TODO CICLO PRECISA SER ENCERRADO

Quero começar dizendo que estou muito angustiado, pois assisti toda a segunda temporada de Stranger Things em 24 horas. Mas não passei da décima primeira temporada de Greys Anatomy. Se de um lado eu me sinto abandonado por todo mundo que ainda está assistindo, do outro me sinto aqueles caras que enrolam as noivas durantes sete anos para poder casar. Enfim, tudo isso que foi dito não passou de uma introdução para eu declarar o que todos nós já sabemos: TODO CICLO PRECISA SER ENCERRADO!

Eu, particularmente, não consigo dar muitos passos em minha vida quando tantos outros estão amarrados em algo que comecei e nunca terminei. Seja aquela série que peguei enjou, seja um problema que fui procrastinando na solução. Ou até mesmo a multa que eu devo na biblioteca há 1 ano e nunca fui pagar, pelo simples motivo de saber que não corre multa. Mas que toda santa vez vejo a palavra biblioteca me sinto mal por não encerrar um ciclo tão fácil e que eu tenho a solução.

Pensando bem, pelo que acabei de escrever, acabei também de perceber que eu sou a pior pessoa para falar sobre encerrar ciclos. Mas tudo bem, estamos tão acostumado a pregar o que não praticamos.

Eu amo encerrar ciclos, pois é um sinal de que novas experiências chegarão até nós. Uma nova oportunidade de errar, acertar e amadurecer. Ou somente de se divertir. E o ciclo pode ser qualquer coisa, desde arrumar o quarto após o fim de um semestre da faculdade – NOSSA, MELHOR SENSAÇÃO DO MUNDO – até mesmo acabar com  aquele relacionamento abusivo que tanto te prendia.

Daqui a dois dias encerro um ciclo de quase 5 anos, isso porque procrastinei por mais de seis meses, mas já não importa. Eu esperei tanto a notícia do fim que quando ela chegou foi de uma surpresa que fiquei calado por um tempinho. A vontade era de chorar de alegria. FIM, eu queria gritar. ACABOU, eu gritaria mais uma vez. Mas o silêncio falou por qualquer grito, a paz que eu comecei a sentir por dentro me trouxe uma leveza instantânea. Sim, ciclos definitivamente precisam ser encerrados.

Talvez esse texto esteja muito aleatório, e se minha professora de linguística fosse analisar, claramente diria que esta escrita está muito oral. E está mesmo, em terra de YouTube, quem chegou até o fim desse texto já me chama no privado.

Em suma, talvez você não tenha conseguido ir ao infinito e além porque há ciclos a serem fechados. Alguns causam dor, outros alegria e paz interior, mas todos precisam ser encerrados.

Alef Jordi
Alef Jordi

Estudante de Letras, criador do blog Qualquer Coisa Vira-lata, Potterhead assumido e um sonhador sem limites. Sonha em publicar um livro antes dos 30. E ama promover ações sociais.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *