UMA VARANDA QUE SEJA NOSSA

uma-varanda-que-seja-nossa-blog-qualquer-coisa-vira-lata

É a quinta madrugada seguida em que continuo rolando na cama, parece que meu cérebro entende o silêncio da madrugada como um ótimo momento para fazer planos. Já pensei na bagunça que seria minha casa se eu morasse sozinha, sem meus pais repetindo que preciso arrumar tudo; pensei que talvez quando a responsabilidade apertar, eu serei mais como eles, cheio de medos, cheio de experiência e aquele ar de superioridade em dizer que me avisou.

Por mais coisas que eu pense, por mais planos que eu faça, eu não consigo entender o porquê que você chegou e resolveu ficar. Eu sou exatamente como a bagunça do meu quarto, aparentemente bonitinha e tranquila, mas por dentro do guarda roupa têm roupas que eu nem sabia que existiam. A maquiagem se encontra na estante de livros, na gaveta de calcinhas eu joguei minhas camisetas preferidas, pois assim é mais fácil de encontra-las. Está tudo uma bagunça, no quarto, no guarda-roupa e na vida, mas é incrível como mesmo assim você decidiu aceitar.

Imagino aquele futuro antes de te conhecer, ele não me parece tão atraente como em alguns anos atrás, morar sozinha me parece solitário. Viajar o mundo a trabalho, de hotel em hotel, conhecendo coisas novas sem data pra voltar pra casa, isso me parece tedioso. Aquelas noites que pretendia sair só pra encher a cara, rir porque vomitei e nem saber como cheguei em casa, nesse momento, sinto que  é coisa de pessoas imaturas.

Talvez você não seja como os outros, que eu só queria me divertir, pois não me ofereciam nada que me segurasse emocionalmente por muito tempo. Mas sem que eu percebesse, meu desejo de consumo para um futuro é dormir e acordar ao teu lado, é dividir viagens incríveis, mas ter uma casinha aconchegante para voltar, com janelas nos quartos e um bom quintal pra um ou dois cachorrinhos. Talvez no futuro, um filho para que a gente possa trocar os olhares de superioridade e dizer com orgulho, nós te avisamos. Não importa para mim que tenha realmente todos esses detalhes, mas importa sua companhia e seu amor, segurando minha mão enrugada pelo tempo em uma varanda qualquer, uma varanda que seja nossa.

Ingrid Omena
Ingrid Omena

Olá, uma pessoa que ama paçoca, rap e Raul Seixas. Tenho um fascínio pela saga de Harry Potter, principalmente, pelo conjuramento do patrono. Queria lhe dizer que estudo em hogwart, mas, infelizmente, minha carta não chegou ( agradeço ao Valdemort :| ), então, decidi cursar comunicação social, Jornalismo. Por hoje é tudo, pessoal.

  • Leo

    Não da pra entender como o amor tem a capacidade de nos moldar, num molde que nunca havíamos pensado, pois bem ele tem essa capacidade...espero que o rapaz um dia consiga lhe falar, pois por em palavras esse sentimento é bem complicado, o quanto ele gosta de você, porque bem la no fundo ele vai descobrir que gosta mais e mais de você, a cada novo sorriso, novo olhar a cada novo beijo, ele vai descobrir que é capaz de amar cada vez mais, porque o amor vai ser assim, indescritível mas vivido... boa sorte

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *