Arquitetando sonhos, tudo parece infinito.

Arquitetando sonhos, tudo parece infinito.
É normal de todos ser humano desejar o que lhe parece infinito. Sempre buscamos aquilo que está bem longe de ser alcançado, e quando conseguimos, queremos algo bem mais distante.
Eu gosto de dizer que somos arquitetos. Somos trabalhadores fiéis em nossa profissão. Exercemos antes de dormir, quando acordamos, quando sonhamos, quando trabalhamos e quando respiramos. Estamos a todos os momentos a arquitetar planos, traçamos objetivos e colocamos as coisas em ordem. Tudo parece que vai acontecer linearmente como imaginamos.Ou nada está perfeito ou sempre queremos mais.

Raramente uns de meus planos deram certos, não acredito que eu seja um péssimo arquiteto, mas como já falei, as coisas parecem que vão acontecer linearmente, até os paralelos da vida marcarem presença. Não posso julgar, não posso de forma alguma negar que tudo ocorreu da melhor forma, do jeito que tinha que acontecer. No momento não percebemos, mas em um determinado tempo você para e pensa que tudo faz sentido, que cada acontecimentos se encaixa. Isso se chama vida.
Isso quer dizer que temos que parar de arquitetar? Não, quer dizer que temos que arquitetar cada dia mais. O que seria de mim sem meus sonhos? O que seria de mim sem meus planos todos anotados em meu caderno? 
Eu nunca serei daqueles que lamentam sonhos perdidos e planos não concretizados. Eu serei aquele que faz de cada dificuldade um degrau, ou você acredita que conseguiria ir tão auto sem subir os degraus?
Alef Jordi

Alef Jordi

Estudante de Letras, criador do blog Qualquer Coisa Vira-lata, Potterhead assumido e um sonhador sem limites. Sonha em publicar um livro antes dos 30. E ama promover ações sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.