TAL QUÍMICA – CAP.6

tal químicaSentimento
Você não sabe o que se passa aqui por dentro
Sentimento para mim é documento
E você nunca esconderá no seu olhar, terá no seu olhar
Sentimento
Tá no reggae tá no amor pelo instrumento
Por favor vê se liberte o sentimento
O que eu não quero é ver teu mundo sem amor, teu mundo sem amor
Eu, quando te encontrar, quero falar de tudo que eu sinto
Sei que posso me perder, entrar nesse teu labirinto
Você me parou, pedindo meu amor
Mandou eu encostar, você que me encostou!
Pediu um documento, mas só tenho sentimento e eu dou
Eu vou te subornar com meu amor, eu vou te subornar com meu amor, eu vou te subornar com meu amor…

(Sentimento-Armandinho)

A semana estava bastante lotada, de um lado tinha os trabalhos da faculdade do outro os preparativos da festa do Gael. Eu precisava provar o meu vestido, desculpa se eu vou parecer metida, mas o meu vestido estava ficando lindo. Eu precisava comprar urgentemente um sapato para ficar a altura dele. A minha costureira estava quase louca, eu queria que ele ficasse bem parecido com as obras de arte do estilista Elie Saab.

Era quinta-feira, as meninas e eu estávamos no shopping provando inúmeros sapatos, mas estava difícil encontrar um que me agradasse. Eu já estava perdendo as esperanças quando encontrei na Santa Lolla o salto perfeito. Era um scarpin de salto alto, sua cor era maple (um tipo de nude lindo) seu acabamento era em verniz.

O sábado começou bem agitado. Ligamos para o Buffet e para os decoradores. Eu ainda precisava ir para o salão de beleza, e necessitava urgentemente pegar o meu vestido que tinha deixado na costureira para dar uns retoques finais. Nós passamos a manhã inteira trocando mensagens.

Festinha do Gael

(Cecília) Meninas, falei com o DJ e está tudo certo para mais tarde 😀

(Marcela) Ótimo! O Buffet de crepe chegará às sete.

(Victória) Uhuu!!! Meninas, o desenho que eu fiz ficou maravilhoso.

(Alice) Liguei para a decoradora, ela disse que já estar chegando para arrumar tudo

(Eu) Beleza, meninas. Eu vou ligar para o salão de beleza para ir um pouco mais tarde. Vou passar no salão de festas antes.

(Alice) Quero só ver o seu vestido Isa.

(Marcela) Eu também.

(Victória) Esse vestido promete.

(Eu) À noite vocês verão.

Eu consegui adiar minha ida ao salão de beleza, passei no local da festa e a decoradora já tinha chegado. Eu dei algumas instruções a ela, depois fiquei esperando uma das meninas aparecerem. Assim que a Marcela chegou, eu corri para o salão de beleza. Teresa, minha cabelereira, já estava me esperando. Eu fiz uma hidratação, depois escovei os meus cabelos, como eu não queria que ele ficasse liso sem nada coloquei uma presilha dourada no lado direito da minha cabeça, esse era o meu melhor perfil.

Quando eu cheguei à minha casa tomei um bom banho e fui me arrumar. Meu vestido era vermelho de seda, na frente o decote canoa era bem discreto, o vestido era justo somente até a cintura, ele ia ficando rodado, e era um pouco acima do joelho. As costas tinham um lindo decote profundo em formato de V. O vestido tinha pedrarias que iam da cintura até o quadril, ele era lindo! Ah! Nos pés é claro eu usei a minha sandália que eu tinha comprado na Santa Lolla. Não pensem que eu me esqueci de caprichar na maquiagem, eu coloquei uma sombra que ia do marrom ao dourado, na boca um batom nude. O perfume escolhido foi o Linda, e era exatamente assim que eu me sentia.

Assim que eu cheguei à festa encontrei Alice conversando com Marcela e Victória, elas estavam lindas de Rapunzel, princesa Merida e rainha de copas, respectivamente.

-Uau!!! Isa, você está mais linda. –Disse Marcela.

-Que vestido lindo, você veio de uma linda mulher? –Perguntou Victória.

-Gostei, Vic. –Eu disse. –Não tinha feito essa comparação, mas eu amei. –Ei, essas fantasias de vocês estão incríveis!

Nós conversamos até que Cecília chegou vestida de viúva negra, simplesmente fabulosa, ela que tinha cabelos longos com pontas douradas, usava uma calça justa de couro preta, um corpete preto que valorizava seu busto, nos pés ela colocou uma bota de salto fino.

-Gata! –Eu disse quando ela se aproximou.

-Olha quem fala, você está linda! Essa fantasia é de uma linda mulher?

Eu olhei para as meninas e comecei a rir. –Sim.

Nós cinco ficamos conversando, porém sempre atentas para ver se todos estavam sendo bem tratados. Não queríamos que a nossa primeira festa fosse um fiasco. No meio da conversa o celular de Victória tocou, era o Gael. Nosso amigo não tinha entendido o motivo de ter uma fantasia do Harry Potter, seu personagem favorito, em sua cama. Queríamos muito guardar segredo, mas não conseguimos. Falamos para ele que estávamos fazendo uma brincadeira temática dos nossos filmes favoritos. Eu tenho certeza que ele não acreditou, mas como sabia que tinha festa no meio dessa história toda, ficou pronto rapidinho. Em menos de uma hora ele chegou lindo como sempre. Como eu estava com saudades daquele garoto.

Gael era alto, devia ter 1,85, era malhado e tinha o cabelo bem preto. Conhecíamo-nos a tempo suficiente para saber que ele iria ficar emocionado. E ele ficou. Assim que nos viu abriu o maior sorriso do mundo, que é óbvio veio acompanhado de várias lágrimas, meu amigo era muito chorão.

-Gente, o que foi que vocês aprontaram? –Ele disse ao ver que a nossa festinha não tinha apenas um bolo e alguns salgados como inventamos.

-Surpresa!!! –Nós gritamos. Aproveitamos e jogamos vários confetes dourados, sim éramos estranhas, mas era assim que agíamos com os nossos amigos.

-Que saudade de vocês. –Ele disse enquanto nos abraçava, sim ,todas ao mesmo tempo.

-Nós é que estávamos. –Disse Vic. –Não nos abandona mais.

-Pois é quase que pegávamos um avião e íamos atrás de você. –Brincou Marcela.

-Eu ia adorar a visita, mas estou amando a recepção. –Ele usou toda a sua força para nos apertar mais ainda em seu abraço.

-Olha, eu fiquei sem o meu companheiro de balada durante muito tempo, espero que você não tenha me trocado por uma gringa. –Falou Cecília.

-Eu trocar você? Não sou louco!

-Não estou gostando nada disso, o Gael é meu. –Brincou Alice.

-Deixa só o André escutar isso. –Disse Victória. –Ele é meu.

-Eu sou de todo mundo. –Ele disse todo convencido. –Ei vocês estão mais lindas ainda.

-E você também Gael. Aposto que fez o maior sucesso nos Estados Unidos. –Eu comentei.

-Isa, você está mais linda ainda.

-Não enrola queremos saber todas as novidades. –Intimou Alice.

Ficamos conversando durante uns quinze minutos, depois precisamos deixar Gael socializar. Tínhamos convidado várias pessoas que gostavam do nosso amigo. Não era justo não as deixar conversarem com ele.

Eu fui até o banheiro retocar a minha maquiagem, mesmo sendo a prova d’água eu tinha quase certeza que alguma coisa tinha borrado. Para minha sorte estava tudo bem, mas achei melhor retocar o batom; coloquei também mais uma camada de máscara de cílios, nunca é demais. Quando eu sair do banheiro recebi uma mensagem no whatsapp era do Bernardo.

(Bernardo) Esqueceu-se dos velhos amigos?

Na mesma hora eu ri. Virei à cabeça procurando por ele

(Eu) Cadê você?

(Bernardo) Eu estou aqui admirando as estrelas, mas ouvi falar que você é a que mais brilha.

Eu fui até o jardim e o vi perto da piscina. Ele estava usando uma calça preta, uma camisa do Nirvana e por cima uma blusa de manga longa xadrez. Quando ele olhou em minha direção percebi que a barba estava há uns três dias sem ser feita. Bernardo abriu um sorriso galanteador.

-Coisa feia, dona Isabelle. –Ele me olhou com cara de reprovação.

-O que foi? –Eu fiquei preocupada.

-A festa é para o seu amigo, mas você quer roubar a cena sendo a pessoa mais linda.

Eu corei imediatamente. –Só você Bernardo. –Eu mudei de assunto. –Você está fantasiado de roqueiro certo.

-Certo. –Ele me encarou da cabeça aos pés. –E a senhorita estar de…

-Uma linda mulher? Não era essa a intenção, mas está valendo.

-Ei eu não ia dizer que você estava fantasiada de Uma linda mulher, até porque você não precisa disso. Você já é a mulher mais linda de todas.

 Bernardo tinha tirado a noite para me cortejar, eu não sei se estava preparada para aquilo, mas vamos combinar que no fundo eu estava gostando. Aproveitei que estava passando um garçom na hora então resolvi pegar uma taça de champanhe, Bernardo também pegou uma.

-Está gostando da festa, Bê? –Eu perguntei enquanto tomava um gole da minha bebida.

-Estou adorando, vocês capricharam viu.

-Que bom que você gostou.

-Esse Gael deve ser um ótimo amigo para merecer tudo isso. Agora tenho a certeza que perdi a minha companheira dos jogos do Vascão.

-Se essa companheira for eu, você não perdeu nada. O Gael é corintiano. –Eu fiz uma careta.

-Ufa! Nunca fiquei tão feliz por saber que alguém não é vascaíno. –Ele deu aquele sorriso lindo mostrando suas covinhas.

Como se fosse coisa do destino o DJ colocou para tocar a música Iris do Goo Goo Dolls, eu simplesmente amava aquela canção. Pelo visto não era a única. Bernardo segurou a minha mão, beijou os meus dedos e em seguida me convidou para dançar. É lógico que eu não recusei.

And I’d give up forever to touch you       /     E eu desistiria da eternidade para te tocar     

Bernardo colocou a sua mão em minha cintura, a outra acariciava as minhas costas. Eu segurei o seu pescoço, ainda bem que o meu salto era bem alto. Enquanto dançávamos ele falava coisas meigas em meu ouvido.

‘Cause I know that you feel me somehow        /    Pois eu sei que você me sente de

alguma maneira

Era impossível não se envolver com aquele perfume.

You’re the closest to heaven that I’ll ever be         /   Você é a mais próxima do paraíso

que sempre estarei

And I don’t want to go home right now  /    E eu não quero ir para casa agora

Eu não queria que aquela música terminasse nunca mais.

And all I can taste is this moment           /        E tudo que posso sentir é este momento

And all I can breathe is your life     /    E tudo que posso respirar é a sua vida

And sooner or later it’s over          /       E mais cedo ou mais tarde se acaba

I just don’t want to miss you tonight         /       Eu só não quero ficar sem você essa noite

Eu só queria dançar com o Bernardo durante toda a noite.

Mas infelizmente o DJ trocou a música por uma mais animada da Kate Perry. Eu já estava me afastando do Bernardo quando ele me segurou.

-Nós podemos dançar a nossa própria música. –Ele me conduziu para o outro lado da piscina, onde a iluminação estava perfeita. Ele sorriu e começou a cantar em meu ouvido:

Menina linda do sorriso que me traz luz

Faz um frio na barriga me samba

Sensação adormecida

Hum me intimida, de pensar.

Meu Deus, o Bernardo conseguia melhorar qualquer situação. Eu literalmente estava sentindo um frio na barriga, principalmente pelo fato de ele estar cantando para mim.

No seu olhar, seu olhar me faz cócegas na alma

O seu olhar seu olhar me faz cocegas na alma

Cuidado menina com esse cha cha charme

Me espanca e deixa grog

Cuidado menina com esse cha cha charme

Seu sorriso me desarma

Era o contrário, era eu que estava completamente grog com o charme daquele menino lindo. Eu mal consegui ficar em pé, quando ele disse a última frase. Assim que terminou, Bernardo me encarou e sorriu. Pronto aquilo foi o suficiente para me desarmar. Bernardo entendeu a minha reação como um sim e me deu um beijo que ao meu ver parecia uma droga, não sei qual era a substância em especial, mas o beijo daquele menino lindo era viciante como uma droga, e eu estava com medo de ficar completamente viciada. Depois de um tempo Bernardo me soltou, não sei se era por causa da dopamina, não tenho certeza nunca fui muito boa em biologia, ele estava diferente, era como se também tivesse gostado daquela droga, a nossa droga. Eu não iria me contentar com tão pouco precisava de mais.

-Bê, me ajuda a aproveitar essa noite. –Eu falei sem tirar os meus olhos dos seus.

-Pode deixar. –Ele falou como se também quisesse repetir a dose. Terminando essas palavras ele passou a mão em minha cintura grudando o meu corpo ao seu e ficamos nos beijando por um longo tempo.

Samila Bezerra
Samila Bezerra

Estudante de Arquitetura na Universidade Federal de Alagoas, é apaixonada por livros e quer conhecer o mundo…

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *