UMA HISTÓRIA DE VERÃO – PAM GONÇALVES

–Algumas vezes a gente não entende as escolhas das outras pessoas. Mas existem coisas na vida que só cabem a elas decidirem. A partir de agora todas as decisões são pura e simplesmente suas. (Página 283)

Se eu pudesse definir o livro de hoje com três palavras talvez escolhesse leve, inteligente e de personalidade. Na realidade poderia escolher várias palavras, digamos que a Pam Gonçalves não poupou dedicação com Uma história de verão, o que acabou resultando em um livro incrível e que eu super recomendo.

MEU REFÚGIO – CINTHIA FREIRE

Vira Latas, sempre venho com o papo que essa será a resenha especial. Então sim, a resenha de hoje é bem especial! É sobre uma das séries que eu mais amo. Sobre a série que me mostrou que os casais não são sempre felizes. Mas que buscam estarem juntos em todos os momentos. Enfim, uma série bem parecida com a realidade. Como vocês viram pelo título me refiro a Série Segredos, da Cinthia Freire, em especial o livro Meu Refúgio.

COMO PARAR O TEMPO – MATT HAIG

Vira latas, essa semana eu tive a oportunidade de ler mais um livro lançado pela editora Harper Collins Brasil. Mais um livro que foge completamente do meu estilo literário “favorito”. Um livro que literalmente fez uma viagem no tempo. Que me fez usar vários marcadores, porque suas frases nos fazem pensar. Querem saber o que eu achei de Como parar o tempo? É só continuar lendo essa resenha.

E a vida é assim. Não se deve temer a mudança nem recebê-la de braços abertos, quando não se tem nada a perder. Mudanças fazem parte da vida. É a sua única constante. (página 75)

O QUE RESTA DE MIM – THAYS M DE LIMA

Em determinados momentos de nossas vidas, devemos apenas deixar que o vento nos leve para onde for, como uma pena recém caída de um pássaro, sendo guiada apenas pelo acaso, sem destino. (3670, kindle)

Vira latas, a resenha de hoje pelo que vocês viram pelo título desse post é sobre o livro O que resta de mim, da Chuchu, quem leu o livro entenderá, Thays M de Lima.  Conheci a Thays, virtualmente, através de uma resenha da Iza, do Brincando de Escritora. Na época achei o livro incrível, mas como tinha outros milhares para ler, e a faculdade SEMPRE marcando presença na minha vida, acabei me esquecendo dessa história.

Até que comecei a seguir o canal da Thays, que eu super recomendo. Aliás, é impossível assistir aos vídeos dela sem dá um oi para a produção, a irmã da Thays, e novamente escutei falar sobre o livro. Vira latas, resumindo essa introdução, confusa, graças ao Youtuber e a Amazon com seus lindos livros gratuitos, eu pude aproveitar para comprar o livro da Thays quando ele estava de graça. E Meu Deus, que livro!

A HISTÓRIA DE MALIKAH – MARINA CARVALHO

Vira Latas, como vocês viram pelo título esse post se trata de mais uma resenha. E não é qualquer resenha. Quando o livro é de um dos meus escritores favoritos, é quase certeza que eu vou amar a história. Mais uma vez isso se concretizou. A resenha de hoje é sobre um livro lindo, triste, apaixonante e que DEVERIA ser leitura obrigatória de TODAS as escolas. Agora, vamos focar no texto antes que o post fique gigantesco e ninguém queira ler.

MINHA VIDA FORA DE SÉRIE 4 – PAULA PIMENTA (ALERTA DE SPOILER)

“Bem, o fato é que continuo achando totalmente surreal você e ela terem perdido contato um com o outro. Mas tenho fé que vocês dois ainda vão se acertar! Vocês são alma gêmeas, com certeza!” Página 80.

Vira Latas, eis que chegou a resenha mais esperada, por mim, de um livro que antes mesmo de eu começar a leitura já me deixou chateada. Não! Esse livro não é ruim! Ele é ótimo! O problema foi tudo que aconteceu nos bastidores, e o fato de eu me considerar uma pessoa ciumenta, até com os personagens, culpada.

Como vocês viram pelo título, sabem que a resenha é sobre Minha Vida Fora de Série 4, da malvada  e maravilhosa Paula Pimenta. O livro é uma continuação, então vai ter spoilers. Se você não leu os outros livros da série, é melhor vocês pararem por aqui. Mas se quiserem descobrir o que aconteceu com os personagens da Paula Pimenta é só continuar.

ESPOSA PERFEITA – KARIN SLAUGHTER

Vira latas, se vocês gostam de suspense, ação, livros que trazem uma linguagem médica, leiam essa resenha até o final. Pois não falaremos de qualquer livro, mas sim de  Esposa perfeita, da talentosíssima Karin Slaughter.

Antes de tudo gostaria de agradecer mais uma vez, a Harper Collins, a editora mais fofa e que prepara os kits mais lindos do mundo. Nós do Qualquer Coisa Vira Lata ganhamos uma xícara personalizada, dois marcadores, dois livros o Flores partidas e  Esposa perfeita, além de tudo isso ganhamos um ingresso para a Bienal do Rio, que é claro que queríamos ter ido. Mas infelizmente não deu. Fica para a próxima. Mas vamos focar na resenha, que como vocês viram pelo título é sobre o livro Esposa perfeita.

MÔNICA E ENZO E TODOS OS DIAS – DENISE FLAIBAM (#ACHADINHOSDAAMAZON)

Vira latas, eu estou devendo algumas resenhas para vocês tem um tempo. Como sempre culpo a correria que me impede de vim aqui para contar o que eu achei dos livros. Mas, hoje eu não quero nem saber, preciso compartilhar com vocês um livro que eu li há algumas semanas e que eu simplesmente amei! Se você está cheio de trabalho por conta da escola/faculdade. Ou apenas quer uma leitura leve, continua lendo essa resenha que tenho certeza que você não se arrependerá.

AQUELE SORRISO BOBO QUE ME CONQUISTOU – PARTE II

-Mano, é tradição! A gente precisa comemorar o teu aniversário.
Estava escutando aquela frase o tempo inteiro no último dia. Faltava uma semana para o meu aniversário de 23 anos. E durante os últimos dois anos comemorei a data com os meus amigos. Sempre íamos à boate da cidade universitária que morávamos. Mas esse ano eu não queria ir. Passava a manhã inteira no estágio, a tarde tinha a faculdade e a noite precisava dividir o meu tempo entre estudar os assuntos do meu curso, que, definitivamente, não era fácil, já que eu cursava engenharia aeronáutica e dava aulas de reforço. Eu sabia que não estava sendo fácil para os meus pais mandarem dinheiro para eu me manter aqui. Estava economizando onde eu podia.

AQUELE SORRISO BOBO QUE ME CONQUISTOU


Acabou! Ou melhor, iria começar a minha maratona para acabar todos os projetos da faculdade antes de domingo. Missão bastante difícil, mas não impossível!

Assim que a professora finalizou a aula, dei um tchau para os meus amigos de turma e sai em disparada para o ponto de ônibus. Queria apenas que ele fosse mais perto. Mas não, eu precisava passar pelo bloco de exatas, para chegar no estacionamento, para finalmente andar uma rua até o ponto de ônibus. A meta era fazer todo esse percurso em três minutos. Eu era boa nisso. Mas nada saiu como o planejado.

ÚN1CA FILHA – ANNA SNOEKSTRA

Vira Latas, hoje eu vou comentar com vocês o que eu achei do livro Única Filha, da escritora Anna Snoekstra. Não sei se vocês acompanham as nossas redes sociais, (espero que sim rsrs) faz algumas semanas que recebemos o livro da editora Harper Collins. O livro foge totalmente do meu estilo literário favorito, mas se vocês querem saber o que eu achei é só continuar lendo. Tenho certeza de que vocês não irão se decepcionar.

EU VOU ATÉ O FIM!

Eu sempre soube o que eu queria ser quando crescer. Sempre brinquei de desenhar plantas para as minhas bonecas. Imaginava como seriam as suas casas. Sempre amei tudo que era relacionado ao mundo da arquitetura. Ou melhor… Quase sempre. Eu não estava aguentando toda aquela pressão que vinha tomado conta de mim. Precisava entregar um projeto de um restaurante. O problema era que o professor não aceitava NENHUM dos meus projetos. NUNCA estava bom o suficiente!

O outro problema que aterrorizava a minha vida acadêmica era que eu não sabia qual curso escolher, caso abandonasse a arquitetura. Eu sempre quis ser arquiteta e não me via fazendo nada diferente. Mas quando essa crise de que eu não era boa em nada que eu faço me pegava, eu não sabia o que fazer. Aliás, saber eu sabia. Queria fugir!

AQUELE NOSSO ÚLTIMO SHOW

Hoje me peguei revendo as fotos do nosso último show juntos, teu sorriso em meio aquela multidão apressada, enquanto ao fundo tocava “Viva la vida” da Coldplay, e eu só conseguia admirar aquele teu brilho no olhar que me fazia sentir em um espaço só nosso,  aquele abraço apertado depois de meses sem nem sequer trocar uma palavra, mas os abraços sempre me diziam que aquele espaço de tempo nunca existiu. Parece que aquele penúltimo dia juntos nunca seria real. Lembro de cada sorriso, lembro de cada pedido de ajuda na organização dos últimos detalhes…

PLAYLIST: PORQUE HOJE É ROCK, BABY

O dia 13 de julho é reconhecido no Brasil como o Dia Mundial do Rock. A data celebra anualmente o rock e foi escolhida em homenagem ao Live Aid, megaevento que aconteceu nesse dia em 1985. A celebração é uma referência a um desejo expressado por Phil Collins, participante do evento, que gostaria que aquele fosse considerado o “dia mundial do rock”. O evento também ficou conhecido por contar com grandes artistas do gênero, como Queen, Mick Jagger, Keith Richards, Ronnie Wood, Elton John, Paul McCartney, David Bowie, U2 entre outros.*