A MENINA DOS OLHOS MOLHADOS – MARINA CARVALHO

“…De um jeito insuportavelmente desconcertante, concluo que aqueles saltos famigerados não representam um perigo apenas para a dona deles. São capazes de tirar também um homem focado do sério”. (Pg. 42)

Olá, Vira Latas! Preparem-se para a resenha mais rápida que eu já escrevi nos últimos tempos. Tudo é extremamente intenso, desde o inicio da leitura até a escrita dessa resenha. Resumindo, tudo ocorreu em menos de vinte e quatro horas. Tenho até medo de não conseguir escrever tudo aquilo que eu quero. Mas juro que vou tentar.

Vocês devem estar se perguntando que livro é esse, que fez essa doida (no caso, eu) ficar tão viciada que só conseguiu larga-lo quando finalizou a leitura? Sei que vocês viram pelo título da postagem que o livro é A menina dos olhos molhados, da Marina Carvalho. Eu e todos os leitores da Marina esperamos pelo lançamento desse livro há um bom tempo. Então, se você quer saber quais motivos me fizeram dar ótimas risadas, xingar o cara mais gato da literatura e sofrer porque o livro acabou continuem lendo a resenha.

a-menina-dos-olhos-molhadosA menina dos olhos molhados conta todos os fatos que aconteceram antes, durante e um pouco depois na vida da Rafaela Vilas Boas e do Bernardo Venturini, o casal de Azul da cor do mar. Nesse novo livro, Marina nos mostra basicamente as mesmas situações que a Rafa e o Bê passaram no primeiro livro. Mas agora tudo é pela visão do jornalista mais ogro, lindo, chato e irresistível, também conhecido por Bernardo.

Caso você que esteja lendo essa resenha e não conheça Azul da cor do mar, aqui vai um breve resumo do livro: o livro que é narrado pela Rafa nos mostra a aventura de uma jovem de vinte e um anos, que ganhou a oportunidade de ouro: ser estagiária do Folha de Minas. Seria perfeito se ela não tivesse que trabalhar com a Cria de Satanás (apelido fofo que a Rafa dá a Bernardo). Sim, o cara não perdoava. Ele era um chato que fazia questão de tornar os dias da Rafaela os piores possíveis dentro e fora da redação. Ao longo do livro vamos vendo as confusões que a Rafa se mete (que não são poucas). Vemos também a relação dela com o Bernardo que oscila bastante entre momento de tensão e alguns momentos de paz. Ah! É claro é impossível não dar mil gargalhadas com os personagens desse livro tão sensacional.

Voltando para A menina dos olhos molhados, agora temos a oportunidade de descobrir o porquê de o Bernardo ser tão insensível com a Rafaela. Quer dizer, não só com ela, mas com todas as mulheres. O cara fugia de um relacionamento sério. E olha que ele teve um bom motivo para isso.

Desculpa galera, não vou conseguir soltar spoilers. Mas é que o livro da Marina tem surpresa a cada nova página. É uma delícia se envolver em cada peripécia que a galerinha se mete. Apesar de que em certos momentos a vontade que dar é de matar o Bernardo, mas isso a gente supera (pelo menos eu superei).

Enfim se vocês gostam de um romance daqueles maravilhosos narrado por um cara sensacional que tem o seu lado meio ogro, mas que no fundo a gente ama (nem é tão lá no fundo assim rsrs). Esse livro é exatamente para você. A Marina não decepciona! A escrita dela é simplesmente gostosa. A única raiva que dará é quando vocês chegarem à última página e constatarem que o livro acabou. Digamos que não é fácil conviver sem o charme do Bê e sem os desastres da Rafa (que eu super me identifico).

Para finalizar essa resenha, queria fazer um pedido sincero de leitora. MARINA, por favor, lança mais um livro sobre a Rafa e o Bê!!! Não é fácil dizer tchau para esses dois, que possuem há muito tempo espaço cativo no meu coração.

Samila Bezerra
Samila Bezerra

Estudante de Arquitetura na Universidade Federal de Alagoas, é apaixonada por livros e quer conhecer o mundo...

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *