A MENINA JOAQUINA: A MIUDEZA DAS COISAS – ALEF MARINHO

Antes de mais nada preciso falar que essa resenha é muito, mas muito especial. Infelizmente não é de um livro. Por enquanto, né Alef Marinho? Mas sim de um conto. Um conto da menina mais fofa do universo: a Joaquina. Lembro de quando o Alef começou a escrever os contos dessa menininha, quem diria que um deles iria ser publicado na Amazon. Ah!!! Antes que eu me esqueça, advinha quem aparece na dedicatória? Desculpa aê, mas fui eu. <3 vou deixar de enrolar e vamos para a resenha.

 face-joaquina

O conto como eu já disse traz a estória da Joaquina que junto com a sua família passará o natal na Cidade das Flores. Joaquina como sempre faz várias indagações ao longo do percurso, e essas indagações só aumentam assim que eles param em um restaurante para almoçar. Lá Joaquina conhece o Jorge, um menino de rua que como era de se esperar estava morrendo de fome. Se vocês imaginaram que a Joaquina faria alguma coisa para mudar essa situação, acertaram. Mas eu não posso contar mais nada, afinal de contas isso é um conto.

– Presentes de Natal? Eu nunca recebi, eu só ouvi dizer. – Ele disse olhando em meus olhos, mas eu não pude enxergar nada lá no fundo. – Tenho que ir, obrigado pela comida! – Disse ele ao levantar-se da cadeira e ir embora.

Eu amei muito essa estória! Joaquina tocou meu coração. Apesar de ser um conto de natal deve ser lido a qualquer dia do ano. Espero muito que o dono deste blog, também conhecido como Alef Marinho dê um livro para a Joaquina, essa menininha merece.

Porque é muito mais fácil creditar que tudo gira em torno de mim, que eu mereço mais. Porque o importante da vida é eu mostrar que sou muito mais sortudo de que as outras pessoas. Se eu tenho o carro do ano é porque a vida disse que eu nasci para demonstrar essa riqueza. Não que ter o carro do ano, ou ter algum dinheiro a mais na conta seja errado, Joaquina. Mas também quase totalidade dessas pessoas nunca pararam para pensar que talvez a vida o tenha dado recursos para que de alguma forma ajudasse a amenizar a dor daqueles que sofrem. É muito mais importante comprar o celular do ano do que comprar algumas marmitas para alimentar as crianças que tem fome.

Se vocês gostam de estórias fofas, mas que trazem um grande ensinamento leiam este conto! Tenho certeza que vocês amarão.

Samila Bezerra
Samila Bezerra

Estudante de Arquitetura na Universidade Federal de Alagoas, é apaixonada por livros e quer conhecer o mundo...

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *