[REFLEXÃO] NO FUNDO DO MEU QUINTAL

[REFLEXÃO] NO FUNDO DO MEU QUINTAL
Olhei para o fundo do meu quintal e percebi que lá tem de tudo:
Tem a bicicleta, a infância, a inocência.
Tem o usado, o jogado e o desgastado.
Tem também o passado, surrado, rejeitado.
Tem o que me faz sorrir e o que já não mais quis.
Tem o guardado para ser lembrado e o que não consegue ser abandonado.
Tem o desejo passageiro e o organizado desajeitado.
Tem o querer, o viver e desfazer.
Olhei para o fundo do meu coração e percebi que lá tem de tudo
Alef Jordi

Alef Jordi

Estudante de Letras, criador do blog Qualquer Coisa Vira-lata, Potterhead assumido e um sonhador sem limites. Sonha em publicar um livro antes dos 30. E ama promover ações sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.