QUÍMICA PERFEITA – SIMONE ELKELES

É tão difícil, às vezes, ficar tentando desesperadamente ser perdoada por ser uma garota “normal”. Meus pais nunca me disseram que eu não preciso ser a filha perfeita o tempo todo. A verdade é que minha vida é um amontoado de infinitos e gigantescos sentimentos de culpa. (Página 284)

Vira Latas, a resenha de hoje é sobre um livro que eu estava louca para ler. Um livro que em vários momentos me deixou triste. Um livro onde, claramente, era possível enxergar a realidade. Eu estou falando de Química Perfeita, da escritora Simone Elkeles.


Brittany e Alex são de mundos opostos: ela é a menina perfeita com um futuro brilhante pela frente, ele o membro de uma gangue perigosa que não tem nada a perder. Os dois não teriam nenhum contato um com o outro, se não tivessem sido forçados a ser parceiros nas aulas de química do último ano. Alex sabe que qualquer relação que Brittany tenha com ele pode colocar em risco sua reputação impecável de boa aluna e namorada dedicada e, por orgulho e diversão, aposta com os amigos que consegue fazer com que ela saia com ele. No entanto, quanto mais se aproximam, mais fica evidente que eles têm algo em comum que ninguém parece perceber: nenhum dos dois é o que se esforça tanto para ser.


Vi esse livro ano passado no Instagram da editora Globo Alt, achei a capa simplesmente linda e a sinopse também me chamou atenção. Comprei o livro e demorei três dias para concluir a leitura, não porque ele era ruim, pelo contrário, eu que não queria dizer adeus.

Em Química perfeita conhecemos Brittany, uma menina que para o mundo se mostra perfeita, a típica garota dos filmes colegiais americanos. Capitã das cheerleaders, namorada do capitão do time da escola, a menina loira… Resumindo, se vocês assistiram As Apimentadas: tudo ou nada, irão entender a descrição. Essa Brittany não é real, na realidade a menina se esforça para agradar todo mundo, pois odeia ver a sua família sofrer.

Alex Fuentes é um membro da guangue Latino Blond, ele é o típico bad boy que intimida a todos. Ou melhor, quase todos, já que Brittany vez ou outra o enfrenta, mesmo sabendo das consequências negativas que poderia sofrer. Por conta de uma matéria, os dois precisarão esquecer as desavenças e passar a trabalhar em equipe. Vai ser difícil, mas eles precisam tentar.

–Somos dois atores da vida real, fazendo de conta que somos quem queremos que as pessoas achem que somos. (Página 182)

Esse é o típico livro new adult, recheado de clichês, mas é um clichê bem escrito. Em Química Perfeita vemos personagens deixando seus sonhos de lados para proteger a família. O livro vai bem além do amor que o casal sente um pelo outro, o livro nos mostra o amor gerado tanto na família, quanto com os amigos.

Se vocês choram com facilidade, talvez se emocionem em Química Perfeita, a escritora não poupou sofrimento para esse livro.

Vira Latas, Química Perfeita é o primeiro livro de uma trilogia que eu espero que a editora Globo Alt publique aqui no Brasil. Amei a escrita da Simone Elkeles, amei conhecer a Brittany e o Alex. Resumindo, preciso ler o segundo livro para ontem.

Samila Bezerra
Samila Bezerra

Estudante de Arquitetura na Universidade Federal de Alagoas, é apaixonada por livros e quer conhecer o mundo...

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *