FUI TRAÍDO, MANDO MATAR?

Leia ouvindo: Carrie Underwood – Before He Cheats

Oi, vocês! Tudo tranquilo? Hoje eu resolvi bater um papo sobre relacionamento, percebi que tenho falado pouco ou quase nada sobre isso aqui. O que vocês acham da novidade? E pra começar trouxe um tema super polêmico: traição.

EU FUI TRAÍDO, MANDO MATAR? COM CERTEZA! BRINCADEIRA!! RSRSRS

Você entrega sua vida a sua parceira, o seu mundo começa a girar em torno dela, você muitas vezes deixa seus planos de lado pra segui-la e o que lhe é retribuído? Um belo pá de chifres, oh beleza! E existe um motivo que leva o outro a trair? Talvez, mas nenhuma justificativa é aceitável. Desculpa, pessoas, mas se tem alguma coisa que eu odeio é traição. E digo em todos os níveis de relacionamento, seja ele amoroso ou até mesmo uma traição entre amigos.

A base de todo relacionamento e o que estrutura o amor é a confiança, é esse sentimento que te faz o diferenciar uma pessoa que você gosta de uma outra qualquer. E se isso é quebrado como manter um relacionamento depois disso? Conheço alguns casais que conseguiram superar a traição, mas o relacionamento nunca mais foi o mesmo. A menina sempre vai ter uma pulga atrás da orelha depois que o namorado resolveu brincar de médico em outro hospital, assim como o menino não vai nunca esquecer que a menina foi enfermeira de outro paciente. Vocês estão me entendendo? rsrsrsrs Mas eu também conheço alguns casais que já passaram por essa crise no relacionamento e juram na cruz que tudo voltou ao normal depois de uma boa conversar. será?

Depois de ouvir muitas histórias sobre relacionamento e sobre a traição eu cheguei a conclusão de que na maioria das vezes a traição é o resultado de uma relação desgastada. O que complica é que com o tempo as pessoas vão relaxando. E tornam aquela pessoa especial em uma qualquer na sua vida. Cadê as rosas, os bombons, os beijos calorosos, os presentinho surpresa, os “eu te amo”? Entretanto, toda via e porém, um relação desgastada não dar o direito de uma traição. Se você sente que seu relacionamento está nesse estágio e você não quer ser covarde com seu parceiro é melhor você chamar ele pro sofá e ter uma boa conversa. O segredo é ser sincero, jogar as cartas na mesa e tentar identificar o que está causando esse distanciamento entre os dois. Não adianta ficar junto se o amor acabou ou se você não quer se apegar a ninguém. É difícil, mas é necessário, percebe?

E fui traído devo perdoar? Mas é claro que sim! Você perdoa e depois manda a pessoa com passagem só dia ida pra Azkaban rsrsrsrs Perdoar é muito necessário, pois cada vez que você guarda magoa de uma pessoa quem sofre mais com tudo isso é você. Rancor é uma coisa que vai tomando conta do nosso coração até ficar não sobrar mais nada de bom. Mas é claro que isso é minha opinião, eu acredito que depois dessa quebra de confiança não há como manter um relacionamento vitalício. O jeito é respirar e partir pra outra. E agora vale aquela regrinha que eu não concordo muito, mas é o que tem pra hoje: ninguém é insubstituível.  Levanta, sacode a poeira e dar a volta por cima.

Alef Jordi
Alef Jordi

Estudante de Letras, criador do blog Qualquer Coisa Vira-lata, Potterhead assumido e um sonhador sem limites. Sonha em publicar um livro antes dos 30. E ama promover ações sociais.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *