Categoria: CRÍTICAS

PRECISAMOS FALAR SOBRE ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM

UMA BREVE EXPERIÊNCIA…

Esse mês faz quinze anos desde do lançamento de Harry Potter e a Pedra Filosofal nos cinemas brasileiros. E cinco anos desde o lançamento que acreditávamos que seria o último filme, Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2. Ainda lembro da sensação de estar saindo da sala do cinema, sabendo que não haveria como voltar, de viver novamente toda a emoção, de poder viver a melhor história de magia que nós respeitamos. De andar pelo castelo de Hogwarts, de aprender novos feitiços, de se encantar pela inteligência da Hermione, de querer bater no Rony, mesmo amando ele. Enfim, de reencontrar velhos amigos que nos acompanharam por tantos anos.

CRÍTICA: GOTHAM

NOTA: 4 Estrelas

Sinopse: Antes de Batman, a cidade de Gotham já existia. James Gordon (Ben McKenzie) é um detetive iniciante polícia. Corajoso, sincero e ansioso para mostrar serviço, o recém-promovido tem como missão solucionar o caso do assassinato dos bilionários Thomas e Martha Wayne, um dos casos mais complexos da cidade. Com seu parceiro, o oficial Harvey Bullock (Donal Logue), Gordon conhece o único sobrevivente do assassinato: Bruce (David Mazuouz), um garoto de 12 anos, filho do casal, por quem ele imediatamente sente uma grande afeição.

 Gotham

Critica: Assisti todos os episódios da temporada e tenho que dizer a série esta impressionante, essa série não é uma daquelas que tem um vilão fortão a cada temporada, nessa tem uns 7. Você acompanha de perto a história dos maiores e melhores vilões da DC enquanto conhece mais a infância de Bruce Wayne, Gordon e Pinguim (Oswald). Eu recomendo essa série para todas os jovens e adultos que gostam de Batman, até quem não gosta também.

Quando vi a noticia de que uma serie para retratar a cidade de Gotham, em especial como a cidade virou o local doentio, louco e que abriga os maiores e melhores vilões dos quadrinhos iria ser feita, logo pensei que seria um sucesso, e estava completamente certa! Muita gente reclama da serie apresentar a origem de alguns personagens, mas acredito que tudo merece ser renovado, porem mantendo suas características, por isso a serie está de parabéns!

A série em si não é perfeita, afinal toda serie tem seus defeitos, mas esta é uma série que tem muito gancho para o próximo episódio, você termina um e sofre uma semana para ver o resto, a Temporada tem 22 episódios e nenhum consegue ser chato, e tem várias referencias as HQs, Amei a primeira temporada e do modo que foi apresentada, agora é só esperar a 2ª.

GRACE AND FRANKIE – NETFLIX

Grace-and-Frankie-Netflix-Original-CastSINOPSE: Grace (Jane Fronda) e Frankie (Lily Tomlin) estão encarando a 3ª idade mas não da forma como imaginavam. Quando seus respectivos maridos revelam que estão apaixonados um pelo outro, e planejam se casar, a vida delas é virada de cabeça para baixo. Agora, elas estão ligadas eternamente por esse acontecimento e, já rivais, descobrirão que podem ter que tomar conta uma da outra.

 CRÍTICA: Os primeiros episódios não são tão convidativos, mas o enredo da história, os cenários e os protagonistas fazem você notar um grande potencial escondido, aí você dá uma chance e continua, embora as risadas e o entretenimento seja um pouco raso. Mas quem não adora uma coisa nova? E convenhamos que não se vê uma história dessas todos os dias. Já na primeira temporada as coisas começam a ir para o lugar e as risadas são garantidas. É um mundo mágico e leve com humor agradável, mas nem por isso deixamos de dar ótimas risadas! Quem tem avós em casa sabe do que eu estou falando! Aquele momento em que nossas avós pensam que a internet é uma pessoa e o Facebook um álbum de fotos.

  A série aborda um tema muito moderno, e que se torna cada vez mais normal. A união de duas pessoas do mesmo sexo, foi uma ideia muito interessante usar um casal já de idade em vez de jovens. O seriado também procura mostrar que nunca se é tarde pra recomeçar, a vida é curta então temos que vivê-la da melhor maneira possível independentemente da idade.

 O cenário tem tudo a ver a história e se encaixa perfeitamente em cada cena.