aquele tinha uma pegada de new adult, gênero que eu adorava, e isso foi apenas um dos pontos que deixou a leitura maravilhosa.

Quando eu coloquei o livro na prateleira, fui até o quarto ao lado e vi que minha cunhada estava trocando a roupa dos gêmeos, do Pedro e do Davi, eu amava aqueles dois meninos, eles junto com a irmã tinham se tornado a alegria da casa. Falando em Bianca, ela não desgrudava do lado da mãe, ora ou outra Letícia incentivava a filha a conversar com os irmãozinhos. Só a minha cunhada mesmo para ter disposição de imitar vozes infantis e fazer tudo que ela fazia. Mas aquilo tinha um nome bem pequeno, mas com um significado imenso: ser mãe. Letícia era jornalista, mas desde que descobriu que estava grávida novamente deixou a profissão de lado, ela aproveitou os primeiros meses para preparar a mudança, além, é claro, de ficar muito perto da filha. A Letícia sabia que com a chegada dos gêmeos infelizmente ela não conseguiria dar no início a mesma atenção que Bianca sempre recebeu.

Eu juro que eu estava bem quietinha na porta, mas minha cunhada acabou virando e me viu. Então ela me chamou para vivenciar aquele momento, e não apenas assistir. Quando sentei no chão, ao lado da cama, percebi que a minha cunhada chorava.

-Esses três anjinhos são tão lindos. –Ela enxugou as lágrimas.

-São sim. –Eu a abracei.

-Mas dão um trabalhão. –Terminando de dizer essas palavras ela beijou o topo da cabeça da Bianca. –Mas todo o trabalho vale a pena.

Letícia e meu irmão namoravam desde a época do ensino médio. Ela resolveu fazer jornalismo, enquanto que o meu irmão foi para o lado do direito. Quando casaram minha mãe só faltou morrer, na época eu tinha quinze anos, e tanto o meu irmão quanto a Letícia tinham vinte três. Isso deixou a minha mãe louca, ela chorava dia e noite queria saber como o filho estava se virando. Mas com o passar do tempo, meses para ser mais exata, ela se conformou, inclusive ficou grudada com a Letícia. Sério quem ver de fora acredita que a minha cunhada é a filha da minha mãe e não eu.

Dona Elena estava bastante animada, então resolveu fazer uma lasanha de frango com muito, mais muito queijo. Ah! De sobremesa ela nos serviu um maravilhoso bolo de chocolate. Eu tinha certeza que tinha engordado uns três quilos, e isso não era nada bom. Durante o almoço meus pais planejaram a nossa viagem anual para Minas Gerais, a minha mãe nasceu lá, mas veio para cá quando foi fazer faculdade, digamos que o motivo disso tudo foi o meu pai, os dois se conheceram em uma viagem de carnaval e estão juntos até hoje. E tem gente que fala que amor de carnaval não dar em nada. Voltando para o assunto viagem, a desse ano era mais que especial, iríamos apresentar os novos membros da família para os nossos parentes mineiros.

Depois de almoçar eu fui me arrumar. Estava um tempo super agradável, nada de calor, mas sim ventos gelados. Como eu estava amando o estilo boho chic resolvi colocar um short jeans cintura alta ele tinha aparência de ser gasto, mas ao meu ver esses são os piores, sempre custam mais caro. Junto com ele eu usaria um croped preto, eu adorava aquele tipo de blusa, mas a estrela principal do figurino era um kimono de franjas floral lindo que eu tinha me dado de presente depois de terminar o namoro com o Oscar. Ah! Nos pés preferi colocar um all star preto. Na maquiagem só coloquei o meu bom e velho delineador, máscaras de cílios, além de um batom cor de boca.

Estava arrumando a minha bolsa quando o Bernardo mandou uma mensagem.

(Bernardo) Estou na porta.

(Eu) Estou saindo.

Peguei a chave de casa coloquei na bolsa. Dei tchau para a minha família. Assim que abri o portão o vi. Bernardo estava encostado na lateral do seu carro, uma Pajero TR4 prata. Ele usava uma calça jeans preta com uma camisa preta, nos pés um all star preto. Até mesmo quando ele queria ser discreto Bernardo conseguia ficar mais lindo.

Quando me viu Bernardo me encarou sorrindo logo em seguida. –Cadê aqueles saltos gigantes? –Ele apontou para os meus pés.

-Não estava a fim de colocar.

-Eu também gosto de você assim, baixinha. –Ele disse a última palavra enquanto me abraçava.

-Eu não sou baixinha, Bê. – Eu tentei fazer cara de brava. Eu tinha 1,62 de altura.

Entramos no carro e seguimos rumo aos apartamentos. Bernardo me explicou que tinha marcado de encontrar três corretores. Cada apartamento ficava em uma parte da cidade. E ele rezava para achar logo um lugar definitivo para morar. Assim que Bernardo parou o carro, vimos que um senhor careca de barriga saliente nos esperava.

-Boa tarde. Eu sou o Gomes.

-Boa tarde, viemos dar uma olhada no apartamento.

-Tenho certeza que vocês dois vão amar. –Bernardo olhou para mim e deu um sorrisinho.

O apartamento ficava no quarto andar. Ele era completamente mini, os quartos eram minúsculos, a cozinha nem se fala. A sala não caberia muita coisa. A única coisa naquela história toda que não era minúscula era o aluguel. Por estar localizado perto da orla o valor do apartamento estava tão salgado quanto à água do mar.

-Muito obrigado, Sr. Gomes, por nos mostrar o apartamento, mas ele não faz o meu estilo.

-Mas vocês dois terão várias opções de lazer. –Ele falou. – Temos vários bares, restaurantes, pizzaria, shopping, além, é claro, de ser bem próximo da praia.

-Eu sei, mas realmente não faz nosso estilo. –Terminando de falar aquelas palavras o safado passou a mão nas minhas costas puxando o meu corpo para mais perto do seu, além disso, beijou a minha cabeça.

-Lamento, mas espero que vocês achem um apartamento que atendam todas as necessidades.

Quando chegamos a porta do carro eu dei dois tapas no braço do Bernardo. –Aí isso dói. –Ele disse em meio a um sorriso.

-Que história é essa de dar a entender que estamos juntos? –Eu coloquei a mão da cintura.

-E não estamos? Você estava lá comigo. – Fez graça Bernardo. Fato que o fez levar mais dois tapas. –Coitado dele Isa, o trabalho do cara já é estressante, deixa ele pensar que somos um casal apaixonado. Nunca mais o veremos novamente.

-Sei… –Eu não fiquei convencida daquela resposta.

-Vamos ver os outros apartamentos menina linda. –Ele disse isso enquanto segurava os meus ombros, terminando as palavras beijou a minha testa.

O outro apartamento era imenso. Tinha dois quartos grandes, dois banheiros, uma sala de estar e jantar. Mas não tinha varanda, e o bairro era muito distante da faculdade. Bernardo já tinha perdido as esperanças até que tudo mudou ao olhar o último apartamento que combinara naquele dia. Esse tinha quartos razoáveis, um banheiro, uma sala grande. Tudo bem que a cozinha era pequena, mas a varanda e o fato de ser perto da faculdade compensavam.

-É perfeito. –Ele disse. Então se virou para mim e perguntou. –Você gostou, Isa? –Parecia que a minha opinião era importante para ele.

-É incrível. Além disso, fica perto da minha casa. –Eu sorri.

-Eu fico com ele. –Bernardo falou para o corretor.

Quando saímos do condomínio resolvemos dar uma volta no parque que ficava próximo, já passava das cinco da tarde. Mas o céu continuava claro. Bernardo tirou do carro uma saída de praia, ou melhor, a minha.

-Não estar mais com cheiro de cerveja, eu a lavei.

-Muito obrigada, Bê. –Eu sorri.

Ele forrou a saída de praia depois foi até a barraquinha de comida que ficava a poucos metros de nós e comprou uma pipoca salgada e um algodão doce. Bernardo sentou ao meu lado e me entregou o algodão doce. Enquanto ele comia ficava me encarando.

-O que foi? –Eu perguntei enquanto colocava um bocado de algodão doce na boca.

-Eu gosto de olhar para a minha amiga. –Não sei por que mais eu acabei tirando um pedaço de algodão doce e colocando na boca dele.

-Hum isso está bom. –Ele falou enquanto pegava mais.

-Bê, todos os algodões doces têm o mesmo gosto.

-Não tem, não.

Quando terminamos de comer ele resolveu deitar, eu fiz o mesmo e tenho certeza que foi a melhor decisão. O céu estava com uma cor linda, eu amava o momento do crepúsculo. Eu encostei a minha cabeça no peito do Bernardo, ele ficou dedilhando o meu braço como se fosse um violão. Ficamos um bom tempo calado, foi aí que me veio à cabeça a pergunta que eu ainda não tinha feito a ele.

-Bê, por que você vai embora da casa do Vinícius?

-Eu moro lá de forma provisória. A minha família vai morar em Brasília. E eu não quero ir junto. Além disso, a minha casa será alugada e eu preciso de um lar.

-Buscando a liberdade, gostei.

-E você Isa, tem vontade de morar sozinha?

-Quero fazer intercâmbio antes, para depois morar sozinha.

-Aonde você pretende ir? – Ele parou de usar o meu braço com se fosse um violão.

-Meu sonho é estudar na Inglaterra.

Bernardo respirou como se estivesse aliviado. – Ufa, que susto. Eu também tenho vontade de estudar na Inglaterra. Quem sabe não estudaremos no mesmo lugar. – Ele beijou a minha cabeça e voltou a acariciar o meu braço.

Ficamos no parque por mais quinze minutos, mas infelizmente estava ficando escuro. Além disso, era muito perigoso. Mas se eu pudesse teria estendido ao máximo aquele momento.

Resenha: A GAROTA NO TREM – PAULA HAWKINS

Olá, Vira Latas. Hoje a resenha é sobre um livro que deu um tapa na minha cara. E QUE TAPA! No início do ano a minha irmã leu o livro A garota no trem, e eu enrolei um pouquinho para ler. Confesso que só peguei essa semana porque o filme estreou, e como vamos assistir, não teria a menor graça eu ler depois. Se vocês quiserem saber o que eu achei desse livro é só continuar lendo essa resenha.

a-garota-no-tremO livro conta história da Rachel, uma mulher de trinta e poucos anos, que ainda não conseguiu superar o final de seu relacionamento. Ah! Só para constar: o casamento já tinha acabado fazia mais de dois anos. Rachel saia todos os dias para ir “trabalhar”, ou melhor, fingir que iria trabalhar. Desde que perdeu o emprego, ela escondia da sua colega de casa que estava desempregada. Tinha medo que por esse motivo fosse expulsa do lugar. A vida de Rachel se resumia a pegar todos os dias o trem das oito e quatro da manhã. Sempre que parava em frente à antiga rua em que morava, ela fantasiava como seria a vida daquele casal que carinhosamente ela apelidou de Jess e Jason. O que Rachel não imaginava era que aquele casal iria transformar a sua vida completamente.

Rachel se ver entre uma investigação policial e tenta descobrir quem é o responsável pelo desaparecimento de Jess, que na verdade se chama Megan. O problema é que além de ter que lidar com toda essa situação, Rachel terá que driblar seu ex-marido e a sua atual esposa que não ficarão muito contentes ao ver Rachel frequentando o bairro que eles moram. Gente, esse livro é foda! Desculpa pela palavra, mas quem leu deve pensar a mesma coisa. Eu passei boa parte do livro apontando vários suspeitos. Mas quando descobri quem de fato era o responsável pelo crime, eu fiquei chocada. Mas aí tudo passa a fazer sentido. E o final desse livro? Maravilhoso!!! A vontade que eu tenho é de conversar com vocês sobre tantos aspectos desse livro. Mas como eu posso fazer isso se cada coisinha que eu contar se transformará em um baita spoiler? Se vocês gostam de ler, leiam esse livro. Não importa o seu gênero literário favorito. Apenas leiam!

Como eu comentei, levei um baita tapa na cara, simplesmente pelo fato desse não ser o meu gênero queridinho. Mas eu li e amei. Então, se joguem e leiam esse livro maravilhoso. Ah! E assistam ao filme.

05 LIVROS PARA O DIA DAS CRIANÇAS

Olá, Vira Latas. Dia 12 é o dia que já não é o meu dia faz muito tempo. Estou falando do dia das crianças. Faz onze anos que eu não sei mais o que é ganhar presente, aff. Deus falou que temos que ter o coração de criança, isso não conta para a gente continuar ganhando? 🙂

Enfim, mas o post é sobre livros maravilhosos que podemos presentear as nossas criança. Muitos pais não levam como opção, só porque o filho ou a filha não tem esse hábito, contudo, se nunca estimularmos é bem óbvio que eles não chegarão nem perto de um livro para folhear.

Por isso resolvi separar 05 livros que, provavelmente, a garotada irá amar, porque eu adoraria ter ganho todos eles em minha infância. Segue a lista:

HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL

harry-potter-e-a-pedra-filosofal-livro-novas-iustracoesHarry Potter é um garoto cujos pais, feiticeiros, foram assassinados por um poderosíssimo bruxo quando ele ainda era um bebê. Ele foi levado, então, para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural. Pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais. O menino de olhos verde, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais. A fábula, recheada de fantasmas, paredes que falam, caldeirões, sapos, unicórnios, dragões e gigantes, não é, entretanto, apenas um passatempo. (FONTE: Amazon)

EXTRAORDINÁRIO

extra1August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade.. até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular em Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apenas da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

R.J.Palacio criou uma história edificante, repleta de amor e esperança, em que um grupo de pessoas luta para espalhar compaixão, aceitação e gentileza. Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade – um impacto forte, comovente e , sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor. (FONTE: Amazon)

 BONECA DE OSSOS

boneca-de-ossosPoppy, Zach e Alice sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam.

Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo…

Mas, de repente, Poppy conta para os amigos que começou a ter sonhos com a Rainha – e também com o fantasma de uma menininha que não conseguirá descansar enquanto a boneca de ossos não for enterrada no seu túmulo vazio.

Então, Poppy, Zach e Alice partem para uma última aventura a fim de ajudar o fantasma da Rainha a encontrar o seu descanso eterno. Mas nada acontece do jeito que eles planejaram… A missão se transforma em uma jornada de arrepiar.

Será que a boneca é apenas uma boneca ou existe algo mais sinistro por trás desses fatos?

Poppy está mesmo dizendo a verdade ou tudo isso não passa de um truque para que voltem a brincar juntos?

Se existe mesmo um fantasma, o que vai ser das crianças agora que elas estão nas suas mãos? (FONTE: Amazon)

O PEQUENO PRÍNCIPE

imagem-de-divulgacao-do-filme-o-pequeno-principe-1440012556959_956x500Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. Com essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry criou há 70 anos um dos maiores clássicos da literatura universal. Não há adulto que não se comova ao se lembrar de quando o leu quando criança. Trata-se da maior obra existencialista do século XX, segundo Martin Heidegger. Livro mais traduzido da história, depois do Alcorão e da Bíblia, ele agora chega ao Brasil em nova edição, completa, com a tradução de Frei Betto e enriquecida com um caderno ilustrado sobre a obra e a curta e trágica vida do autor.(FONTE: Amazon)

AS CRÔNICAS DE NÁRNIA

as-cronicas-de-narniaViagens ao fim do mundo, criaturas fantásticas e batalhas épicas entre o bem e o mal – o que mais um leitor poderia querer de um livro? O livro que tem tudo isso é ”O leão, a feiticeira e o guarda-roupa”, escrito em 1949 por Clive Staples Lewis. MasLewis não parou por aí. Seis outros livros vieram depois e, juntos, ficaram conhecidos como ”As crônicas de Nárnia”. Nos últimos cinqüenta anos, ”As crônicas de Nárnia” transcenderam o gênero da fantasia para se tornar parte do cânone da literatura clássica. Cada um dos sete livros é uma obra-prima, atraindo o leitor para um mundo em que a magia encontra a realidade, e o resultado é um mundo ficcional que tem fascinado gerações. Esta edição apresenta todas as sete crônicas integralmente, num único volume. Os livros são apresentados de acordo com a ordem de preferência de Lewis, cada capítulo com uma ilustração do artista original, Pauline Baynes. Enganosamente simples e direta, ”As crônicas de Nárnia” continuam cativando os leitores com aventuras, personagens e fatos que falam a pessoas de todas as idades.(FONTE: Amazon)

VITRINE

HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL – JK ROWLNG / Editora: Rocco  / Valor: R$ 21,90 (compre aqui)

EXTRAORDINÁRIO – R. J PALACIO  / Editora: Intrínseca  / Valor: R$ 22,40 (compre aqui)

A BONECA DE OSSOS – HOLLY BLACK / Editora: #Irado / Valor: R$ 20,04 (compre aqui)

O PEQUENO PRÍNCIPE – ANTOINE  DE SAINT-EXUPÉRY/ Editora: Casa dos livros  / Valor: R$ 18,45 (compre aqui)

AS CRÔNICAS DE NÁRNIA – C.S LEWIS / Editora: WMF Martins Fontes  / Valor: R$ 19,90 (compre aqui)

*Não nos responsabilizamos pelas compras realizadas no site Amazon. O link é somente uma sugestão.

BOA NOITE – PAM GONÇALVES

Oi, Vira Latas, eu não sei vocês, mas eu amo falar sobre feminismo, e não tem nada melhor do que ler um livro que trata sobre esse tema, e que foi escrito por uma pessoa que realmente levanta essa bandeira. Estou falando do livro “Boa Noite”, escrito pela nossa Pam Gonçalves. Se vocês quiserem saber o que eu achei do livro é só continuar lendo a resenha.

boa-noite-am-golcalves-qualquer-coisa-vira-lata-blog-2

Boa Noite conta a história da Alina, uma jovem de dezoito anos que começará a sua sonhada faculdade de engenharia da computação. Ela sempre foi a filha certinha, a aluna certinha. Nunca deu problema a ninguém! E, sinceramente, ela queria mudar. Estava cansada dessa imagem que todos tinham sobre ela, então seria nessa nova fase da sua vida que ela esperava que as mudanças acontecessem.

Alina foi morar em uma república, apelidada carinhosamente como “República das Loucuras”. Lá ela passou a morar com a Manu, a amiga mais doida e gente fina que alguém poderia ter. Com a Talita, que era mais ajuizada, mas amava ficar de amassos com o namorado pelos quatros cantos da república. O namorado de Talita era o Bernardo, que morava mais na república do que na sua própria casa. E com o Gustavo, o dono da república, estudante de medicina e simplesmente lindo.

Alina viu que era completamente diferente daquelas pessoas, mas ela rapidamente os adotou como família e foi bem aceita por todos. Com eles, ela passou a sair para as festas. E em uma dessas saídas ela conheceu o Arthur, um jovem estudante de medicina que, a princípio, encantará Alina. Mas que ao longo da trama percebemos quais são as verdadeiras intenções dele.

Além de ter que lidar com essa personalidade dúbia de Arthur. Com o amadurecimento da sua própria personalidade. Alina lidará com uma turma formada praticamente por meninos que, em sua maioria, se acham no direito de falar e tratar as meninas com inferioridade. Alina, junto com as suas colegas de classe, tentará mostrar que as mulheres podem e devem estudar aquilo que querem. E que o machismo precisa acabar.

Eu amei esse livro da Pam! Li rapidamente e adorei a forma que ela abordou os diversos temas. Infelizmente, tudo que ela escreveu acontece em muitos cantos do Brasil e do mundo. Os abusos que ocorrem nas faculdades e ,que na maioria das vezes, não vêm a tona. Pam conseguiu em 237 páginas falar sobre como nós mulheres temos que lutar contra esse mal chamado machismo, e com essa mania que a sociedade tem de achar que nós, mulheres, temos menos direitos que os homens. E que se usamos uma roupa curta e se sofremos assédio com isso a culpa é da “vítima”.

Esse é sem dúvida um livro que todos deveriam ler. Ele nos mostra que é possível lutar. E que temos sempre que apoiarmos as nossas irmãs e mostra-las que nunca estamos sozinhas, e de que ela não tem culpa de nada. Então, se você quer ver como foi a jornada da Alina em apenas um semestre na faculdade, e que semestre, não deixe de ler esse livro. Tem romance. Mas a grande temática do livro é a sororidade.

… Várias garotas sofrem abuso sexual todos os dias na nossa universidade, na nossa cidade, no nosso estado, no país, no mundo inteiro. E a maioria não denuncia e nem pede ajuda. -Olho um a um os meus colegas. Alguns ainda com a expressão indiferente, outros constrangidos  uns até mesmo concordando com a cabeça. -Sabem por quê? Porque a maioria vai ser culpada por vocês. Por nós. Porque, para a nossa sociedade, é normal assediar. Porque, se ela não quisesse, não sairia de roupa curta. Porque, se ela não quisesse, não andaria sozinha. Porque, se ela não quisesse, não estaria bebendo. Porque, se ela não quisesse, não estaria VIVENDO. -Começo a me emocionar. -Só queremos que ela possa pedir ajuda em um ambiente seguro, ter o suporte necessário. (Página 212)

VITRINE

BOA NOITE – PAM GONÇALVES / Editora:Galera Record  / Valor: R$ 23,90 ( Compre aqui)

AS MARAVILHAS DE ALICE – TÂNIA PICON

Sabe aqueles livros que te faz dar ótimas gargalhadas e só o larga quando acaba? Então, a resenha de hoje é sobre um livro nesse estilo e que obviamente ganhou cinco lindas estrelas na avaliação da Amazon. Ele inclusive foi o responsável por me tirar de uma bad horrorosa, tentei ler dois livros antes deles e eu simplesmente estava odiando ambos. Cansa ler livros onde as protagonistas acham que ter um cara idiota, totalmente ciumento é a oitava maravilha do mundo. Mas a resenha de hoje é sobre um livro leve, bem gostoso. Se você ficou curioso para saber qual livro eu me refiro é só continuar aqui comigo.

as-maravilhas-de-alice-tania-picon-blog-qualquer-coisa-vira-lata-achadinhos-da-amazonAlice sempre foi uma jovem rica, sua vida era se preocupar em tirar notas bacanas, e ir ao máximo de festas que pudesse, além é claro de beijar muitas bocas. Ela inclusive estava em uma dessas festas quando soube que o seu pai não aguentou e morreu após ter um infarto. Alice fica completamente desnorteada. Agora ela só tem a sua irmã, a Thaís que é dois anos mais nova que Alice, que tinha 23 anos.

Além de perder o pai, as meninas descobriram que estavam falidas. Seu pai, um grande nome do ramo dos cosméticos, deixou as filhas pobres. Sim, meus amigos, essa história já existe. Eu amava assistir Material girls. Mas as comparações param por aí. Enquanto uma irmã, no caso, a Alice, vai batalhar em busca de uma forma honesta para se sustentar, sua irmã resolve virar prostituta de luxo. Ela vai morar na casa do ex-sócio de seu pai. Digamos que a garota não queria perder a boa vida.

Alice passa alguns dias arrastando sua mala por todos os cantos. Ela não conseguiu levar muita coisa da sua antiga casa, apenas seus eletrônicos e algumas roupas. Chegando, inclusive, a usar um vestido curto preto de festas para ir à faculdade. A coitada não tinha como lavar as suas peças.

Tudo começa a mudar quando Alice vai se candidatar a ser secretária de um cirurgião plástico. Digamos que após muita tempestade, o sol começou a aparecer na vida da garota. Mas ele vai aparecendo aos pouquinhos. Nessa nova etapa, Alice descobre uma mulher pé no chão, mas sem perder seu lado divertido. Além disso, é possível acompanhar a sua relação com a sua irmã, após a morte de seu pai. Além, é claro, de um bom romance, afinal quem não gosta?

Eu amei esse livro! A personagem é bem divertida, passa por maus bocados. Mas sempre ver o lado positivo se tudo. Amei também do fato de ela se amar em primeiro lugar. Estava super cansada, tinha inclusive abandonado um livro onde a personagem não se respeitava. Acho que ela precisava ter umas conversinhas com a Alice e descobrir que amor próprio em primeiro lugar SEMPRE.

Bom, Vira Latas, espero que vocês tenham gostado da resenha. Se o estilo chick lit te chama atenção, aposta no livro As maravilhas de Alice. Vocês irão amar.

VITRINE

AS MARAVILHAS DE ALICE – TÂNIA PICON / Editora: Amazon / Valor R$: 6,99

POR UMA QUESTÃO DE AMOR – BEATRIZ CORTES

Olá, Vira Latas! Eu não me esqueci de vocês. Hoje teremos resenha da parceira do blog, Beatriz Cortes. Deixando de delongas vamos focar na resenha?

por uma questão de amor Beatriz Cortes blog qualquer coisa vira lataO livro conta a história da Lorena, uma jovem que nunca mais foi a mesma desde a morte do irmão. Ele era o seu melhor amigo e estava sendo super complicado lidar com a vida sem o Matteus ao lado. Mas a Lorena sabia que não podia continuar daquele jeito, ela começaria a faculdade de medicina na cidade do Rio de Janeiro, ela era de Angra dos Reis. Na cidade maravilhosa ela passa a ter o apoio de um grande amigo, o Dani, que logo faz questão de apresentar a Lorena aos seus amigos. E entre esses amigos temos o Nicholas, o típico mulherengo que vai se encantar pela Lorena.

Ele deu uma gargalhada espontânea e meu coração quase saltou pela boca. Saímos de lá e fomos até uma sorveteria que havia em uma ruazinha ali por perto. Compramos os sorvetes e nos sentamos para tomá-los. O tempo parecia voar quando estávamos juntos e eu nunca me senti tão completa desde que o Matteus se fora […] (Pag. 139).

 Lorena no início fará de tudo para não se envolver com o garoto. Mas mesmo sabendo que a sua família não aprovaria a jovem vai se entregar ao amor e ao lado de Nicholas vai enfrentar todos os problemas que virão pela frente.

Eu estava achando o livro bem fofinho. O Nicholas é aquele tipo de personagem que você se apaixona facilmente. A amizade da Lorena com o Dani é bem linda. A colega de quarto dela, a Letícia é gente boa. Estava tudo fluindo normalmente, até que as peças começaram a se encaixar. E sim, eu ri do nada. Quando eu descobri que esse livro é tipo um spin off do primeiro livro da Beatriz.

A Lorena é filha da Luíza e do Arthur, personagens principais de O Outro Lado da Memória. Quem leu o primeiro livro sabe que o casalzinho sofreu muito para ficar junto, e eis que nesse livro os problemas do passado voltam. Ou melhor, o Lucas, ele não superou ainda o fato de Luiza não lhe querer. E ele não medirá esforços para destruir a família da Luíza.

Eu pensei que eu fosse malvada com personagens. Mas percebi que sou um amor de pessoa. A Beatriz foi bem malvada com os seus. Para que tanto sofrimento, Beatriz? Precisava mesmo ter feito aquilo? Esse drama todo me deixou um pouco triste com a história. O livro se passa em um lugar mágico, os personagens são fofos, acho que não era preciso ter feito aquela galerinha sofrer tanto. Mas, sei que tudo teve um propósito, os escritores não colocam nada por acaso nas suas obras.

Se vocês gostam de um romance, recheado de drama, mas que prova que o amor sempre vence pode ler Por Uma Questão de Amor. Ah! Cuidado para não se apaixonar pelo Nicholas. Quem avisa amigo é.

VITRINE

POR UMA QUESTÃO DE AMOR – BEATRIZ CORTES / Editora: Novo Século / Valor: R$ 18,76 ( compre aqui)

MEU QUASE IRMÃO – MÔNICA MEIRELLES #AchadinhosDaAmazon

Olá, Vira Latas. Prontos para mais uma resenha da semana? A de hoje será sobre mais um #Achadinho da Amazon. Estou falando do livro “Meu Quase Irmão”, escrito pela Mônica Meirelles.
QUASE IRMÃOS - MONICA MEIRELLES - BLOG QUALQUER COISA VIRA LATAO livro conta a história da Laura e do Bernardo (vocês que leem Tal química sabem que eu amo esse nome). O pai de Laura é casado com a mãe de Bernardo. O garoto gato é extremamente chato. Ele é alguns anos mais novo que Laura e sempre adorou ficar provocando a menina todas as vezes que ela voltava de viagem. Laura morava em Nova York com a mãe, mas sempre passava as férias de fim de ano com o pai. Mas fazia um bom tempo que ela não voltava para casa. Da última vez que ela apareceu, Bernardo a fotografou de calcinha, a calcinha da menina era de ursinho, ela tinha quinze anos na época, e, se não me engano, o Bernardo tinha doze. A garota só faltou matar o menino e, para completar, o pai dela viu toda a cena.
Quando Laura voltou para casa ela esperava encontrar o mesmo Bernardo chato, mas não, o Bernardo tinha crescido. Estava lindo e ainda corria atrás de Laura. Mas agora ele tinha uma namorada ou ex, meio que a garota não queria aceitar o fim, e não largava do pé dele. Ela também precisava se reaproximar dos irmãos e mostrar ao seu pai que não era nenhuma criança.
O livro é bem legal, li bem rápido. Laura é uma jovem que tem absolutamente tudo planejado na sua vida. Ela fez faculdade na Inglaterra e pensa seriamente em fazer pós graduação na Inglaterra também. Mas várias coisas vão acontecer e a menina vai precisar escolher qual rumo seguir. Já o Bernardo tem um estilo bem inconsequente, mas no fundo ele é gente boa. Digamos que ele faz aquele estilo que não presta, pelo menos para a família, mas que na verdade é um menino bem responsável. Não poderia esquecer os personagens secundários, a ex namorada do Bernardo é simplesmente uma chata, mimada. Mas digamos que até ela vai melhorar ao longo da história.
Resumindo: esse livro têm vários personagens com formas de pensar bem diferente, mas que os acontecimentos do dia a dia fazem eles crescerem ao longo dos capítulos.
O que eu não gostei muito foi a forma que a escritora escolheu para escrever, o livro tem vários erros de concordância. No início pensei que tinha sido descuido, mas pelo que eu entendi essa foi uma forma de escrever, já que a Laura passou a maior parte da sua vida morando nos Estados Unidos, sendo assim, ela não tem um português excelente. Mas confesso que isso deixou a leitura confusa.
Esse é o tipo de livro para quem procura uma leitura leve e bem divertida. O livro é um spin off de A vez de Anne, que conta a história dos pais dos nosso protagonistas.

VITRINE

MEU QUASE IRMÃO – MÔNICA MEIRELLES / Editora: Amazon / Valor: R$ 8,99 (compre aqui)

O PAR PERFEITO – SHIRLEI RAMOS #AchadinhosDaAmazon

Olá, Vira Latas! Pensei muito em qual livro resenhar hoje. Não está sendo fácil essa vida de estudante de arquitetura. Mas como sabemos que SEMPRE vai ser assim, cabe a nós nos acostumarmos. Justamente por isso, pensei em resenhar um livro leve, divertido e apaixonante. Só poderia ser uma obra da Shirlei Ramos, mais precisamente “O Par Perfeito”. Falando em Shirlei Ramos, vocês já viram a entrevista que a Shirlei nos concedeu? Leiam que vocês irão amar. Mas deixando essa conversa paralela de lado, se vocês quiserem ler o que eu achei desse livro maravilhoso é só continuar acompanhando a resenha.

O PAR PERFEITO - SHIRLEI RAMOSElise é uma jovem com um grande objetivo na vida: arranjar o par perfeito. Vocês não leram errado, a menina já namorou dezenas de garotos e sempre imaginava o casamento. Vocês podem ate dizer que é normal, mas para Elisa nada era normal. Ela mal conhecia alguém e já imaginava como seria o casamento. O problema é que ela arranjava os piores namorados do mundo. Até que em um certo dia sua irmã colocou na cabeça que arranjaria o senhor perfeito para ela.

Elise morava com a irmã, com o cunhado e com a sobrinha. Desde que os seus pais morreram, a irmã de Elise foi morar com a família na casa que elas dividiam durante a infância. A irmã da Elise simplesmente esqueceu que elas eram irmãs. Ela cuida de Elise da mesma forma que cuida da sua filha pequena, a fofa da Samantha. Cansada de ver a irmã levar mais um fora, Diana organizou um jantar. Ela e o marido Talmo, que faz a linha capacho, convidaram o Roberto, um colega de trabalho e que era viúvo, e ele tinha uma filha insuportável.

Roberto era mais baixinho que Elise, ela tinha mais de um metro e oitenta. Para completar ele é um homem sem atitude nenhuma. Quem em sã consciência leva a filha para o primeiro encontro? Ainda por cima, ele sequer levou Elise em casa. A garota teve uma noite péssima e ainda precisou decidir se iria esperar o ônibus que passaria a qualquer momento ou se iria comprar uma garrafa de água em um supermercado.

No supermercado, Elise acaba escutando uma briga entre um casal. Ela acaba se sensibilizando com a cena que presenciou e, acreditem se quiser, ela pegou o e-mail do Gael, o homem que foi praticamente esculachado pela namorada. Elise prometeu que o transformaria no senhor perfeito.

O livro é bem grandinho e eu dei ótimas gargalhadas com esses personagens. Elise sempre foi muito impulsiva e indecisa. Ela nunca se decidia por uma profissão e gastava mais do que ganhava. O simples envio de um e-mail a fez criar um vinculo com Gael. Ele que era o oposto do senhor perfeito, por algum motivo também se encantou pela menina. Mas agora caberia a Elise se decidir com quem ficar e o que fazer da sua vida.

Eu amei os personagens desse livro! Como sempre, a Shirlei criou personagens que encontraríamos por aí. Indo desde a irmã neurótica, passando pelo cunhado pau mandado. Até chegar ao carinha insensível, mas que no fundo tem um coração imenso. Não poderia deixar de falar o quanto eu amei as partes em que a Samantha aparece. A menina é extremamente fofa!

Se você está procurando um romance para dar infinitas gargalhadas leiam O par perfeito! Vocês não irão se arrepender!

VITRINE

O PAR PERFEITO – SHIRLEI RAMOS / Editora: Amazon / Valor: R$ 1,99 (compre aqui)

TAG: LIVRO DE CHOCOLATE

Olá, pessoas. Trago livros XD! Apesar de que ultimamente não tenho lido tanto, resolvi fazer a tag “Livro de chocolate”, que achei lá no Teoria Criativa (post), com livros que li recentemente. É uma tag de 8 perguntas muito interessantes e gostosas, a qual espero que vocês também participem.
Como não sei escrever introduções, vamos logo ao que interessa.

tag livro de chocolate - blog qualquer coisa vira lata
.: Perguntas :.
1. Chocolate meio-amargo: um livro que cobre um tópico obscuro
Escolher um só foi meio complicado, mas como li “Carta de Amor aos Mortos” da Ava Dellaira recentemente, vou ficar com ele. É um livro lindo, muito fácil de ler e direcionado a um público jovem, porém, que trata sobre (SPOILER) a perda de pessoas queridas, tanto quando elas morrem quanto quando vão embora; abuso sexual e infantil e insegurança. Com certeza foi o livro barra pesada mais delicado que já li.

2. Chocolate branco: um livro leve e bem-humorado
Garoto Encontra Garota, da Meg Cabot, com certeza é o livro mais leve e engraçado que já li. Esse é o único que li há anos, mas como não sou muito fã do gênero comédia em livros vou ter que ficar com ele. O livro foi escrito em formato de post it, mensagens, SMS, etc., sem nenhum diálogo “ao vivo”, o que tornou tudo muito gostoso (e a história é bem fofa).

3. Chocolate ao leite: um livro que virou moda, todos falam e você está morrendo de
vontade de ler.
A Garota no Trem, Paula Hawkins. É um livro que estou esperando o filme sair para poder ler (como assim?). Tenho essa mania agora de que se eu gostar do trailer do filme, só posso ler o livro depois de vê-lo. Estranho, eu sei, mas é como diz o ditado: vamos fazer o quê?

4. Chocolate com caramelo: um livro que te fez sentir todo meloso durante a leitura.
Cem Verões, da Beatriz Williams, fez eu me apaixonar por um personagem de uma forma que nunca mais acontecera. É uma história cheia de altos e baixos, de despedidas, mas contada de um jeito simples. O mais interessante é a escrita, narrada tanto no presente quanto no passado (indico ler ouvindo a trilha sonora que a Rocco fez especialmente pro livro lá no Spotify).

5. Chocolate com wafer: um livro que te surpreendeu ultimamente.
Emília no País da Gramática, Monteiro Lobato. É isso mesmo, um livro infantil. O por quê? Simples: é que esse é um ótimo livro pra aprender e ensinar gramática. Como é recheado de personagens divertidos e uma imaginação incrível, as informações sobre a língua nos são reveladas de maneira bem legal. Indicado pra qualquer idade.

6. Chocolate com amendoim: um livro que está te fazendo surtar.
Não sei se essa pergunta era sobre um surto bom ou ruim, mas como gosto de chocolate com amendoim vou indicar um livro que gostei: Terra Sonâmbula, Mia Couto. Gente, que livro é esse? Cheio de frases incríveis em histórias geniais. Duas histórias que se cruzam, surpreendem e emocionam. Por favor, leiam esse livro, vai mudar a vida de vocês, sério!

7. Chocolate quente: um livro que te conforta.
O Último Urso-Polar, do Felix Richter, me surpreendeu. Achei que era uma coisa, mas era outra e acabei me sentindo em casa ao lê-lo. Tudo acontece bem rápido e eu definiria o livro como um real irreal. A história é bem louca (irreal), mas a escrita, a fala dos personagens e seus pensamentos são coisas que diríamos na vida real. Como não sei usar termos técnicos, essa vai ser a minha definição do livro. Ah, e a capa é linda.

8. Caixa de chocolates: uma série bem variada que você acha que pode agradar pessoasde vários gostos.
Tô lendo Harry Potter (depois de mil anos sendo a do contra) e estou entendendo seu sucesso.Não me arrependo de não tê-lo lido antes porque acredito que hoje posso ter uma dimensão maior da criatividade e engenhosidade da J. K. Rowling e, assim, saborear muito mais do que apenas a história (que já é extraordinária por si só). Mas já quero morar em Hogwarts e tudo o mais! Indicoa todos.

Espero que tenham gostado. Se quiserem me seguir: Skoob Insta =D

ENTREVISTA COM ANNE KRAUZE, ESCRITORA DE “TE DESEJO ENTRE ROSAS @ ESTRELAS

TE DESEJO ENTRE ROSA @ ESTRELAS - BLOG QUALQUER COISA VIRA LATAEla escreveu um livro que me fez dar ótimas risadas e ficar apreensiva com as confusões que a Sophie e o Bento se metiam. Amei as trocas de mensagens que o casalzinho trocou ao longo da estória e amei também como cada capítulo começava; era o rádio despertador que trazia todas as manhãs as fofocas que envolviam os famosos, inclusive o casal SoBen. Ao longo do livro eu me fiz várias perguntas de como ele tinha sido construído. Sendo assim, nada melhor do que perguntar a própria escritora como ela escreveu esse livro e é claro fazer outras perguntinhas.

Gostaria de agradecer imensamente a Anne Krauze por ter topado responder essas perguntas, e mais uma vez parabenizo pelo trabalho.

Anne: Olá! Eu que agradeço a oportunidade de mostrar um pouco deste meu universo pra vocês!

teste11°Você já foi à Austrália? Qual é a sua relação com o país? E por que você o escolheu para ser cenário do seu livro?

Anne: Nunca fui, mas tenho amigos que moram lá. Sou apaixonada pelo país. Escolhi a Austrália por ser um lugar solar e alto astral como os personagens. Eles têm um Q de brasileiros… Intensos, agitados e divertidos. Contou muito também o fator paisagens deslumbrantes e o fato de querer fugir do cenário tradicional dos livros hot como Londres, Nova York e Seatle… Procuro sempre trazer algo novo, fazer a leitora viajar e descobrir novos lugares. Assim com os All Star ( tênis), lugares exóticos são marca registrada dos meus livros kkkk.

2° Deu muito trabalho toda a pesquisa para o livro? Uma vez que você abordou diversos assuntos como a tecnologia; até mesmo assuntos pesados como tráfico humano.

Anne: A pesquisa sempre requer tempo e dedicação. E é fundamental para um livro se tornar interessante é inédito. E por ser meu primeiro livro, foi bem complexa. Me informei sobre tudo… Os lugares, pesquisei sobre os problemas reais que envolvem o trabalho de Sophie… Toda esta coisa de exploração sexual, rapto e venda de bebês, como as gangues estão envolvidas nisto tudo. Chegou um momento, que o envolvimento era tanto, que me senti mesmo na Austrália. Podia sentir o cheiro, a temperatura, o vento… Toda a minha pesquisa é muito visual então, tenho fotos e descrições de todos os lugares que uso no livro. Isto me ajuda muito na hora de escrever. Sobre o trabalho de Bento com tecnologia, inventei muitas coisas como o projeto Muralha para a NASA, as traquitanas do Josh… Porém todas as partes técnicas eu busque ajuda de especialistas. Entender como funciona esta coisa de proteção digital, espionagem… Foi muito engraçado, quando dizia que era para um livro… Os especialistas se empolgavam e me enchiam de detalhes e mais detalhes técnicos kkk. Foi muito bom, aprendi um bocado.

3° O que te levou a escrever esse livro? Você tem algum avatar especial para os personagens?

Anne: Eu sou publicitária e estava em um momento de transição na carreira. Sempre li desde petitica e devido ao meu trabalho, estou acostumada a escrever muito. Leio muito também e já não encontrava livros que me empolgassem. Então um dia pensei… Porque não escrever um livro que eu gostaria de ler? E foi assim que começou, escrevi TE DESEJO, pensando nos desejos da minha leitora interior. Sentia falta de algo inédito que fugisse do tradicional homem dominador e mocinha frágil. Queria personagens compatíveis com um amor predestinado, sem todo aquele drama. Os problemas que Bento e Sophie, meus personagens, enfrentam são provocados pelo meio em que vivem. A coisa entre os dois é mais como um amor épico cheio de romantismo, lugares paradisíacos e gestos apaixonantes, fofos , intensos e quentes. Tudo isso claro, recheado de muita ação, bom humor e drama apenas no momento em que a história exigiu isto.

Avatar – Nem todos os escritores precisam de Avatar para criar os personagens. Eu particularmente, criei Bento e Sophie antes de encontrar os meus. A personalidade, profissão, modo de agir, vestir, pensar e falar…. Seus tipos físicos foram todos imaginados. Só que um belo dia, me deparei com a foto de um belo e selvagem modelo que era a materializarão do Bento Vargas da minha imaginação. Tinha que ser ele! Costumo brincar que o avatar certo encontra você uma hora ou outra. Foi o que aconteceu comigo… E me ajudou muito no decorrer da história ter avatares para eles.

Comecei no WattPad e a plataforma é bem visual, ajuda muito a compor a história e a ambientar o leitor. Fora que é uma delicia ver fotos de um homem tão delicia e lindo. Tenho uma queda por morenos mais selvagens kkkk.

Para Bento uso o modelo – Marlon Teixeira. E a Sophie é toda a Barbara Palvin! Fofíssima.

Qualquer coisa vira lata

Todos os outros personagens também foram ganhando seus avatares.

Como os avatares a música tema do livro veio depois  e simplesmente parecia ter sido escrita pra eles. Já estava no meio do livro quando ouvi Disparo Al Corazon de Rick Martin . Quase surtei parecia o Bento narrando o primeiro encontro e o que sentiu. Como diria Bento…. Foi alucinante! Lindo, lindo.

4° Qual é o seu ritual de escrita? Quanto tempo você demorou a escrever o livro?

Anne: Escrevi o livro em três meses apesar de ser longo. Tenho um estilo de escrever meio filme, meio novela…. Uma sequência louca de fatos que dá agilidade á trama…. Só sei escrever desta forma.  E isto para mim foi bom, porque a coisa flui e quando você se dá conta, já  se envolveu na história e virou meio obsessão. Como leitora,  eu precisava que saber o que viria em seguida.

Eu escrevo sozinha e em silêncio ( só música). Preciso disto para me transportar e me conectar com a alma dos personagens. Admiro quem escreva no meio do barulho e caos, não sou assim kkkk. Mas antes existe toda uma preparação, pesquisa elaboração do roteiro…. Esta fase é fundamental pois é o esqueleto… O que vai te conduzir do início ao fim, e principalmente, dar base e coerência. O recheio vem da inspiração, sei lá … Tenho a mente criativa e hiperativa, as ideias vão brotando enquanto escrevo, aí vou incrementando e apimentando as coisas. Às vezes preciso me conter, pois me empolgo e me divirto muito escrevendo. Minha mãe que sofre… Fico contando os detalhes de tudo que imagino.

5° Quais são seus escritores favoritos?

Anne: Adoro o humor irreverente de Sophie Kinsella. ( Gosto de comédia, descobri que é a minha tendência também literária.) Mathew Quick, a inteligência do texto de O lado bom da vida. Dam Brown, pela forma como nos transporta na história. Mas leio de tudo… Dos infantis aos adultos. Sendo legal e me prendendo, estou lendo.

6° Para finalizar, você está planejando lançar novas estórias ou os próximos serão continuações do livro Te Desejo Entre Rosas @ Estrelas?

Anne: A escrita abriu um universo para extravasar a minha criatividade. Sempre tive a mente fértil desde criança, então sim! Várias histórias virão.  A continuação de TE DESEJO- Entre Rosas @ Estrelas vem sim. Está toda roteirizada e chama Eu Te Amo – Entre  Rosas @ Estrelas. Vou abordar temas como adoção, convívio e novos vilões vão dar as caras. Me surpreendi com a resposta de vendas no Amazon, primeiro lugar quase maio inteiro, e também com as avaliações só . Todas de leitores reais e avaliadores da Amazon.

Sinceramente não esperava. Apenas coloquei o livro lá… Não sabia nada de divulgação. Nem Face eu tinha sou  criada no Twitter!

Tenho um livro pronto Altitude DARK, livro 1 e 2. Ele começou na brincadeira e virou obsessão das minhas leitoras e minha. Tanto que terá direito a uma extensão em um livro 3.  O livro é muito legal, diferente, engraçado e é muito, muito quente. Conta a história de dois alpinistas intensos, malucos e teimosos. Alessandro Salvatore Bolgheri e Juliet Damaggio. E não é um livro DARK …. É comédia das boas, de rachar de rir, de passar vergonha se for ler em público, porque o riso é certo e o suor intenso. Dark, na verdade, é o apelido do personagem por causa da montanha na qual são especialistas , o K2 no Paquistão. Por isso o Altitude DARK- gosto de trocadilhos nos títulos.  Os personagens são cativantes e viciantes é grande parte da trama acontece na Itália.

Outro livro ENLAÇADOS  que aborda casamento e fama, estou publicando no Wattpad. O roqueiro Brian Pierce e a sensível Artista plástica Lilly. Esse roqueiro é um príncipe e toda a turma dele alto astral, muito intensa louca e divertida. Além de lógico, serem quentes e sem limites. Mas…. Sou suspeita né …. Acho as histórias ótimas e sou louca por elas. Kkkk

Agora tem uma surpresa…. UM AMOR DE CEO para agosto no Amazon…

E as outras histórias em fase de pesquisa e roteirização…. Acontece que é Amor e Identidade.

Ufa! Acho que é só. Espero que conheçam as minhas histórias e se divirtam , emocionem-se e apaixonem-se como eu.

Beijo no coração de vocês!

Anne

teste2

Muito obrigada por responder as perguntas para o blog Qualquer coisa vira lata. Muito sucesso na sua caminhada!

TOP 05 DE LIVROS PARA LER NAS FÉRIAS

Olá, Vira Latas! Vamos de top cinco hoje? Eu sei que muito de vocês estão de férias, a minha já acabou. Triste fim! Mas como vocês estão aproveitando as férias, nada melhor do que ler um livro legal. Pensando em ajudar vocês indicarei cinco livros leves que eu tenho certeza que vocês irão adorar.

  1. Azar o Seu, da Carol Sabar.

azar o seu - carol sabarO livro conta a estória da Beatriz (mais conhecida como Bia) ela é uma mineirinha de Juiz de Fora que resolveu morar no estado do Rio de Janeiro. Ela tinha um emprego em uma empresa estava prestes a ser promovida quando foi demitida por justa causa. Ei! Não pensem que a Bia aprontou para perder o emprego, na verdade ela foi vítima de uma armação. Sem emprego Bia decide voltar para Minas. Em certo dia ela está no trânsito do Rio de Janeiro quando ocorre um tiroteio. Ela tinha certeza que morreria, então resolveu falar sobre coisas bastante importantes da sua vida para um deus grego que desceu do seu carro e foi lhe salvar. O que a Bia não esperava era que aquele cara gato era o seu amigo Guga, o garoto que era o grande amor da sua vida, mas que tinha lhe esquecido quando foi para Londres há dez anos.

Resenha: http://qualquercoisaviralata.com.br/?s=azar+o+seu

  1. Um Amor de Cinema, da Victoria Van Tiem

tag junina 4Ao ficar noiva de Bradley, Kenzi imaginava que pela primeira vez da vida as atenções da sua família se voltariam para a preparação do casamento. Mas o que ela não esperava era que a sua cunhada ficaria grávida na mesma época. Além de ser colocada para escanteio,Kenzi pode perder o seu emprego de diretora de design, entretanto, para não ficar desempregada, ela precisa fechar um contrato importantíssimo. O que ela não esperava, era que esse contrato viria acompanhado do seu ex-namorado, e de uma lista com o título de dez filmes românticos como: Uma linda mulher, Vestida para casar entre outros.

Resenha:http://qualquercoisaviralata.com.br/2015/05/um-amor-de-cinema-victoria-van-tiem-verus-editora/

  1. No Mundo da Luna, da Carina Rissi

NO MUNDO DA LUNA - CARINA RISSIO mais novo livro da Carina Rissi conta a estória de Luna, uma jornalista recém-formada que trabalha na revista Fatos & Furos no cargo de recepcionista, isso mesmo: RECEPCIONISTA. A garota precisa aturar a ira de um chefe chato e que ainda mais não consegue decorar o seu nome, jura que a menina se chama Clara. A Fatos & Furos começa a perder seus jornalistas e finalmente a Luna terá a chance de publicar algo. Ok, estamos falando do horóscopo, uma coluna que várias pessoas dizem não acreditar, mas na maioria das vezes olham o seu signo para ver como vai ser a sua semana. Luna poderia ser uma ótima colunista, o problema é que ela não entende nada sobre o assunto. Porém, ao decorrer da estória descobrimos a relação de Luna com a cultura cigana, já que a sua avó é uma.

Resenha:http://qualquercoisaviralata.com.br/2015/04/no-mundo-da-luna-de-carina-rissi-verus-editora/

  1. Do Seu Lado, da Fernanda Saads

DO SEU LADOO livro conta a estória da Sarah uma arquiteta que trabalha em um escritório de arquitetura, um dos seus colegas de trabalho é um grande amigo da faculdade, estou falando do Igor que simplesmente é completamente apaixonado por ela, mas a garota não se da conta. Isso chega a ser irritante. Tudo ia normal na vida de Sarah, ela precisava lidar com clientes chatos e com uma super extravagante que se chama Fátima, que gente é um amor de pessoa. Até que apareceu um novo cliente, mas esse não era qualquer um, estamos falando do Bruno, o ex-namorado que a traiu. Já da para prever tudo que vai acontecer. Sarah vai precisar decidir se dará uma chance para o ex ou não.

Resenha:http://qualquercoisaviralata.com.br/2015/08/do-seu-lado-fernanda-saads-novo-conceito/

  1. Aonde Quer Que Eu Vá, da Beatriz Cortes

AONDE QUER QUE EU VÁ - beatriz cortes - qualquer coisa vira lataO livro narra à estória da Ester, uma ginasta que estar treinando freneticamente para as olimpíadas de Sydney, que ocorreram em 2000. Ester na época tinha 20 anos, mesmo treinando bastante para o seu grande momento ela sentia um vazio que não sabia muito bem explicar do que se tratava. Mas ela acabou deixando esse “problema” de lado e tentou focar apenas nas olimpíadas.

O que Ester não imaginava era que do outro lado do mundo ela conheceria a pessoa que mudaria o seu mundo para sempre. Em um baile de máscaras, cujo ela não deveria nem participar, ela conheceu o Bruno, o psicólogo mais desastrado e mais apaixonado que poderia existir.

Resenha:http://qualquercoisaviralata.com.br/2016/06/aonde-quer-que-eu-va-beatriz-cortes/

Como vocês puderam perceber todos os livros indicados tem resenha aqui no blog. Todos são comédia romântica, com exceção de Aonde Quer Que Eu Vá, da Beatriz Cortes. Mas estamos em clima de olimpíada, além disso, esse livro é lindo e merece ser lido.

Espero que vocês tenham gostado do nosso top cinco de livros para ler nas férias. Até a próxima, Vira Latas.

TE DESEJO ENTRE ROSAS @ ESTRELAS – ANNE KRAUZE (#AchadinhosdaAmazon)

TE DESEJO ENTRE ROSA @ ESTRELAS - BLOG QUALQUER COISA VIRA LATAOlá, Vira Latas. Hoje é dia de resenha e essa é bem especial( lá vem ela com esse papo de resenha especial). Como eu já disse, não tenho culpa se alguns livros mexem tanto comigo. Mas o que me levou a achar que essa resenha será especial? Quando eu comecei a ler o livro foram surgindo várias dúvidas na minha cabeça, e nada melhor do que a própria escritora, se possível, poder esclarecê-las. Foi aí que eu achei o perfil do twitter da escritora, a Anne Krauze, e elogiei o trabalho dela. Ela foi tão simpática que inclusive topou responder umas perguntas para o blog. Mas isso é assunto para outro post. Enfim, o que torna essa resenha especial é ver o amor que a escritora teve e tem ao falar sobre o seu livro.

Deixando de delongas vamos focar na resenha.

O livro de hoje se chama Te Desejo Entre Rosas @ Estrelas, ele foi escrito pela Anne Krauze e conta a estória do Bento Vargas Sanches e da Sophie Rose Miller. Os dois sempre tiveram as suas vidas ligadas; O avô de Bento era melhor amigo do avô da Sophie. As famílias enfrentaram algumas perdas: os pais de Sophie e um dos filhos e nora do patriarca da família Sanches morreram em um acidente aéreo. Sendo assim, Frederico Sanches tornou-se responsável pela pequena Sophie, que na época tinha apenas doze anos.

 A menina cresceu sem os pais, mas amor nunca faltou. Ela era a melhor amiga da Bia Sanches, que também perdeu os pais no acidente aéreo. As duas moravam com Noah, namorado de Bia, além, é claro, da Consuelo, a governanta que sempre se preocupou com o bem estar das meninas. Tudo seguia tranquilamente, Sophie dividia o seu tempo na presidência da Fundação Rose, um projeto social desenvolvido pela sua mãe e Sophie fazia questão de levar em diante. E também entre o First, o restaurante que ela e o seu melhor amigo Noah tinham aberto em Sidney. Realmente tudo estava normal… Até o dia em que Sophie precisou dar conta do local sozinha. Contudo, ela não contava que um certo moreno atraente chamaria a sua atenção a ponto de deixa-la desconcertada.

Bento Vargas, mais conhecido como Ben, era o gênio do ramo da tecnologia. Mas ele não fazia a linha “nerd” que estamos acostumados, ele se preocupava com a aparência: era malhado, moreno alto, bonito sensual… Pronto, parei! rsrs. Ele era conhecido por levar todas as suas conquistas facilmente para a cama. Sendo o típico galã dos livros. Ele achou que sua vida continuaria da mesma forma, saindo com todas as mulheres que lhe chamavam atenção e sendo o CARA número um no ramo da tecnologia. Mas desde o dia em que ele pôs os olhos em uma bela ruivinha tudo mudou.

Ben e Sophie vivem uma relação intensa. Ela realmente curte o garoto e vice versa, mas o “problema” é que ele é neto do poderoso Sanches. Se dependesse da Sophie a história dos dois não chegaria ao ponto de envolver a família, mas quem é que manda no coração?

Eu gostei muito desse livro. Dei ótimas risadas. A Sophie não é aquela típica menina frágil que sofre com as inseguranças que o galã muitas vezes fazem as mocinhas passarem. E se ela passar, ela bate de frente. A garota amadureceu cedo e não tem paciência para ficar com “mi mi mi” por causa de homem.

Outro ponto que eu amei foi a união da família, eles são super unidos. Os irmãos se preocupam uns com os outros. Não suportam ver ninguém da família mal. Eles vão até o inferno atrás de quem ousar fazer mal para algum membro da sua família. (Quando digo família estou me referindo a todos os integrantes da família Sanches, da família Miller e, é claro, dos amigos).

Vou seguir o critério que eu faço às vezes com algumas resenhas. Acho melhor eleger alguns pontos que me fizeram adorar esse livro. Assim espero não revelar nenhum spoiler. Juro que vou tentar!

  1. O livro mescla comédia e romance em vários momentos. Dei risadas com as besteiras que o Ben falava. Além da comédia, o livro tem uma pegada de ação, e põe ação nisso. E, é claro, mescla também um romance apimentado da Sophie e do Ben. Esses dois juntos são fogo.
  1.  Amei as reações que o Ben tem ao saber que o signo da Sophie é gêmeos. Ele tenta entender uma mulher desse signo, mas é muito complicado. Se você conhece uma geminiana sabe do que eu estou falando. Ah! Só para vocês não ficarem na curiosidade: o Ben é leonino.
  2. O livro tem uma história de amor fofa. O Ben não é o tipo de cara tradicional, mas o coitado tenta fazer as coisas certinhas. É que ele perde o controle quando está perto da Sophie.
  3. Lembra da ação que eu falei que o livro tem? Então, ela nos faz pensar em vários assuntos sérios que acontecem, infelizmente tão frequentemente, mas que muitas vezes passam despercebidos pela mídia: O tráfico humano. Sophie entrará em uma briga de cachorro grande contra as pessoas que praticam isso. A menina no início pensa em apenas ajudar uma criança órfã, mas ela não imaginava toda a confusão que estava por trás daquela história.
  4. Para finalizar o livro se passa na Austrália! Foi simplesmente incrível ler um livro que se passava em um lugar tão paradisíaco como aquele. A Anne não poderia escolher um lugar melhor. Tinha que ser a Austrália o cenário perfeito para a história de amor da Sophie e do Bento.

Ah! O livro, ao meu ver, é mais indicado para a galerinha maior de dezoito anos. Mas isso vai de cada um. Apesar de ser um livro com cenas sensuais, Te Desejo Entre Rosas @ Estrelas tem história. Vai fazer você dar ótimas gargalhadas e acima de tudo torcer para que o amor do casal SoBen seja mais forte do que tudo.

Super recomendo esse romance escrito por uma jovem e talentosíssima escritora. Espero ansiosamente ler os próximos livros dela. Ah! Vocês encontram Te Desejo Entre Rosas @ Estrelas na Amazon vocês não vão se arrepender.

VITRINE

TE DESEJO ENTRE ROSAS @ ESTRELAS – ANNE KRAUZE / Editora: Amazon / Valor: R$ 7,71 (Ebook) (Compre aqui)

BOOKTAG: 50% – LIVROS LIDOS NO PRIMEIRO SEMESTRE /2016

booktag - 50 por cento blog qualquer coisa vira lataOlá, Vira Latas! Vamos responder uma tag hoje? Como estamos no meio do ano, nada melhor do que falarmos um pouco sobre as nossas leituras do início do ano até agora. A tag se chama 50% e foi criada pelo canal  ReadLikeWildFire, mas foi traduzida aqui para o Brasil pelo canal Geek Freak. A tag consiste em analisar alguns livros lidos até agora de acordo com alguns tópicos. Vamos as minhas respostas.

  1. O melhor livro que você leu até agora em 2016:

Essa pergunta foi complicada porque eu li vários livros que eu adorei, MAS se teve um que eu adorei a forma que foi escrita, pois a escritora saiu da sua linha de conforto e arrasou, foi O Amor nos Tempos do Ouro, da Marina Carvalho.

  1. A melhor continuação que você leu até agora em 2016:

Sem dúvidas foi Destinado, da Carina Rissi. Amei ver todas as confusões da série Perdida pelo olhar do charmosíssimo Ian Clark.

  1. Algum lançamento do primeiro semestre que você ainda não leu, mas quer muito.

São tantos lançamentos que a falta de dinheiro não me permitiu comprar ainda. Mas vamos escolher um, e sim vou escolher Confissões de Uma Garota Excluída, Mal Amada e (um pouco) Dramática, da Thalita Rebouças.

  1. O livro mais aguardado do segundo semestre

Mais uma vez eu posso responder vários, mas irei escolher aquele que está na pré-venda e que eu estou maluca para ler. Estou me referindo ao livro Princesa das Águas, da Paula Pimenta.

  1. O livro que mais te decepcionou esse ano

Sinceramente… Acho que nenhum livro me decepcionou. Não que eu me lembre.

  1. O livro que mais te surpreendeu esse ano.

Um livro que me surpreendeu positivamente foi Aonde Quer Que Eu Vá, da Beatriz Cortes. Chorei litros.

  1. Novo autor favorito (que lançou seu primeiro livro nesse semestre, ou que você conheceu recentemente).

Comecei a ler os livros da Gisele Souza esse ano e estou adorando as aventuras da família Petri e da família Bonatti.

  1. A sua quedinha por personagem fictício mais recente.

Meu último crush literário foi o Josh do livro Isla e o Final Feliz.

  1. Seu personagem favorito mais recente.

A minha personagem favorita é a Cécile Lavigne de Amor Nos Tempos do Ouro.

  1. Um livro que te fez chorar nesse primeiro semestre.

É claro que esse título só poderia ser dado ao Aonde Quer Que Eu Vá, da Beatriz Cortes.

  1. Um livro que te deixou feliz nesse primeiro semestre.

Isla e o Final Feliz, da Stephanie Perkins. É um livro tão, mais tão fofo!

  1. Melhor adaptação cinematográfica de um livro que você assistiu até agora, em 2016

Como Eu Era Antes de Você. Amei o filme!

  1. Sua resenha favorita desse primeiro semestre (escrita ou em vídeo).

Aonde Quer Que Eu Vá, da Beatriz Cortes, foi a resenha que mais mexeu comigo.

  1. O livro mais bonito que você comprou ou ganhou esse ano

Blackbird, da Anna Carey. As folhas são rosa.

  1. Quais livros você precisa ou quer muito ler até o final do ano?

Vou colocar só alguns porque sempre surgirão novos na lista. Mas os que eu lembro agora são Princesa das Águas, de Confissões de Uma Garota Excluída, Mal Amada e (um pouco) Dramática. A Coroa, A Menina dos Olhos Molhados – todos que a Paula Pimenta lançar – e a Mentira Perfeita.

Espero que vocês tenham gostado da tag e compartilhem com a gente quais livros vocês leram e quais vocês estão loucos para ler.