SE APEGA, SIM!

Leia esse texto ouvindo essa música, ok?  🙂

Esses dias eu fui arrumar a bagunça que estava no meu guarda-roupa. Que sinceramente é um saco fazer isso. Só em pensar que aqui a um mês vou ter que fazer tudo de novo já da preguiça desde agora. Mas pior que arrumar a bagunça, é decidir se aquela roupa usada da sua época do colegial já está na hora de partir ou não.

É muito engraçada essa mania que geralmente a maioria de nós tem de se apegar. Fazemos de tudo para não deixar a vida seguir sem que algo fique para nos lembrar. É como se fosse um medo de esquecer o que vivemos.

10351380_659638437457962_1688931021565795225_n

Mas se apegar é uma coisa ruim?

– Olha, depende muito, sabe?

Eu particularmente gosto de me apegar muito às coisas. Apego-me aquilo que vale a pena. Por exemplo, Sabe aquele amigo que você pode confiar sempre? Ou aquele que sempre que você o encontra ele consegue tirar risadas fáceis de você? Ou aquele que passou muito tempo longe, mas quando você o encontra parece que nunca estiveram distantes? Eu me apego fácil!

Sabe aqueles planos que fazemos em nossa mente assim que deitamos para dormir? E aquelas viagens que sempre sonhamos e planejamos o destino, o hotel e a linha aérea só para sabermos o quanto precisaremos juntar? Eu me pego fácil, fácil!

Apego-me a oportunidades boas. A pessoas que me querem ver seguir enfrente depois daquele término de namoro que (in)felizmente não deu certo. As Que me dizem que eu ainda irei conseguir, mesmo depois de não ter conseguido aquele curso da faculdade que eu tanto queria. Apego-me aquelas que me dão um bom dia sempre. Que me ligam no meu aniversário, ao invés de só mandarem mensagem.

Se apegue a pessoas boas, entende? Pessoas que te fazem seguir em frente. De Pensamentos positivos. Gente como a gente! Que sorrir como a gente, que sonha como a gente. E que erra como a gente, mas na tentativa de ter feito a coisa certa.

img_20140831_134308210

Agora se for aquela roupa velha que te faz lembrar de uma época que não volta mais e ainda te faz parecer imaturo. Se for aquele “amigo” que só vive te julgando e colocando para baixo. Aquele ex-namoradx chato que conta mil mentiras sobre você. Aquele curso chato da faculdade que você nunca quis entrar. Se for disso a pior, por favor, faça igual a Isabela Freitas: NÃO SE APEGA, NÃO!

Alef Jordi
Alef Jordi

Estudante de Letras, criador do blog Qualquer Coisa Vira-lata,
Potterhead assumido e um sonhador sem limites. Sonha em publicar
um livro antes dos 30. E ama promover ações sociais.

  • bruno miranda

    gostaria de poder adquirir o livro se apegue sim de isabela freiats para presentear uma pessoa muito especial e importamte em minha vida pois ela ja leu as outras duas versoes nao se apegue nao e nao se iluda nao agopra fauta este que sitei a cima se tiver como me dar um parescer agradeçço muito pela atençao.. att: Bruno Miranda De Vasconcelos

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *