APAIXONA-SE X BATER A CABEÇA NA PAREDE

tumblr_mqia07fCCR1sazagyo1_500

“Pra que se apaixonar quando você pode simplesmente bater a cabeça contra a parede e ter o mesmo resultado?”

Por que se apaixonar vai muito além de se machucar, se apaixonar na minha opinião é sentir como se existissem borboletas no seu estômago, é se perder em um abraço como se ele causa-se um efeito de parar o tempo, é talvez pela primeira vez onde você expõe seus sentimentos sem medo.

E, queridos leitores, não tem como escapar dessa sensação, é um sentimento avassalador e você vai sentir algum dia, você queira ou não. Às vezes ele chega discretamente como um simples gostar da companhia do outro e outras vezes seus coração parece pular fora do peito quando você encontra aquele desconhecido. Não existe uma receita ou definição que descreva esse sentimento. Já conheci paixões de verões que foi tão intensa quanto aquela paixão de anos de namoro. O que quero dizer é que já está na hora de parar, parar com essa mania de tentar passar essa visão para o mundo de que se apaixonar é uma coisa ruim, quando na verdade, nem você acredita nessa versão, tenta assumir que tem medo, medo de se apaixonar e acabar, porque nós seres humanos temos essa obsessão de querer que tudo dure pra sempre.

Então vai lá, coragem! Vive aquela paixão que tem tudo pra dar errado ou aquela que parece ser o seu “pra sempre”, não importa como você vai definir, o que importa é viver, colecionar histórias pra contar e se, no fim das contas, você se machucar, e ter a sensação que caiu de uma escada ou bateu com a cabeça na parede, eu só lhe digo que vai passar, é tipo uma recuperação gradativa e quando menos esperar vai estar lá se apaixonando novamente.

Ingrid Omena

Ingrid Omena

Olá, uma pessoa que ama paçoca, rap e Raul Seixas. Tenho um fascínio pela saga de Harry Potter, principalmente, pelo conjuramento do patrono. Queria lhe dizer que estudo em hogwart, mas, infelizmente, minha carta não chegou ( agradeço ao Valdemort :| ), então, decidi cursar comunicação social, Jornalismo. Por hoje é tudo, pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.