Categoria: livros

TOP 3: CONTOS DA AMAZON

Vira latas, eu já falei para vocês várias vezes como está a minha rotina de estudante de arquitetura. Mas se tem uma coisa que eu não abro mão, mesmo com a correria é ler. Às vezes é bem complicado ler um livro de centenas de páginas, mas os contos conseguem cumprir o papel de nos prender em uma boa aventura, além de ser curtinho. Hoje resolvi indicar para vocês três contos que eu li em meio ao caos da faculdade.

DICAS E METAS LITERÁRIAS

dicas-e-metas LITERÁRIAS BLOG QUALQUER COISA VIRA LATAOlá, Vira latas! Eu estava fazendo as contas de quantos livros eu li em 2016, e fiquei pasma ao descobrir que foram 52 livros. A grande maioria foram e-books, ôh coisinha para viciar. Sou tão viciada neles que resolvi fazer um post “dois em um”. Vou indicar cinco e-books que eu li esse ano e adorei! E vou falar dez e-books que eu tenho no meu aplicativo do kindle e pretendo ler.

LIVROS: + POR –

Sempre vejo muita gente reclamando que não consegue encontrar livro X, que o livro Y está muito caro, que as livrarias são cheias, que não compram livros ou não leem muito por causa dos preços altos dos livros. Foi pensando nisso que resolvi dividir com vocês as dicas que uso na hora de comprar um livro e que tem me feito não só ler mais como a encher e completar minha estante. Esse post é pra você que quer aprender algumas estratégias pra sair comprando mais por menos.

Na minha concepção, quem gosta de ler não faz muita questão de ler um livro físico, um ebook, um livro novo ou velho. Quem gosta de ler, lê! Pois bem. Para quem não tem problemas com nenhum desses fatores, vou falar um pouco sobre preços, sites, e outras coisas que me ajudam muito na hora de achar o melhor valor mais barato e as melhores edições. Lembrando que tudo aqui se baseia na minha experiência pessoal e que talvez te ajude de alguma forma.

TOP 05 DE LIVROS PARA LER NAS FÉRIAS

Olá, Vira Latas! Vamos de top cinco hoje? Eu sei que muito de vocês estão de férias, a minha já acabou. Triste fim! Mas como vocês estão aproveitando as férias, nada melhor do que ler um livro legal. Pensando em ajudar vocês indicarei cinco livros leves que eu tenho certeza que vocês irão adorar.

  1. Azar o Seu, da Carol Sabar.

azar o seu - carol sabarO livro conta a estória da Beatriz (mais conhecida como Bia) ela é uma mineirinha de Juiz de Fora que resolveu morar no estado do Rio de Janeiro. Ela tinha um emprego em uma empresa estava prestes a ser promovida quando foi demitida por justa causa. Ei! Não pensem que a Bia aprontou para perder o emprego, na verdade ela foi vítima de uma armação. Sem emprego Bia decide voltar para Minas. Em certo dia ela está no trânsito do Rio de Janeiro quando ocorre um tiroteio. Ela tinha certeza que morreria, então resolveu falar sobre coisas bastante importantes da sua vida para um deus grego que desceu do seu carro e foi lhe salvar. O que a Bia não esperava era que aquele cara gato era o seu amigo Guga, o garoto que era o grande amor da sua vida, mas que tinha lhe esquecido quando foi para Londres há dez anos.

Resenha: http://qualquercoisaviralata.com.br/?s=azar+o+seu

  1. Um Amor de Cinema, da Victoria Van Tiem

tag junina 4Ao ficar noiva de Bradley, Kenzi imaginava que pela primeira vez da vida as atenções da sua família se voltariam para a preparação do casamento. Mas o que ela não esperava era que a sua cunhada ficaria grávida na mesma época. Além de ser colocada para escanteio,Kenzi pode perder o seu emprego de diretora de design, entretanto, para não ficar desempregada, ela precisa fechar um contrato importantíssimo. O que ela não esperava, era que esse contrato viria acompanhado do seu ex-namorado, e de uma lista com o título de dez filmes românticos como: Uma linda mulher, Vestida para casar entre outros.

Resenha:http://qualquercoisaviralata.com.br/2015/05/um-amor-de-cinema-victoria-van-tiem-verus-editora/

  1. No Mundo da Luna, da Carina Rissi

NO MUNDO DA LUNA - CARINA RISSIO mais novo livro da Carina Rissi conta a estória de Luna, uma jornalista recém-formada que trabalha na revista Fatos & Furos no cargo de recepcionista, isso mesmo: RECEPCIONISTA. A garota precisa aturar a ira de um chefe chato e que ainda mais não consegue decorar o seu nome, jura que a menina se chama Clara. A Fatos & Furos começa a perder seus jornalistas e finalmente a Luna terá a chance de publicar algo. Ok, estamos falando do horóscopo, uma coluna que várias pessoas dizem não acreditar, mas na maioria das vezes olham o seu signo para ver como vai ser a sua semana. Luna poderia ser uma ótima colunista, o problema é que ela não entende nada sobre o assunto. Porém, ao decorrer da estória descobrimos a relação de Luna com a cultura cigana, já que a sua avó é uma.

Resenha:http://qualquercoisaviralata.com.br/2015/04/no-mundo-da-luna-de-carina-rissi-verus-editora/

  1. Do Seu Lado, da Fernanda Saads

DO SEU LADOO livro conta a estória da Sarah uma arquiteta que trabalha em um escritório de arquitetura, um dos seus colegas de trabalho é um grande amigo da faculdade, estou falando do Igor que simplesmente é completamente apaixonado por ela, mas a garota não se da conta. Isso chega a ser irritante. Tudo ia normal na vida de Sarah, ela precisava lidar com clientes chatos e com uma super extravagante que se chama Fátima, que gente é um amor de pessoa. Até que apareceu um novo cliente, mas esse não era qualquer um, estamos falando do Bruno, o ex-namorado que a traiu. Já da para prever tudo que vai acontecer. Sarah vai precisar decidir se dará uma chance para o ex ou não.

Resenha:http://qualquercoisaviralata.com.br/2015/08/do-seu-lado-fernanda-saads-novo-conceito/

  1. Aonde Quer Que Eu Vá, da Beatriz Cortes

AONDE QUER QUE EU VÁ - beatriz cortes - qualquer coisa vira lataO livro narra à estória da Ester, uma ginasta que estar treinando freneticamente para as olimpíadas de Sydney, que ocorreram em 2000. Ester na época tinha 20 anos, mesmo treinando bastante para o seu grande momento ela sentia um vazio que não sabia muito bem explicar do que se tratava. Mas ela acabou deixando esse “problema” de lado e tentou focar apenas nas olimpíadas.

O que Ester não imaginava era que do outro lado do mundo ela conheceria a pessoa que mudaria o seu mundo para sempre. Em um baile de máscaras, cujo ela não deveria nem participar, ela conheceu o Bruno, o psicólogo mais desastrado e mais apaixonado que poderia existir.

Resenha:http://qualquercoisaviralata.com.br/2016/06/aonde-quer-que-eu-va-beatriz-cortes/

Como vocês puderam perceber todos os livros indicados tem resenha aqui no blog. Todos são comédia romântica, com exceção de Aonde Quer Que Eu Vá, da Beatriz Cortes. Mas estamos em clima de olimpíada, além disso, esse livro é lindo e merece ser lido.

Espero que vocês tenham gostado do nosso top cinco de livros para ler nas férias. Até a próxima, Vira Latas.

UM PAPO COM A AUTORA BEATRIZ CORTES

Olá, Vira Latas. Hoje trouxemos um post super especial. Fizemos um rápido bate-papo com a autora Beatriz Cortes. Ela já lançou três livros físicos: Aonde Quer Que Eu Vá, Por Uma Questão de Amor e O Outro Lado da Memória. E um ebook (whattpad): Meu Doce Azar. Teremos resenha de todos eles em breve aqui no blog. Ler já é um amorzinho, mas ler de autor nacional deixa o clima ainda melhor.

Beatriz tem 22 anos, bailarina, estudante de Psicologia e uma contadora de histórias por amor. Então se liga nas perguntas que fizemos a ela sobre seu processo de escrita e sua experiência com a literatura.

beatriz cortez

1º_ Qual foi a sua primeira experiência como leitora? O primeiro livro que despertou o interesse e/ou que te marcou?
Minha primeira experiência foi com gibis. Eu adorava e passava hoooooras lendo e relendo! Amava. O livro que mais me marcou e despertou interesse foi Madame Bovary, um clássico da literatura francesa do Gustav Flaubert. É meu livro preferido até hoje.

2º_ E como foi sua primeira experiência como escritora? Tipo, Seu primeiro texto que despertou o desejo de ser uma contadora de histórias fantásticas como vemos em seus 3 livros?

Minha primeira experiência foi O outro lado da memória. Só o publiquei anos depois, claro, mas ele foi meu primeiro trabalho com a escrita. É visível no livro que eu ainda não tinha experiência e, por mais que eu tenha o reescrito, ainda é bastante adolescente. Mas o publiquei exatamente para esse público. Acho que a literatura é a melhor forma de se tocar o coração de alguém.

3º_ Como se dá o seu processo de escrita? Tipo, você é aquela autora que escreve com uma playlist ao lado, precisa viajar pra ter inspiração? Como você desenvolve sua escrita criativa?

Eu não tenho um horário ou momento específico para ter inspiração. Adoro uma playlist e ela varia do estilo de livro que estou escrevendo. Claro, no meu caso, a maioria é bem dramática e romântica rsrs. Eu gosto de escrever a noite, sem barulho, onde posso me concentrar em algo. Existem dias que escrevo várias páginas seguidas, outros, não consigo nenhuma. Depende muito. Não me preocupo. Tento relaxar e aproveitar toda e qualquer inspiração.

4º_ Quais são os autores nacionais que você mais gosta e se inspira?

Poderia citar vários, mas os meus preferidos são: atuais como Samanta Holtz e Adriana Brazil, e clássicos como Machado de Assis, estou sempre relendo e procurando inspiração com boas leituras.

5º_ Agora o que todo mundo quer saber: depois do último lançamento do livro “Aonde Quer Que Eu Vá” já tem personagem zumbindo em seus ouvidos – ahahaha- , ou seja, já tem história nova querendo ser escrita? Ah,e com qual personagem de seus livros você se acha mais parecida?

Meu próximo lançamento será um chick-lit, que já está pronto e estou trabalhando na sua continuação. Ele está disponível no wattpad por enquanto, mas sairá o físico em breve. Chama-se Meu doce azar. A personagem com quem mais me pareço é a Ester, de Aonde quer que eu vá. Acho que Ester tem muito da minha resiliência, minha vontade de que dê certo e perseverança. Por pior que esteja a situação, respiro fundo e penso que o melhor ainda está por vir.

Ela é uma fofa e super simpática, não é mesmo? Espero que vocês tenham gostado da entrevista. E não deixem de conferir os livros.

VITRINE

AONDE QUER QUE EU VÁ – BEATIZ CORTES / Editora: Novo Século / Valor: R$ 31,90 ( Compre aqui pela Amazon)

POR UMA QUESTÃO DE AMOR – BEATRIZ CORTES / Editora: Novo Século / Valor: R$ 22,49 ( Compre aqui pela Amazon)

O OUTRO LADO DA MEMÓRIA – BEATRIZ CORTES / Editora: Novo Século / Valor: R$ 22,49 ( Compre aqui pela Amazon)

*Os preços podem sofrer alterações

 

MINHAS CAPAS DE LIVROS PREFERIDAS – PARTE II

Navegando pela internet, eis que encontro este maravilhoso site com este maravilhoso post (aqui) Fiquei encantada pela ideia e resolvi fazer o mesmo, afinal, quem não tem suas capas favoritas em casa? Pensando que seria muito difícil escolher só dez (e foi!), fiz uma seleção com 14 e um bônus (hahaha) para vocês, mas para não ficar um post gigante, vou dividir em 2( Primeira parte: aqui). Confesso que não li todos, mas essa não é a questão, então não me julguem, por favor. Espero que gostem e se inspirem (ah, e desculpem a qualidade da pobre câmera do meu celular).

A REVOLUÇÃO DOS BICHOSA Revolução dos Bichos – George Orwell
A primeira vez que li este livro foi emprestado de um amigo. Já li esse livro umas três vezes (detalhe: eu não repito livro), amo a história. Essa capa colorida e descontraída me fez querer ler esse livro. Adoro a fonte da capa também, ou seja, um livro amorzinho <3

O Triste Fim do Pequeno Menino Ostra e Outras Histórias – Tim Burton
Esse livro é perfeito, sem mas. Adoro não só a capa como os desenhos do Tim Burton. Achei que essa capa ficou tudo a ver com o universo dentro do livro.

On The Road – Jack Kerouac
A bíblia beat não faz a minha cabeça e nem me conquistou, foi um sacrifico terminar esse livro. Acho que eu estava desconectada com a obra na época. Mas isso não impede que eu ache a capa sensacional. A mistura dos elementos me ganha.

CLUBE DA LUTAClube da Luta – Chuck Palahniuk
Esse livro é genial demais! Adoro essa capa com o sabão e o sangue que parece saltar do livro. As letras do títulos estão em alto relevo, o que dá a sensação de que a barra de sabão é real. Capa genial também. Comprei por 14,90 na Amazon.

Garota, Interrompida – SusannaKaysen
O filme é o meu preferido, e o livro também é ótimo. Adoro o rosa gritante da capa e o preto e rosa do título na lombada. É uma capa simples, mas que me conquista pelo grito do rosa que soa falso, e o rasgo que saí dele de uma garota interrompida. Comprei por 14,90 na Saraiva.

Hitler, retrato de uma tirania – Fernando Jorge
Sou fascinada pela Segunda Guerra. Amo a foto central que parece saltar (só ela é envernizada), e o resto do livro fosco e embaçado.

HOMOSSEXUALIDADEHomossexualidade: da opressão à libertação – Hiro Okita
Esse livro não é literatura, mas não poderia ficar de fora da lista. Olha essa capa colorida, gente! Comprei em um congresso e custou 10 reais.

BÔNUS
Cem Verões – Beatriz Williams
Apesar do preto do Kindle, que foi por onde li o livro, essa capa é linda demais. Não sou de romances, mas esse aqui me conquistou, ele tem uma história linda. Só fui ler porque essa capa me tirou o fôlego.


Espero que vocês tenham gostado, e quem quiser me adicionar no Skoob (Aqui).
Ah, e comentem aqui quais são suas capas preferidas.
Até a próxima =D

MINHAS CAPAS DE LIVROS PREFERIDAS – PARTE I

Navegando pela internet, eis que encontro este maravilhoso site com este maravilhoso post (aqui) Fiquei encantada pela ideia e resolvi fazer o mesmo, afinal, quem não tem suas capas favoritas em casa? Pensando que seria muito difícil escolher só dez (e foi!), fiz uma seleção com 14 e um bônus (hahaha) para vocês, mas para não ficar um post gigante, vou dividir em 2. Confesso que não li todos, mas essa não é a questão, então não me julguem, por favor. Espero que gostem e se inspirem (ah, e desculpem a qualidade da pobre câmera do meu celular).

MINHAS CAPAS PREFERIDAS

A Cabana – William P. Young

Eu já li esse livro, acho que em 2009/2010, e gostei muito! Esse aqui da foto é novinho (por isso o plástico), porque o meu outro está “emprestado” até hoje =[ Adoro essa capa, o título é em alto relevo, e tem um brilho maior do que o resto das letras, isso me fascina muito <3 Comprei por 6 reais na Amazon.

Os Contos de Beedle, o Bardo – J. K. Rowling
Confesso que nunca li Harry Potter (mas está na minha lista de leitura), porém, desde que vi o lançamento desse l ivro fiquei com muita vontade de lê-lo, pois ele é muito lindo. Parece ser capa dura, mas a verdade é que é de um material bem molinho, apesar disso, gostei dessa falsa impressão.O que me conquista nele é o azul envelhecido. Esse livro, acredito que comprei na Saraiva, por 8,99.

A Volta ao Mundo em Oitenta Dia – Júlio Verne
Eu amo, amo, amo, o Júlio Verne, tenho muitos livros dele (ler que é bom…) e confesso que sou apaixonada por essa coleção. Escolhi esse livro (tenho mais 2 títulos da mesma coleção) porque eu amei a mistura das cores, acho que todos esses detalhes em dourado acentuou muito com o vermelho. E o livro ainda é capa dura. Comprei na Bienal de 2015 por 20 reais.

24

A Garota no Trem – Paula Hawkins

Esse aqui tinha acabado de chegar quando escrevi esse post. Tive que incluí-lo porque eu o comprei justamente pela capa. A história parece ser muito boa, mas olha essa capa, toda sombria e com o titulo em alto relevo e cor de sangue, como não se apaixonar? Comprei na última promoção da Saraiva, Leve 3 pague 2. Ele custava 19,90, mas por causa da promoção não paguei “nada” por ele.

Queria Ver Você Feliz – Adriana Falcão

Esse livro é a coisa mais linda do mundo. A história é muito fofa. Acho que é o livro mais lindo que já vi, mas infelizmente a foto não pode fazer jus =[ A sensação que passa é de que
todos esses detalhes de caneta foram realmente feitos a mão, é incrível! A combinação laranja + azul caneta foi perfeita. Comprei por 9 reais na Amazon.

Laranja Mecânica – Anthony Burgess

Ainda não li esse livro (olha o plásticooo), mas quero muito. Mais uma vez o laranja me apaixona. Eu queria a versão da caveira na capa, mas não consegui. Porém, essa aqui não fica muito atrás no quesito beleza. A fonte, as cores, tudo ficou muito bem casado, viu? Comprei por 12 reais na Amazon.

Como Ter uma Vida Normal Sendo Louca – Camila Fremder e Jana Rosa

Esse livro… como eu ri com esse livro… Não faz muito meu estilo, mas a “auto-ajuda” as avessas da Camila e da Jana te tira gargalhadas. Comprei porque adorei a capa toda rabiscada e rebelde, desconstruindo a personagem. Custou 9 reais na Saraiva.

Espero que vocês tenham gostado, e quem quiser me adicionar no Skoob (Aqui).
Fiquem ligados na parte 2.
Até a próxima =D

A MENINA JOAQUINA: A MIUDEZA DAS COISAS – MEU PRIMEIRO CONTO

Faltam pouco dias para acabar o ano. Muitas coisas aconteceram, muitos acertos e erros, mas muito aprendizado também. Foram dias difíceis, mas foi muito bom viver tudo isso. Foi realmente um ano de renovação e onde os sonhos perdidos renasceram. Finalmente me dediquei ao blog, que sempre foi um sonho. E entre sonhos e sonhos eis que tenho o maior prazer de estar fazendo esse post agora. Quem me acompanha nas redes sociais já está cansado de me ver falar sobre isso, mas eu ainda não tinha feito o lançamento oficial aqui no blog.

face-joaquina

Em comemoração ao Natal, eu publiquei meu primeiro conto pela Amazon. Vocês lembram da menina Joaquina? Depois de meses sem textos dela aqui no blog , eis que ela surgi em um  conto emocionante. Felicidade é o que me define. Para alguns pode ser uma simples coisa, mas para mim é o princípio de coisas maiores que podem acontecer. Ela surgiu do nada, simplesmente comecei a escrever sobre uma menina que tem um coração incrível e consegue enxergar coisas que muitas vezes eu nunca parei para pensar. Eu escrevo, mas sou o que mais aprende. Não tenho como explicar essa relação. De conto em conto fui me apaixonando tanto que em alguns momentos não consigo diferenciar a Joaquina do conto com a realidade. E como presente de Natal, eis que surge esse conto maravilhoso para salientar qual o verdadeiro sentido da vida e como as pequenas coisas podem nos mostrar qual o caminho certo a seguir.

SINOPSE


Sonhando acordada muito mais do que dormindo. Ela consegue ver o essencial da vida, ainda que não saiba disso. A menina Joaquina ama e consegue ser infinita em suas descobertas, erros e acertos e, para ela, isso basta. E agora ela terá que descobrir como é ser luz em meio à escuridão. O que é a miudeza da vida?


Livro: A Menina Joaquina: A Miudeza das Coisas

Autor: Alef J. Marinho

Páginas: 22

Editora: Amazon Kindle

Valor: R$ 3,98

Skoob: A Menina Joaquina    ( marque como lindo <3)

*Até 25/12/15 o conto estará gratuito no site

TAL QUÍMICA

Oi, gente! Tudo ótimo com vocês? Hoje o nosso bate-papo será diferente, vamos falar sobre sonhos. Eu amo sonhar. Não sei se isso é mal de taurina (Será?). Eu também amo escrever. Sério! Já perdi as contas de quantas estórias eu comecei, mas não terminei. Foi graças as minhas divas Thalita Rebouças e Paula Pimenta que eu resolvi dar mais valor para o que eu escrevia. Elas sempre deram muitos conselhos para os seus leitores que sonhavam em ser escritores. A Paula sempre diz que temos que escrever aquilo que queríamos ler. E foi isso que eu fiz.

Não que eu queira ser exclusivamente escritora. Não vejo a hora de começar as minhas aulas de arquitetura. Mas confesso que amaria ver alguém lendo e elogiando o meu livro. Pensando nesses meus dois amores, eu resolvi escrever um livro que conta a estória de uma estudante de arquitetura que ama loucamente os seus amigos e que conhecerá um carinha muito gato.

Eu vou logo avisando, não pretendo publicar tudo no WATTPAD. Tenho medo de que roubem a minha estória. Mas pretendo publicar pela Amazon no ano que vem. Postar alguns capítulos no WATTPAD (serão onze no total) fará com que eu tenha mais confiança de dividir os meus textos com vocês, e quem sabe ano que vem eu publique mais contos aqui no blog. Vou confessar que terá um conto bem divertido de Tal Química, sim! Tal Química é o nome do meu livro. O livro que me fez depositar quase seis meses (ou mais) do meu tempo para criar uma estória linda que me marcou profundamente. Se vocês tiverem os melhores amigos do mundo como eu tenho, tenho certeza que vocês irão se identificar com a estória. Se não for pedir muito vão até a minha página do WATTPAD e se divirtam um pouco com a Isa e com os seus amigos. Espero que vocês gostem!!

tal química

 SINOPSE – TAL QUÍMICA

Aos vinte anos queremos apenas aproveitar a faculdade, a família, os amigos e principalmente o namorado. Mas para a Isa este último item não fazia mais parte da sua vida. Sem dúvidas ela ariscaria da sua lista a palavra namoro, pelo menos durante um bom tempo. Afinal de contas nunca é fácil ser traída. Isa decide focar cada segundo do seu tempo em ser a estudante mais dedicada de arquitetura da Federal de Alagoas. Aproveitar sua sobrinha linda, a Bianquinha, e os sobrinhos gêmeos que a qualquer momento irão nascer. Ah! Ela também decide aproveitar mais ainda a família o grupo de amigos mais animados do mundo, é claro que só poderia ser a Marcela, a Alice, a Cecília, a Vic e o Gael. Mas e se novos amigos aparecerem na sua vida? E se um desses amigos torcer pelo mesmo time que ela? E se esse amigo amar a mesma banda que ela? E se ele tiver os olhos verdes intensos mais apaixonantes do mundo? A missão de Isa será não cair nas armadilhas dos “e se”, mas será que dará certo? É claro que ela descobrirá tudo o que ocorrerá acompanhada dos melhores amigos que alguém poderia ter.

 LEIA OS 11 PRIMEIROS CAPÍTULOS NO WATTPAD

3 MANEIRAS DE ORGANIZAR E CUIDAR DOS SEUS LIVROS

Oi, pessoas! Ontem a Shirlya, a nossa autora aqui do blog, me mandou um link e disse que era interessante compartilhar com vocês. E eu super concordei. Ela me mandou um vídeo onde uma menina ensina a fazer um organizador para livros. E como eu já tinha assistido alguns vídeos ensinado tanto a organizá-los como a conservá-los, fiz essa lista pra vocês.

AH, e se vocês souberem outras maneiras deixa aqui nos comentários, certo?

Como criar caixas para organizar:

Como limpar:

MÊS DO HORROR: 04 LIVROS ASSUSTADORES

A COISA E O EXORCÍSTA

Livro – It: A Coisa

Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e… do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry.
Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em It : A Coisa, clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.

Livro – O Exorcista

Edição comemorativa aos 40 anos do livro em 2012 e 40 do filme em 2013.
Quatro décadas após chocar o mundo inteiro, a obra de terror de William Peter Blatty permanece uma metáfora moderna do combate entre a fé e o profano na forma de um dos romances mais macabros já escritos.

o demonologista e a mulher de preto

Livro – A Mulher de Preto

Arthur Kipps, um jovem advogado, é chamado para acompanhar o funeral da Sra. Alice Drablow, a única moradora da Casa do Brejo da Enguia, localizada em uma região remota da Inglaterra.
Enquanto trabalha na isolada propriedade, Kipps descobre trágicos segredos ocultados por suas janelas fechadas.
Ao vislumbrar uma jovem e sofrida mulher vestida de preto, uma arrepiante sensação de desconforto começa a tomar conta dele, um sentimento que cresce com a relutância dos moradores locais em falar sobre a estranha figura e seu terrível propósito.

Livro – O Demonologista

“A maior astúcia do Diabo é nos convencer de que ele não existe”, escreveu o poeta francês Charles Baudelaire. Já a grande astúcia de Andrew Pyper, autor de O DEMONOLOGISTA (DarkSide® Books, 2015), é fazer até o mais cético dos leitores duvidar de suas certezas. E, se possível, evitar caminhos mal-iluminados.

O personagem que dá título ao best-seller internacional é David Ullman, renomado professor da Universidade de Columbia, especializado na figura literária do Diabo – principalmente na obra-prima de John Milton, Paraíso Perdido. Para David, o Anjo Caído é apenas um ser mitológico.

Ao aceitar um convite para testemunhar um suposto fenômeno sobrenatural em Veneza, David começa a ter motivos pessoais para mudar de opinião. O que seria apenas um boa desculpa para tirar férias na Itália com sua filha de 12 anos se transforma em uma jornada assustadora aos recantos mais sombrios da alma.

Enquanto corre contra o tempo, David precisa decifrar pistas escondidas no clássico Paraíso Perdido, e usar tudo o que aprendeu para enfrentar O Inominável e salvar sua filha do Inferno.

O QUE OS LIVROS NOS ENSINAM X O QUE PRATICAMOS

– Esse livro é perfeito!

– Por quê?

– Ele nos faz entender  a complexidade do ser humano. Tipo, mesmo que você não passe por essa situação, mas agora você entende melhor as pessoas que passam e sentem isso que esse personagem sofre.

 


o que os livros nos ensinam

O poder da Literatura de fazer com que nós fiquemos emocionados é extraordinariamente incrível. Assim como a música, um bom filme, uma peça de teatro, etc. Da Arte em geral, certo? E talvez esse seja o principal motivo para consumirmos tanto a Arte. Temos a necessidade de nos emocionarmos e refletirmos sobre as problemáticas que norteiam a vida.

Quando um professor incentiva o seu aluno à leitura, justifica que, ao lermos, somos capazes de desenvolver nossa criticidade, nossa imaginação, aprendermos “n” coisas importantes para nossa vida, entre outros motivos. Quando alguém indica um livro a um colega, por exemplo, em quase totalidade das vezes, ele gostou e, de alguma forma, marcou-o por se identificar com algum fato do livrou ou não. Mas o ponto no qual quero chegar aqui é acerca do que estamos aprendendo com os livros e se de fato esse aprendizado está sendo praticado em nossas relações com o outro.

Mas, para poder trazer esse questionamento para vocês, eu tenho que me questionar primeiramente. Esses dias vi a postagem de um colega no Facebook e, de maneira automática, fiquei me questionando se aquele meu colega tinha algum problema psicológico. Não por aquele post em específico, mas por uma série de fatos anteriores que me levaram a refletir sobre isso. E eu pensei como ele era sozinho e como ele fantasiava as coisas para parecer tudo bem , etc. Só que, de maneira muito mais automática, eu quis ignorar o fato e rolar a página para outros posts que me interessassem mais.

E foi aí que “LFNLSKFJSLFJ” minha cabeça deu um sinal de que algo estava errado. Com aquele pensamento sobre o post do meu colega eu lembrei imediatamente do livro “Por Lugares Incríveis”. Um livro com o qual eu me emocionei, chorei e passei uma semana de BAD, pois é um livro maravilhoso que nos ensina a não julgar as pessoas, mas tentar descobrir o quão maravilhoso pode ser o mundo dela. Que tanto o descolado ou o largado ou o da primeira banca ou o da última banca são incrivelmente singulares. E esse era o melhor momento de usar a experiência de leitura para entender melhor o meu colega, concordam?

Por que o que tenho aprendido com os livros é tão difícil de pôr em prática?

Eu não sei responder agora, mas espero realmente conseguir em algum momento. Ou até sei, mas não quero admitir por ser triste demais.  Entretanto, o fato de esse meu questionamento vir à tona já é um passo para chegar em minha resposta, pois só questionamos aquilo que causa um estranhamento em nós mesmos.

Os livros nos têm ensinado a ser fortes, a não desistir de nossos sonhos, a ter fé, a ter coragem, a ter gentileza e a olhar para o outro como igualmente singular. Quando vamos começar a pôr em práticas as lágrimas, as emoções e as reflexões que eles nos proporcionam?

POR QUE PUBLICAR SEU LIVRO DE FORMA INDEPENDENTE É SUPER VÁLIDO?

tumblr_mkdu91zh9X1rhjyfjo1_500_large

Esses dias eu estava conversando com a Samila – a Maravilha de pessoa que faz as resenhas para o blog e que além disso é minha prima – sobre ser válido ou não publicar um livro de maneira independente. Minha maior preocupação em lançar um livro sem de fato ter o “interesse” de uma editora é não conseguir alcançar o público alvo, ou seja, não conseguir fazer uma divulgação adequada, pois é óbvio que além  da preocupação de escrever um livro e publica-lo nós teremos que nos preocupar com o marketing e todas as outras questões que norteiam a publicação e a venda de livros. E para quem nunca fez isso é realmente tudo muito assustador. Concordam?

Quem já leu a minha descrição no lado direito do blog, sabe que um dos meus grandes desejos é lançar um livro antes dos trinta anos – Não me perguntem porque escolhi essa idade, pois eu também não sei. rs – E me faço vários questionamentos como esse. Então saio na internet procurando textos, comentários, alguma coisa que me oriente nessa questão. Há quem critique severamente pessoas que paguem para ter seus livros publicados, e há também outros que super apoiam a decisão.

Uma informação muito importante que eu não sabia, mas minha prima me contou, é que, segundo o Amazon, em torno de 40% dos livros mais vendidos do site são de escritores independentes, e que muitos deles acabam chamando a atenção de grandes editoras aqui do Brasil. Isso é fantástico!!

É fato que o mundo literário estar mudando, assim como tudo, né? E cada vez mais os E-Book estão ganhando seu lugar ao sol. Confesso que eu tinha meio que uma cisma com livros eletrônicos, porque ter que ler no computador é terrível  e eu ainda, infelizmente, não tenho meu Kindle – pense num aparelho caro! -, mas confesso que de uns dias pra cá,  me aventurei em ler um conto pelo leitor para PC ( Kindle) da Amazon. O que eu quero dizer é que a Amazon tá sendo uma grande parceira para quem quer começar a publicar seus texto, e porque não fazer isso, primeiramente, na forma digital? E um dos grandes motivos é o baixo custo para a publicação que, neste caso, é zero. Já que em forma física custa bastante caro para quem é desprovido de riquezas materiais assim como eu. rsrs E você além de publicar sem nenhum custo, ainda pode faturar um grana para investir em seu próximo lançamento, quem sabe?

Gente, só pra grau de informação, esse post não é publicitário. Mas eu acho sempre muito válido compartilhar essas coisas que acho interessante com vocês.

Ah, se o seu sonho é espalhar seus mundos/histórias pelo mundo afora: sonhe alto e faça acontecer!

E, se assim como eu, você também tá nesse processo de pesquisa sobre esse mundo editorial, deixe suas dicas ou dúvidas aqui no comentários que eu leio tudinho, certo?

Beijos e abraços!

DESEJOS/LANÇAMENTOS LITERÁRIOS DE SETEMBRO

LIVROS: LANÇAMENTOS DE SETEMBRO

JOÃO E MARIA – NEIL GAIMAN; LORENZO MATTOTTI

O escritor Neil Gaiman e o ilustrador Lorenzo Mattotti se encontram para recontar o clássico João e Maria. Familiar como um sonho e perturbador como um pesadelo, o conto narra a saga de dois irmãos que, em tempos de crise e falta de esperança, são abandonados pelos próprios pais e precisam enfrentar com coragem os perigos de uma floresta sombria. Em um texto poético, Gaiman revive a tradição dos contos de fada, dando profundidade à aventura dos irmãos, mas sem abandonar a autenticidade e o talento único de mesclar realismo e fantasia que o transformaram em um dos maiores autores de sua geração. Mattotti, por sua vez, dá um ar inteiramente novo ao clássico. Seus traços criam um jogo de luz e sombra, permitindo que o leitor desvende aos poucos a imagem, assim como os segredos da história de João e Maria.

SONHOS PARTIDOS – M.O WALSH

Baton Rouge, capital do estado da Louisiana, nos Estados Unidos, é uma cidade conhecida por seus churrascos no jardim, tardes quentes de verão, barris de cerveja gelada e muitos fãs de futebol americano. Mas no verão de 1989, quando Lindy Simpson, uma das garotas mais bonitas do bairro e estrela das pistas de corrida, é estuprada perto de casa, fica claro que os subúrbios bucólicos de Baton Rouge também têm um lado obscuro.

Para uma vizinhança tão pequena, os suspeitos do crime são muitos. Entre eles o narrador da história, um adolescente obcecado por Lindy que mora na casa em frente à da garota. E é por meio de suas lembranças que somos levados a entender como términos de relacionamentos, culpa e amor podem transformar a vida de maneiras irreversíveis. Combinando o encantamento da infância com a história de um crime violento, Sonhos partidos mostra como os momentos do passado podem afetar a vida adulta.

#PARTIU VIDA NOVA – LEILA REGO

Mariana sonhava em se casar com um cara perfeito, ter uma casa arrumada e ser feliz “até que a morte os separe”. Mas o sonho dela parecia ter sido turbinado: ela ia se casar com Eduardo, médico, lindo, rico, cobiçado e divertido, ia morar em um superapartamento no melhor bairro da cidade, e nunca tinha se sentido mais feliz com seu vestido de noiva de marca e um guarda-roupa repleto de peças de grife que ela tanto valorizava.

Depois de uma trabalheira maluca e da organização de todos os detalhes, o grande dia havia chegado. E, se dependesse dela, tudo sairia maravilhoso! Ela estava em seu quarto sozinha, terminando de se arrumar para a cerimônia, quando o noivo aparece de repente e diz que precisa conversar, pois não se sente pronto para casar. A imagem do casal em cima do bolo começa a desabar…

O que aconteceu com Edu? Mari necessita de respostas, nada mais faz sentido. Agora, ela precisa ir atrás da verdade, nem que para isso tenha que descer do salto, arregaçar as mangas e fazer um longo caminho de volta, até conseguir finalmente começar a aproveitar a sua tão sonhada vida nova.

LIVROS: LANÇAMENTOS E DESEJOS DO MÊS DE AGOSTO

Já estamos em mais um novo mês. Novas oportunidades, novas experiências e novas leituras também. E hoje resolvemos fazer uma list dos lançamentos literários de agosto que queremos ler e outros que não são lançamentos, mas também queremos ler porque não tivemos graninha pra comprar ainda. E também já fica a dica para quem quiser mandar presentinho <3 Hahahahaha É sério a parte do presentinho, tá? 😉

listagosto - um ano inesquecívelUM ANO INESQUECÍVEL

Dizem por aí que os melhores momentos da vida são vividos na adolescência. Os primeiros amores, os encontros, as festas, as viagens, as surpresas… E são sempre os instantes inesperados que transformam um dia comum em uma lembrança especial, daquelas que nunca deixarão de nos acompanhar.
Este é um livro sobre esses momentos doces e sensíveis que não se apagam da memória tão facilmente. Quatro contos, em quatro estações do ano, sobre jovens que passam por vivências e sentimentos intensos. Paula Pimenta nos leva em uma viagem de inverno. Babi Dewet conta como um outono pode mudar tudo. Bruna Vieira mostra a paixão brotando com a primavera. E Thalita Rebouças narra um intenso amor de verão. Histórias de um ano inesquecível que vão ficar para sempre!

AMOR AMARGO

Último ano do colégio: a formatura da estudiosa Alex se aproxima, assim como a promessa feita com seus dois melhores amigos, Bethany e Zach, de viajarem até o Colorado, local para onde sua mãe estava indo quando morreu em um acidente. O Dia da Viagem se torna cada vez mais próximo, e tudo corre conforme o planejado. Até Cole aparecer. Encantador, divertido, sensível, um astro dos esportes. Alex parece não acreditar que o garoto está ali, querendo se aproximar dela. Quando os dois iniciam um relacionamento, tudo parece caminhar às mil maravilhas, até que ela começa a conhecê-lo de verdade…

listagosto - ugly loveO LADO FEIO DO AMOR – UGLY LOVE

Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo… apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.
O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.

PROMETO FALHAR

“Prometo Falhar” é um livro que fala de amor. O amor dos amantes, o amor dos amigos, o amor da mãe pelo filho, do filho pela mãe, pelo pai, o amor que abala, que toca, que arrebata, que emociona, que descobre e encobre, que fere e cura, que prende e liberta. Em crônicas desconcertantes, Pedro convida o leitor a revisitar suas próprias impressões sobre os relacionamentos humanos. A linguagem fluida, livre, sem amarras, faz querer ler tudo de uma vez e depois ligar para o autor para terminar a conversa . Medo, frustração, inveja, ciúme e todos os sentimentos que nos ensinaram a sufocar são expostos sem pudores. Mergulhe de cabeça numa obra que mostra que é possível sair ileso de tudo, menos do amor. Você escolhe a ordem em que vai ler as crônicas do jovem escritor que tem 21 obras publicadas e é sucesso de vendas em Portugal.

listagosto - DEZ COISAS QUE APRENDI SOBRE O AMORDEZ COISAS QUE APRENDI SOBRE O AMOR

Dez coisas que aprendi sobre o amor – Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?

FALA SÉRIO, IRMÃO!

Fala sério, irmão! / Fala sério, irmã! – Fenômeno da literatura juvenil nacional com mais de 1,5 milhão de livros vendidos, Thalita Rebouças volta a sua série de maior sucesso com Fala sério, irmão! e Fala sério, irmã!, em que aborda a relação da protagonista Malu com seus dois irmãos mais novos. Em edição especial, o livro duplo pode ser lido de ponta-cabeça: de um lado estão as crônicas que mostram a convivência de Malu com o irmão do meio, Mamá; do outro, as histórias centradas na relação com a caçula Malena. Em todas elas, Thalita mostra, com seu bom humor habitual, as delícias e as agruras da vida em família, com direito a momentos hilários e outros emocionantes, brigas e confidências com os quais leitores de várias idades vão se identificar.

listagosto - A SORTE DE AGORA

A SORTE DO AGORA

A Sorte do Agora – Bartholomew Neil passou todos os seus quase 40 anos morando com a mãe. Depois que ela fica doente e morre, ele não faz ideia de como viver sozinho. Wendy, sua conselheira de luto, diz que Bartholomew precisa abandonar o ninho e fazer amigos. Mas como um homem que ficou a vida toda ao lado da mãe pode aprender a voar sozinho? Bartholomew então descobre uma carta de Richard Gere na gaveta de calcinhas da mãe e acredita ter encontrado uma pista de por quê, afinal, em seus últimos dias a mãe o chamava de Richard… Só pode haver alguma conexão cósmica! Convencido de que Richard Gere vai ajudá-lo, Bartholomew começa essa nova vida sozinho escrevendo uma série de cartas altamente íntimas para o ator. De Jung a Dalai Lama, de filosofia a fé, de abdução alienígena a telepatia com gatos, tudo é explorado nessas cartas que não só expõem a alma de Bartholomew, como, acima de tudo, revelam sua tentativa dolorosamente sincera de se integrar à sociedade. Original, arrebatador e espirituoso, A sorte do agora é escrito com a mesma inteligência e sensibilidade de O lado bom da vida. Uma história inspiradora que fará o leitor refletir sobre o poder da bondade e do amor

O VILAREJO

O Vilarejo – Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome. As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.

LIVROS: LANÇAMENTOS DE JULHO

Chegou o mês sete e por incrível que parece tem poucos lançamentos que eu me agradei. COMO PODE?? Mas ainda tem muito livro bom!

Confira a lista!

NÃO SE ILUDA, NÃO

Depois de passar um ano sem namorado, Isabela está determinada a realizar o grande sonho de ser uma escritora reconhecida. Resolve dar os primeiros passos anonimamente, criando um blog onde assina como A Garota em Preto e Branco. Em seu diário virtual, ela desabafa, fala dos amigos, dos não tão amigos assim, e confessa suas aventuras e desventuras amorosas. Assunto é o que não falta.
Durante uma temporada agitada em Costa do Sauípe, na Bahia, acompanhada por Pedro, Amanda e sua insuportável prima Nataly, Isabela conhece o irresistível Gabriel, um sujeito praticamente perfeito, a não ser por um pequeno detalhe… Entre shows e passeios na praia, Isabela precisa admitir para si mesma que sente uma atração cada vez maior pelo seu melhor amigo.
Em seu segundo livro, Isabela Freitas dá sequência às histórias dos personagens de “Não se apega, não”. Dessa vez, com a cabeça nas nuvens e os pés firmemente no chão, a personagem Isabela vai em busca daquilo que seu coração realmente deseja, mesmo quando seu caminho é bem acidentado e cada curva parece esconder uma nova surpresa.

nc3a3o-se-apega-nc3a3o

MINHA VIDA FORA DE SÉRIE 3

Três anos se passaram desde a 2ª temporada de “Minha vida fora de série”. Priscila, agora com 19 anos, percebe que tem que deixar a adolescência para trás e começar a lidar com as responsabilidades da vida adulta: o namoro com Rodrigo, cada vez mais sério; o início da faculdade, que ela ainda tem dúvidas se escolheu a certa; as novidades na família, que mais uma vez transformam seu cotidiano. Mas, como nos seriados que tanto ama, ela também vai passar por muitas reviravoltas e confusões, e descobrir que alguns acontecimentos de episódios passados podem afetar os atuais. Não perca mais esta temporada imperdível da vida fora de série de Priscila.

abertura5ANTES DE PARTIR DESSA PRA UMA MELHOR

Antes de Partir Desta Pra Uma Melhor – Não é preciso ser nenhum gênio para perceber que a vida de Drew Silver é uma sequência de decisões equivocadas. Faz quase uma década que sua banda de rock emplacou uma música, filha única de mãe solteira. Desde então, a banda se separou, sua mulher o largou e Silver tem assistido a vida passar, tocando em casamentos – quando aparece algum – e descontando os cheques cada vez menos frequentes que recebe pelos direitos autorais de seu único sucesso. Silver então descobre que a ex-mulher está prestes a se casar de novo e que a filha adolescente, Casey, está grávida. Para completar, depois de sofrer um derrame que o deixa incapaz de controlar a língua e guardar para si o que pensa, ele precisa de uma cirurgia no coração. Diante desse cenário, o músico fracassado depara com a pergunta decisiva: será que vale a pena salvar uma vida tão mal vivida? Assim, sob o olhar exasperado da família, ele toma a decisão radical de se recusar a fazer a cirurgia e dedicar o pouco tempo que lhe resta a tentar consertar o relacionamento com Casey e aproveitar a vida – mesmo que ela não dure muito. Com diálogos rápidos, irônicos e sagazes, Jonathan Tropper confirma sua habilidade em retratar com humor e perspicácia o lado oculto da família moderna.

ANTES_DE_PARTIR_DESTA_PRA_UMA__1435265071512034SK1435265071B AFRAGAMENTADOS

FRAGMENTADOS

Fragmentados – Em uma sociedade em que os jovens rejeitados são destinados a terem seus corpos reduzidos a pedaços, três fugitivos lutam contra o sistema que os fragmentaria .

Unidos pelo acaso e pelo desespero, esses improváveis companheiros fazem uma alucinante viagem pelo país, conscientes de que suas vidas estão em jogo. Se conseguirem sobreviver até completarem 18 anos, estarão salvos. No entanto, quando cada parte de seus corpos desde as mãos até o coração é caçada por um mundo ensandecido, 18 anos parece muito, muito longe.

O vencedor do Boston Globe-Horn Book Award, Neal Shusterman, desafia as ideias dos leitores sobre a vida: não apenas sobre onde ela começa e termina, mas sobre o que realmente significa estar vivo.

SUPERVALORIZAÇÃO: MEUS LIVROS, MINHAS REGRAS!

Esses dias eu estava vendo uma discussão acerca da supervalorização dos livros. Alguns defendem que algumas pessoas mimam e supervalorizam o valor do livros, outros dizem que o cuidado que tem é o mesmo que teria com qualquer outra coisa que gostasse muito. Com isso, eu resolvi dar minha opinião.

NÃO MARQUE A PÁGINA COM A ORELHA DO LIVRO, EXISTE MARCA PÁGINA PARA ISSO!

Eu particularmente odeio marcar a página do meu livro com a orelha. Mas se for bem no comecinho do livro eu ainda me arrisco a usar. Mas isso é uma coisa bem particular minha, sabe? Embora eu acredite que quase totalidade dos leitores não mantenham esse habito também, porque quando você utilizar a orelha do livro pra marcar uma livro de 300 páginas, por exemplo, com certeza na metade do livro já fará uma marca enorme no meio. E se você parar pra pensar existe o marcar páginas e o post it que desempenham um ótimo papel.

book

NÃO EMPRESTO MEUS LIVROS A NINGUÉM!

Amigos a amigos, livros a parte! Hahahaha

Não, eu não sou bem assim. Mas também não sou fácil na hora de emprestar meus livros. Não que os meus livros sejam intocáveis, sabe? Mas assim como qualquer coisa que gosto muito eu não entrego meus livros a qualquer pessoa, e também não são todos os meus livros que estão disponíveis para empréstimo. Por exemplo, você não anda emprestando seu celular e o seu notebook, principalmente o celular. A mesma coisa acontece com seus livros, é algo que é seu e você tem todo direito de não querer desapegar. Esses dias emprestei um livro para uma amiga, e sabendo do ritmo de leitura dela eu dei um mês para ela me devolver, mas acabou o prazo e ela não terminou. O resultado foi eu ficar cobrando até ela me devolver mesmo sem ter terminado a leitura. Me julguem!

Mas apesar do ciúme que tenho dos meus livros eu ainda sou muito a favor do empréstimo, pois é uma forma de espalhar a literatura. A sensação de sugerir e emprestar um livro para um amigo que não tem o habito de ler e ele conseguir completar a leitura é maravilhosa, não é mesmo?

Parece que eu estou dizendo “não empreste” e “empreste” em seguida? É porque não precisa generalizar, percebe? O valor de um livro vai de pessoa por pessoa. Mas livros não precisam intocáveis, mas também preciso de um cuidado a mais. É praticamente aquela ideia do “meu livros, minhas regras”. E por isso você não precisa ficar julgando as pessoas que mimam de mais os seus livros, pois eu sei que todo mundo tem alguma coisa que amam e não larga de jeito nenhum.

SUPERVALORIZO SIM, LIVRO É CARO!

Essa ideia de livro caro ou barato vai muito de qual lado estamos, acredito eu. Partindo da ideia de quem compra livros, particularmente, acho muitas vezes os livros caros. Daí tem gente que argumenta dizendo que tem aquelas promoções relâmpagos que as livrarias vendem por R$10,00. Até acho bacana, mas ninguém merece depender de promoções e ainda ter sua leitura limitada por tal, pois nem sempre tem os livros que você quer. Para quem não tem uma situação financeira legal é muito difícil que os pais comprem algum livro, pois sempre tem gente que só ganha no aniversário, sabia? Minha estante só começou a crescer depois que comecei a trabalhar. E essa ainda é a realidade de muito brasileiros. E sim, acredite, 25 ou 30 reais, fora o frete, fazem falta no orçamento de algumas famílias. Muito triste! É por isso que é aceitável tanto amor que algumas pessoas tem por seus livros.

Partindo da ideia de quem escreve livros, se não for famoso, eu só lamento, mas vai ser bem difícil de viver nessa profissão. Dizem que a porcentagem é complicada. Eu procurei vários textos na internet falando, mas as respostas sempre variam que a porcentagem que um escritor ganha vai depender de sua fama. E a maior parte sempre fica com a editora.

AGORA ME DIGAM VOCÊS: VOCÊ SUPERVALORIZA OS SEUS LIVROS? CONCORDA COM MINHA OPINIÃO? DEIXE AQUI NOS COMENTÁRIOS O QUE VOCÊ ACHA!

XOXO