MANEIRAS PARA SERMOS MAIS FELIZES

03 maneiras para sermos mais felizes - qualquer coisa vira lataOi, Vira Lata! Sabe aquela coisinha que mais buscamos na vida? Sim, sermos felizes! Em meus vinte e dois anos eu já posso afirmar com toda minha certeza de que não existe uma receita para a felicidade. Nem um padrão. Cada um sente e deseja a felicidade de maneiras totalmente distintas. Quantas coisa que nos faziam felizes antes já não nos tiram nem um sorrisinho bobo no canto da boca? Somos seres volúveis e indecisos, por isso o que já temos não nos basta, queremos sempre o improvável e o impossível. Mas saibam que algumas pequenas mudanças podem nos trazer um pouco mais de paz interior e aquela sensação de felicidade. Por isso resolvi contas algumas coisas que mudei em mim que me fazem me sentir melhor comigo e com o mundo que me cerca.

NÃO DEIXAR AS PESSOAS DEFINIREM QUEM REALMENTE SOU

Eu sempre fui do tipo que dizia que não me importava sobre o que as pessoas tinham a dizer de mim, mas isso sempre foi uma falácia. Na verdade eu sempre me importei muito mais do que deveria. Eu só queria parecer forte, mas por dentro tudo me fazia muito mal. Ouvir as pessoas dizer o que eu não era e/ou que eu deveria ser só fazia com que eu me perdesse ainda mais. Sabe aquele ditado: um mentira dita várias vezes torna-se uma verdade? O risco de você sempre ouvir as pessoas te definirem é você acreditar naquilo que elas querem que você seja. Mas as palavras não pode derrubá-lo em um mundo fantasiado e definido por uma pessoa que não seja você. Acredite, seja você e isso te libertará. Por mais que isso possa parecer clichê para alguns, mas para outros, no entanto, é uma luta diária. Quem é você? E se você não vai tentar descobrir “hoje, então, quando?” ( Olá, Emma)

EU NÃO SOU O QUE VISTO

Depois que você aceita quem você realmente é tudo em você terá sentido completo. Eu cresci com amigos me dizendo que eu me visto “muito certinho”, “muito normalzinho” e “sem estilo”. E isso também me deixava para baixo, porque ao mesmo tempo que eu queria ser igual a eles, eu não me via vestido como eles. Tá, eu nunca ousei usar nada fora dos meus padrões, mas eu também nunca me senti desconfortável com as minhas escolhas, e isso não é o que realmente importa? Eu me sentir bem? Se eu não me amo do jeitinho que eu sou nunca poderei amar outras pessoas do jeitinho que elas são. FATO! Por isso, te digo, continuei usando o que te deixa confortável, o mundo já é bem desconfortável por ele mesmo.

ENCONTRAR UMA MANEIRA DE DESABAFAR

 Como eu sempre digo: a vida não é fácil e nunca nos foi prometido que ela seria. E às vezes ela só descansa quando vê lágrima, dor e sofrimento. Mas não se preocupe, quando o mundo cair ao nosso redor ainda teremos força e/ou outras forças( falo de fé, independente de qual seja) para nos ajudar a nos levantar. Entretanto, uma coisinha que me ajuda muito em tempos sombrios é poder desabafar de alguma maneira. Seja por um amigo, escrevendo textos para o blog ( um dos motivos do Qualquer Coisa Vira Lata existir), conversando com as estrelas – não me julguem, eu sou mais normal do que vocês, certeza! Hahaha – São tantas formas. O negócio é você colocar isso tudo que está te amargurando para fora, sabe? Chorar não é sinal de fraqueza, é sinal de sentimento. Coisa que só os fortes têm.

Enfim, fiz esse texto só pra te lembrar mais uma vez que todos nós temos que sentir a necessidade de sermos felizes. Gente, é tão bom. E é viciante! Tipo, eu só acho que  “ser feliz” deveria ser decretado por lei. E até que se fosse ilegal, deveríamos sermos fora da lei. Todos nós, juntos.

Alef Jordi
Alef Jordi

Estudante de Letras, criador do blog Qualquer Coisa Vira-lata,
Potterhead assumido e um sonhador sem limites. Sonha em publicar
um livro antes dos 30. E ama promover ações sociais.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *