SÉRIES: THE FLASH

CRÍTICA: a primeira temporada de The Flash começa com aquela história de um inimigo por semana, até ai tudo bem, mas as coisas começam a ficar complicadas depois que o Barry começa a encontrar as respostas para todas as perguntas que ele se tinha feito nesses 15 anos. A séria conta com aquela história de romance que quase ninguém gosta, mas que é essencial para o enredo da história: o mocinho é a apaixonado pela mocinha, mas  a mocinha não gosta dele do mesmo jeito. Com isso, o mocinho fica arrasado e a mocinha percebe que gosta dele depois de tudo e eles são felizes pra sempre, ou talvez não. Ah, e também tem a viajem no tempo e o universo paralelo que até então era muito simples, mas depois começa a ficar confuso. Hahaha

The-FlashA série é cheia de reviravoltas e chega até ser bem fiel as HQs em alguns momentos. The Flash tem ÓTIMOS efeitos especiais e um elenco Maravilhoso. Com destaque para Grant Gustin (AMO) que mostrou ser um ótimo ator e ARRASOU no papel de Flash, Tom Cavanagh merece uma medalha de Ouro por atuação também por interpretar o Dr. Wells, que se mostra um personagem muito misterioso e cheio de surpresas (SPOILER: Pessoalmente eu desconfiei desde o primeiro episódios de que ele era o cara de uniforme amarelo e que tinha alguma coisa haver com o assassinato da mãe do Bary).

Com váriiiios crossovers no universo de Arrow, The Flash não deixa de lado o realismo da trama. A série não é tão voltada para o romantismo e se foca mais no lado misterioso da história. A série também conta com varias referencias a filmes e séries que fazem bastante sucesso na atualidade, e claro muitas referencias científicas para quem é super ligado a Química e Física.


SINOPSE: Barry Allen (Grant Gustin) era um funcionário da Polícia Científica que, ao sofrer um acidente, foi banhado por produtos químicos em seu laboratório e, em seguida, atingido por um raio. Foi a partir disso que ele começou a ser capaz de canalizar os poderes vindos do “Campo de Velocidade”, e se locomover em altíssimas velocidades. Usando uma máscara e um uniforme vermelho, ele começa a usar suas habilidades para patrulhar Central City com a ajuda dos cientistas da S.T.A.R. Labs, e detém vilões ao mesmo tempo em que procura descobrir quem foi o assassino de sua mãe.


Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *