ME PREENCHI DE VAZIOS

me preenchi de vazios  - blog qualquer coisa vira lata - sentimentos - amorVocê desistiu dos nossos planos, disse-me olhando nos olhos que “me amava, mas nossas diferenças nunca nos permitiriam ser felizes juntos”. Eu poderia implorar para que você voltasse, poderia prometer mudanças drásticas ou até mesmo jurar um amor infinito, ao invés disso, eu apenas me levantei e segui para chorar onde ninguém pudesse ver.
Em alguns dias percebi que sua falta era mais difícil de suportar do que eu imaginava, fui tomada por um vazio que me fazia sentir triturar todos meus sentimentos de felicidade divididos com você. Meu orgulho não me permitiria correr para teus braços, afinal, foi você que decidiu desatar o nó que nos unia. Desse dia em diante decidi superar você, me livrei de cada lembrança, foto ou rotina que me remetesse a você. Então preenchi minhas noites com festas, bebidas e muita “loucura”. Fiquei com alguns caras, entre eles nenhum que eu quisesse ouvir a voz no dia seguinte, foi uma fase divertida até, mas logo que a manhã chegava acompanhada da ressaca eu via que aquilo alí não era pra mim: salto, excesso de maquiagem, roupas justas e bebidas caras, tudo aquilo gritava dentro de mim, o mundo da “ostentação” nunca me pertenceu e aquelas pessoas eram vazias demais para preencher qualquer coisa dentro de mim.
Poderia lhe culpar, dizer que tudo que fiz de errado foi sua culpa, mas foi aprendizagem. Sua falta doeu um pouco assim que decidi voltar a minha rotina, meus amigos de sempre e minhas noitadas acompanhada de um simples vinho, violão e debates sobre a vida e as vantagens de vive-las. Mas esses momentos me preencheram, você agora é parte de uma história do passado, me amo até de mais pra me permitir afogar em vazios.
Hoje você me ligou, dizendo sentir saudade e eu realmente queria te dizer que é recíproco, queria te dizer que preciso de você para voltar a viver, mas eu sobrevivi sem você! Sobrevivi aos supostos vazios que você deixou aqui. Agora te olhando nos olhos eu queria te abraçar e voltar no tempo, só que é tarde de mais, não me vejo em uma vida com alguém que desistiu de mim nas primeiras dificuldades.
Obrigada por ter me feito amadurecer nos meus sentimentos, você foi importante nessa transição para a liberdade de ser quem eu sou. desejo que seja muito feliz no seu futuro, mas daqui pra frente eu sigo sozinha.

Ingrid Omena
Ingrid Omena

Olá, uma pessoa que ama paçoca, rap e Raul Seixas. Tenho um fascínio pela saga de Harry Potter, principalmente, pelo conjuramento do patrono. Queria lhe dizer que estudo em hogwart, mas, infelizmente, minha carta não chegou ( agradeço ao Valdemort :| ), então, decidi cursar comunicação social, Jornalismo. Por hoje é tudo, pessoal.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *